Cinco jogadores que podem surpreender em 2014

Cinco jogadores que podem surpreender em 2014

205

Foto: dallascowboys.com

 

O Training Camp do Dallas Cowboys começou na ultima quinta-feira (24/07), e nessa época do ano, alguns jogadores pouco conhecidos acabam ganhando notoriedade, conseguem uma vaga no elenco para a temporada e acabam se tornando peças importantes para o time. No ano passado, esse foi o caso de George Selvie, Ronald Leary, Cole Beasley e Nick Hayden. Para esse ano, fiz uma lista de 5 jogadores que podem superar as expectativas dos torcedores.

 

5 – Davon Coleman – DT

Coleman foi contratado para o Cowboys após não ser escolhido no draft desse ano. Vindo da Arizona State University, Coleman é um jogador com ótimos números no college, porém seu físico e o fato de que ele jogava com outros dois ótimos jogadores que foram draftados (Will Sutton e Carl Bradford) acabou fazendo com que nenhum time o selecionasse. O Defensive Tackle teve 16 sacks e 31 Tackles para perda de jardas nos seus dois últimos anos na NCAA somados, números que são excelentes para um jogador de interior da linha defensiva. Sua baixa altura e braços curtos são um problema, porém Coleman consegue superar esses obstáculos com grande agilidade e ótima técnica no pass rush, que inclui um spin move muito difícil de ser parado. Já nos primeiros dias de treino, o ex-jogador de Arizona State tem impressionado, ganhando todos os confrontos contra os jogadores reservas da linha ofensiva do Cowboys. Coleman tem treinado como o reserva na importante posição de 3-technique, e tem grandes chances de fazer parte do elenco que começa a temporada, o que já seria uma grande surpresa pra um jogador não draftado.

4 – Terrell McClain – DT

McClain foi contratado no free agency desse ano, recebendo um contrato de 3 anos valendo 3 Milhões de dólares. Após ser draftado por Carolina em 2011, McClain ainda passou por New England e Houston antes de chegar em Dallas em março. Em 3 anos de carreira, ele nunca começou um jogo na NFL. Porém, isso pode mudar em 2014. Durante a offseason, enquanto Henry Melton se recuperava de uma contusão sofrida em setembro do ano passado, McClain foi o titular da linha defensiva na posição de 3-Technique e surpreendeu muita gente, conseguindo pressionar o Quarterback constantemente. Contudo, seu lugar no time deve acabar sendo na posição de 1-technique, que foi ocupada por Nick Hayden no ano passado. Hayden é um bom jogador contra o jogo terrestre, porém sua inefetividade contra o jogo aéreo é preocupante, e é nesse aspecto que McClain tem uma grande vantagem sobre o antigo titular da posição. Nos primeiros dias de Training Camp, Nick Hayden foi o titular ao lado de Henry Melton emquanto McClain treinou com o segundo time, porém isso pode mudar ao fim dos treinos e pré temporada. Mesmo que permaneça como reserva, McClain deve contribuir bastante para o time, atuando na rotação que o Coordenador Defensivo Rod Marinelli pretende implantar na Linha Defensiva.

3 – Lance Dunbar – RB

Dunbar entra em seu terceiro ano com o Cowboys após assinar como undrafted rookie em 2012. Como calouro, Dunbar logo chamou a atenção do técnicos e conseguiu uma vaga no Pratice Squad. Algumas lesões durante a temporada de 2012 fizeram com que ele logo fosse chamado para o time principal. No ano passado, era esperado que Dunbar fosse o RB reserva e atuasse como um Change of Pace Running Back. Entretanto, ele foi pouco utilizado e algumas contusões o fizeram perder jogos no começo da temporada. Após seu melhor jogo da carreira no dia de Ação de Graças, quando correu para 82 jds em 12 carregadas, Dubar se lesionou novamente, e foi parar no Injury Reserve. Para esse ano, com a chegada do novo Coordenador Ofensivo Scott Linehan, Dunbar deve ser mais utilizado e receber mais oportunidades. Linehan trabalhava muito bem com seus Running Backs em Detroit, Reggie Bush e Joique Bell. Os dois corredores somaram para mais de 1600 jds corridas e mais de 1000 jds recebidas na temporada passada. Pode-se esperar que Dunbar, se saudável, apareça bastante, principalmente no jogo aéreo e para dar um descanso a DeMarco Murray. O terceiro-anista pode ser uma das principais armas do time essa temporada, se usado corretamente.

2 – Gavin Escobar  – TE

Jerry Jones recebeu muitas criticas após selecionar Gavin Escobar na segunda rodada do draft de 2013. Porém, ao fim da temporada, as criticas se voltarem a Bill Callahan e a Jason Garrett por quase nao utilizar o jogador formado em San Diego State.  Escobar é um Tight End muito atlético, com 1,98m e 113 kgs, e ótima habilidade para receber passes. Porém, foi pouco utilizado como calouro por nao ser um bom bloqueador. Isso deve mudar com a chegada de Scott Linehan. O novo Coordenador Ofensivo tem utilizado Escobar no slot durante toda a offseason, e deve utilizar melhor o segundo anista na red zone. Em Detroit, Linehan utilizava muito bem Joseph Fauria, um tight end com atributos físicos parecidos aos de Escobar. No ano passado, Fauria teve 7 TDs em 18 recepções, mostrando ótima eficiência na red zone, utilizando principalmente sua altura para receber os passes. Escobar recebeu apenas 9 passes em 2013, porém levou 2 deles para a end zone. Para 2014, pode-se esperar que o segundo-anista  seja melhor utilizado e com isso aumente o número de recepções e principalmente o número de Touchdowns que conseguiu como calouro.

1 – Kyle Wilber

Após ser draftado em 2012 para jogar como Outside Linebacker na defesa 3-4 de Rob Ryan, Wilber ficou perdido após a mudança para a defesa 4-3 no ano passado. Monte Kiffin tentou colocar o ex-jogador de Wake Forest como Defensive End, porém Wilber nao se adaptou, principalmente por ser um jogador muito leve para a posição. Após contusões durante a temporada na segunda linha da defesa do Cowboys, Wilber foi colocado para jogar como Strong Side Linebacker, e foi efetivo pela primeira vez em sua carreira jogando nessa posição. Em 6 jogos como titular no Strong Side, Wilber somou 31 tackles e conseguiu 4 tackles para perda de jardas, mostrando grande qualidade para parar o jogo terrestre. O jogador ainda precisa evoluir na cobertura dos passes, e uma offseason completa jogando nessa função deve ajudar. Wilber tem treinado entre os titulares durante toda a inter-temporada e Traning Camp e deve permanecer para o inicio da Temporada Regular, podendo ser um dos principais jogadores do time parando o jogo terrestre adversário.

Leonardo Sangiorge

Acompanha a NFL desde 2009. Desde então, torce para o Cowboys e sofre com o time a cada jogo. Escritor das colunas Two Minute Drill e Matchups, além de participante do PodCast. Valeu?