Vitória! Após susto no primeiro tempo, o Dallas Cowboys conseguiu se reerguer e bater a equipe do Arizona Cardinals. Dak Prescott, com três touchdowns, e Demarcus Lawrence, com três sacks, foram os grandes destaques da equipe na partida

 

Informações Gerais
Time 1 2 3 4 OT Final
⚪ Dallas Cowboys 0 7 7 14 0 28
🐦 Arizona Cardinals 7 0 7 3 0 17

 

Pontuação

  • TD 🏈 ARI: Jaron Brown (25 jardas | passe de Carson Palmer)
  • TD 🏈 DAL: Dak Prescott (10 jardas | corrida)
  • TD 🏈 DAL: Dez Bryant (15 jardas | passe de Dak Prescott)
  • TD 🏈 ARI: Larry Fitzgerald (15 jardas | passe de Carson Palmer)
  • TD 🏈 DAL: Brice Butler (37 jardas | passe de Dak Prescott)
  • FG 🎯 ARI: Phil Dawson (37 jardas)
  • TD 🏈 DAL: Ezekiel Elliott (8 jardas | corrida)

 

O Jogo

Antes mesmo do jogo começar, o Dallas Cowboys mostrou estar unido com o sentimento da NFL. Antes do hino, jogadores, comissão técnica e diretoria — Jerry Jones incluso — se ajoelharam em forma de protesto diante das últimas declarações de Donald Trump. Durante o hino, no entanto, os jogadores se mantiveram de pé.

No jogo, o começo de partida pareceu cenas do domingo passado. Isso se deu por conta da facilidade que o Arizona Cardinals teve em sua primeira campanha, que acabou terminando em touchdown, e na inoperância do ataque do Dallas Cowboys na campanha seguinte. Com uma longa campanha que só foi terminar no segundo quarto, o Cardinals só não ampliou sua vantagem de 7 a 0 por obra do acaso, já que uma falta anulou outro TD do time da casa e seu kicker errou um field goal curto logo depois.

Enquanto isso, o ataque de Dallas continuava do mesmo jeito que terminou o jogo em Denver: Ezekiel Elliott não conseguia correr, Dak Prescott mostrava muita dificuldade em conectar passes e Dez Bryant era anulado pelo cornerback número um do adversário. No entanto, a defesa não repetiu a atuação da semana passada e conseguiu forçar punts do ataque adversário, mantendo o jogo em apenas uma posse de bola. Graças a uma dessas oportunidades, o Dallas Cowboys conseguiu empatar o jogo após um belo touchdown de Dak Prescott, correndo 10 jardas e voando por cima do defensor de Arizona até entrar na end zone.

Se o time se mostrou apático no primeiro tempo, no segundo os ajustes conseguiram mudar drasticamente o desempenho da equipe como um todo. Com Zeke finalmente voltando a ter boas corridas de forma constante, o Dallas Cowboys conseguiu virar a partida em uma campanha de apenas quatro jogadas: três bolas para Elliott e uma para Dez Bryant, que rebocou toda a defesa de Arizona até entrar na end zone.

O jogo poderia se encaminhar para um final mais tranquilo, até que Larry Fitzgeral resolveu aprontar. Em duas recepções, o jogador ganhou respectivamente 37 e 15 jardas, sendo a última para o touchdown que empataria o jogo em 14 pontos. Com o placar empatado e o ataque de Dallas indo para o punt, o momento do jogo virou para o time da casa.

Se bons jogadores são vistos no último quarto, Dak Prescott mostrou que é um deles. Na primeira campanha do time no último período, passe de 37 jardas para Brice Butler colocar novamente o Time da América na frente do placar. Uma jogada que contou com um belíssimo passe em movimento e uma belíssima recepção. Com certeza uma das melhores imagens da noite.

Precisando empatar o jogo, o Arizona Cardinals começou uma longa campanha que comeria cinco minutos do relógio e terminaria apenas em um field goal, colocando o placar em 21 a 17 para Dallas. Com metade do último quarto restando, era necessário pontuar para evitar sustos no fim. Sabe o que o time fez?

Pois é.

Na primeira jogada da campanha, passe de 53 jardas para Brice Butler. Nas três jogadas seguintes, corrida de Ezekiel Elliott, sendo a última para touchdown que praticamente fechou o caixão. Com 28 a 17 no placar, a situação de Arizona ficou muito complicada.

No fim do jogo, o Cardinals ainda teve duas campanhas para poder reagir. No entanto, a defesa de Dallas se mostrou presente, fazendo uma terminar em punt e outra em turnover on downs, garantindo a vitória para o Time da América.

 

 

Melhores Momentos

Todos os direitos do vídeo reservados para a NFL.


 

Números
Coletivos
 Estatística Dallas Cowboys Arizona Cardinals
 Jardas Aéreas 183 325
 Jardas Terrestres 99 49
 Jardas Totais 282 374
 First Downs 15 22
 Turnovers Sofridos 0 0
 Faltas (jardas) 9 (76) 6 (50)
 Tempo de posse 23:45 36:15

 

Individuais
  • Passando

DAL: Dak Prescott: 13/18, 183 jardas, 2 TD, 0 INT. Rating: 141,7

ARI: Carson Palmer: 29/48, 325 jardas, 2 TD, 0 INT. Rating: 94,5

  • Correndo

DAL: Ezekiel Elliott: 22 att, 80 jardas, TD
DAL: Dak Prescott: 3 att, 16 jardas, TD
DAL: Ryan Switzer: 1 att, 3 jardas

ARI: Andre Ellington 5 att, 25 jardas
ARI: Chris Johnson: 12 att, 17 jardas
ARI: Carson Palmer: 1 att, 3 jardas

  • Recebendo

DAL: Brice Butler: 2 rec, 90 jardas, TD
DALTerrance Williams: 3 rec, 47 jardas
DAL: Dez Bryant: 2 rec, 12 jardas, TD
DAL: Jason Witten: 1 rec, 3 jardas

ARI: Larry Fitzgerald: 13 rec, 149 jardas, TD
ARI: Andre Ellington: 5 rec, 59 jardas
ARI: Jermaine Gresham: 5 rec, 47 jardas
ARI: Jaron Brown: 2 rec, 27 jardas, TD

 

✅ Pontos Positivos

O cara é simplesmente uma máquina! Nessa partida, D-Law acumulou três sacks e muita pressão no quarterback (6 hits). Atualmente, Lawrence é o jogador com mais sacks em toda a NFL na temporada de 2017. Precisa dizer algo mais?

  • QB Dak Prescott

Depois de criticá-lo semana passada, precisamos voltar a elogiá-lo. Apesar do começo ruim de jogo, Dak deu a volta por cima e fechou o jogo em ótimo estilo, com um touchdown correndo e dois passando. Sua calma no último quarto foi decisivo para a vitória do time.

  • RB Ezekiel Elliott

Assim como Dak Prescott, Elliott começou o jogo de forma devagar, mas terminou na quinta marcha. Foram 94 jardas totais para o jogador, além de um touchdown anotado. Seu rendimento também conseguiu tirar a pressão pra cima de Dak, o que melhorou seu desempenho na segunda etapa.

 

⛔ Pontos Negativos

De volta após uma lesão na mão, Scandrick encontrou dificuldades ao longo da partida. Em dois lances, Scandrick poderia ter saído com, no mínimo, um passe desviado, mas acabou cedendo uma grande recepção para Larry Fitzgerald.

  • CB Anthony Brown

Muito elogiado por aqui, chegou a vez de criticá-lo. Brown foi outro jogador da secundária que teve problemas com os recebedores de Arizona, principalmente Fitzgerald. Foi queimado nos dois touchdowns do time da casa.

  • DE Taco Charlton

O calouro de primeira rodada ainda não mostrou seu potencial. O jogador vem participando das partidas de forma regular e pouco ouvimos falar seu nome. Na partida contra o Cardinals, mais do mesmo.

 

Próximo Jogo

O Dallas Cowboys volta a campo no domingo, às 14h00 no horário de Brasília. O jogo será no AT&T Stadium contra o Los Angeles Rams e não terá transmissão da ESPN. O tempo real, é claro, será feito em nosso Twitter.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.