Coluna

1520
Foto: Mike McCam / AP

Voltamos com a Secada da Rodada na tentativa de fazer com que os rivais diretos dos Cowboys aos Playoffs percam e a possibilidade – que ainda é pequena – do Time da América chegar a Pós-Temporada aumente.

Na semana passada, fomos mal sucedidos. Apenas o Seattle Seahawks nos deu uma derrota necessária. Para esta rodada, precisamos urgente de alguns resultados.

Vamos listar aqui todos os resultados que os Cowboys precisam e falar brevemente o que precisa ocorrer para que eles aconteçam.

VOCÊ PRECISA TORCER NESSE DOMINGO PARA QUE:

  • O Dallas Cowboys vença o Oakland Raiders (obviamente)
  • O Carolina Panthers vença o Green Bay Packers
  • O Atlanta Falcons perca para o Tampa Bay Buccaneers
  • O Seattle Seahawks perca para o Los Angeles Rams (esse resultado é interessante, mas não é essencial como os outros três.  Isso porque Seattle e Dallas se enfrentam no Texas na Semana 16 e uma vitória dos Cowboys deixaria os dois times com a mesma campanha, com os Cowboys a frente por conta da vitória no confronto direto – considerando que os Rams não percam mais nenhum jogo até o fim e ganhem a divisão Oeste da NFC).

Se esse cenário ocorrer, o Dallas terminaria a semana 15 com 8 vitórias e 6 derrotas, mesma campanha de Falcons, Seahawks e Detroit Lions (que venceu o Chicago Bears por 20 a 10 na noite deste sábado). Os Falcons ficariam com sexta vaga da NFC por ter vantagem no confronto direto contra os três times.

A partir daí, você deverá torcer para que mais duas coisas aconteçam até a semana 17: Uma derrota de Atlanta nos últimos dois confrontos (Carolina Panthers e New Orleans Saints) e uma derrota do Detroit nos últimos dois jogos (Cincinatti Bengals e Green Bay Packers).  Isso garantiria os Cowboys nos playoffs (assumindo, obviamente, que o time vença seus compromissos contra Seattle e Philadelphia).

Vamos entender como os Panthers e os Buccaneers podem nos ajudar nessa semana 15:

CAROLINA PANTHERS (9-4) vs GREEN BAY PACKERS (7-6)

Local: Bank of America Stadium, Charlotte.

Horário: 16hs do horário de Brasília

Esse jogo seria menos difícil para os Panthers se tivesse ocorrido uma semana atrás.

Isso porque Aaron Rodgers, um dos melhores quarterbacks da NFL, volta de lesão após 10 semanas parado.  Com a volta do seu comandante, Green Bay ganha um enorme poder ofensivo, principalmente no jogo aéreo.

Você vai precisar torcer para que a quinta melhor defesa da NFL apareça. Aaron Rodgers não pode ter tempo para lançar a bola. Nós, mas do que ninguém, sabemos do que o quarterback é capaz com um pocket limpo. Os linebackers dos Panthers e a secundária devem fazer uma grande partida para conter o ataque de Green Bay.

Torça para que Rodgers volte num ritmo lento pós-lesão, semelhante ao que costuma ocorrer na pré-temporada. Se isso acontecer e os sacks da linha defensiva dos Panthers acontecerem (são 40 sacks até aqui, terceira melhor marca da NFL), as chances de vitória de Carolina aumentam consideravelmente.

No ataque, torça para que o jogo terrestre dos Panthers funcione novamente. Na semana passada, Cam Newton e Jonathan Stewart deram muito trabalho a defesa do Minnesota Vikings, uma das melhores da NFL. A dupla tem que fazer o mesmo contra uma defesa não tão boa parando o jogo terrestre. Vale lembrar que nos números, a vantagem é total para os Panthers. O time possui o quinto melhor ataque terrestre da NFL com 134.5 jardas por jogo e enfrenta apenas a décima oitava defesa parando o jogo corrido (113.8 jardas cedidas por partida)

TAMPA BAY BUCCANEERS (4-9) vs ATLANTA FALCONS (8-5)

Local: Raymond James Stadium, Tampa Bay.

Horário: Monday Night Football, 23:30 do horário de Brasília.

Esse é o jogo que você mais precisa se esforçar na secada.

Como dissemos, são necessárias duas derrotas dos Falcons nas três últimas rodadas para que os Cowboys possam chegar aos playoffs.  E dos três times que ainda os enfrentam, o Tampa Bay Buccaneers é o que, na teoria, tem menos chances de vencer o atual campeão da NFC.

No último confronto entre as duas equipes na semana 12, Julio Jones simplesmente destruiu a defesa dos Bucs. Foram 243 jardas e dois touchdowns para o wide receiver  contra a pior defesa da NFL contra o passe. Os Bucs cedem 276.1 jardas aéreas e 389.1 jardas totais por partida. Você vai ter que torcer para que Matt Ryan e seus recebedores tenham uma segunda-feira para se esquecer ofensivamente e para que a defesa force turnovers (Na semana passada,  a secundária de Tampa Bay conseguiu duas interceptações).

Além disso, mande muitos pensamentos positivos para o ataque dos Bucs não cometer turnovers. Na partida da semana passada contra o Lions foram simplesmente cinco – três fumbles e três interceptações. Isso é um problema para o duelo do Monday Night Football. Os Falcons possuem a sexta melhor defesa da NFL contra o passe, cedendo apenas 211 jardas aéreas por jogo e colocando muita pressão nos quarterbacks adversários.

Torça para que Winston esteja em sintonia com Mike Evans e  DeSean Jackson, dois wide receivers de qualidade, mas que vem fazendo uma temporada desapontante até aqui. Uma boa notícia é que apesar de marcar bem os passes,  a defesa dos Falcons só conseguiu quatro interceptações até aqui.

521

Olá secadores de plantão.

Nosso quadro retorna nesta Semana 14 mais importante do que nunca.

O Dallas Cowboys não depende mais de si próprio para ir aos Playoffs. Uma série de resultados precisa acontecer para que as esperanças de pós-temporada sigam vivas.

A semana não começou bem com o Atlanta Falcons batendo o New Orleans Saints nos últimos segundos com uma interceptação. Mas não dependemos apenas dos Falcons para ir aos playoffs.

Vamos listar aqui todos os resultados que os Cowboys precisam e falar brevemente o que precisa ocorrer para que eles aconteçam.

Vamos lá:

VOCÊ PRECISA TORCER PARA QUE:

  • O Cowboys vença o New York Giants (obviamente)
  • O Minnesota Vikings vença o Carolina Panthers
  • O Jacksonville Jaguars vença o Seattle Seahawks
  • O Los Angeles Rams vença o Philadelphia Eagles
  • O Tampa Bay Buccaneers vença o Detroit Lions
  • O Cleveland Browns vença o Green Bay Packers

Os Resultados acima estão em ordem de importância.

Minnesota Vikings (10-2) x Carolina Panthers (8-4)

Local: Bank Of America Stadium, Carolina do Norte

Horário: 16hs do horário de Brasília

Com a derrota dos Eagles na semana passada, o Minnesota Vikings assumiu a primeira colocação da NFC. O time vem de oito vitórias consecutivas e enfrentará um time que não é tão dominante em seu estádio.

Foram três vitórias e duas derrotas jogando no Bank Of America Stadium. Delas, apenas uma vitória convincente contra o Miami Dolphins (45 a 23 a favor dos Panthers). Nos outros jogos, vitórias apertadas contra Buffalo Bills e Atlanta Falcons.

Para vencer os Panthers fora de casa, os Vikings precisam parar o jogo corrido. Os Panthers possuem o quinto melhor ataque terrestre da NFL (127.8 jardas por jogo) e são muito perigosos com Jonathan Stewart e principalmente com o quarterback Cam Newton, que possui quase o mesmo de jardas corridas que o principal running back da equipe.

A boa notícia é que a defesa dos Vikings é a segunda melhor da NFL em jardas totais e contra o jogo corrido (289.2 jardas totais e 77.7 jardas terrestres cedidas por jogo). Você deve torcer para que Erick Kendricks e Anthony Barr tenham uma partida espetacular e consigam manter Cam Newton no pocket para forçar passes e gerar turnovers.

Torça também para que Latavius Murray e Jerick McKinnon se sobressaiam sobre Luke Kuechly e Thomas Davis. Aqui teremos o sexto melhor ataque terrestre da NFL (128.8 jardas por jogo) contra a quarta melhor defesa parando o jogo terrestre (apenas 88.6 jardas cedidas por partida).

Seattle Seahawks (9-4) X Jacksonville Jaguars (8-4)

Local: Everbank Field, Jaxsonville

Horário: 19:25 do horário de Brasília.

Na semana passada, fomos mal sucedidos na tentativa de secar o Seattle Seahawks. Era de se esperar: nunca podemos confiar num rival de divisão.

Nesta semana, porém, acreditamos que a secada funcionará. Isso porque Russell Wilson e cia terão a difícil missão de atravessar o país para enfrentar a melhor defesa da NFL.

Calais Campell, Donte Fowell Jr, Yannick Ngakoue e Malik Jackson ajudam o time a ter impressionantes 45 sacks na temporada. Você deve torcer para que o quarteto tenha um outro domingo inspirado, não deixando o candidato a MVP Russell Wilson ter sossego. Conter o quarterback no pocket é fundamental para a vitória dos Jaguars. No jogo contra os Eagles, Wilson conseguiu diversas vezes extender as jogadas e achar recebedores livres para um grande ganho de jardas.

Você deve torcer também para que o jogo terrestre dos Jaguars encaixe diante da sétima melhor defesa da NFL parando corridas. A boa notícia é que o calouro Leonard Fournette tem mais de 800 jardas na temporada e sete touchdowns e que o ataque terrestre dos Jaguars é simplesmente o melhor da NFL (159.4 jardas por jogo). Torça para que a linha ofensiva consiga conter Bobby Wagner, a alma da desfalcada defesa dos Seahawks:

Se o jogo terrestre funcionar, as chances do quarterback Blake Bortles (também conhecido como GOAT) não entregar a paçoca aumentam.

Phiadelphia Eagles (10-2) x Los Angeles Rams (9-3)

Local: Los Angeles Memorial Coliseum, Los Angeles

Horário: 19:25 do horário de Brasília

Na semana passada, vimos que a pior coisa do mundo é torcer para o rival vencer uma partida. Não funciona. Para nossa sorte, nessa semana voltaremos a programação normal e torceremos para que os Eagles percam.

Nem pense em título de divisão; temos que torcer para o Los Angeles Rams vença a sua divisão já que eles nos derrotaram e levam vantagem num possível confronto direto em caso de empate com os Cowboys.

Este confronto de dois quarterbacks em seu segundo ano tem tudo para ser um dos melhores jogos da rodada. Nele, você deve torcer para que a pressão em cima de Carson Wentz seja enorme. Na derrota para os Seahawks, Wentz teve bastante dificuldades com a linha defensiva de Seattle. Boa notícia para o confronto contra os Rams. Los Angeles tem a segunda melhor defesa contra o passe e é a terceira em número de sacks com impressionantes 38 no total.

Um outro confronto interessante nesta partida será entre Todd Gurley x Defesa contra o jogo terrestre dos Eagles. O ataque terrestre dos Rams é apenas o décimo quarto melhor da NFL e enfrentará a melhor defesa contendo jogo terrestre. Torça para que Gurley tenha uma tarde inspirada e passe das 120 jardas corridas. Isso ajudará Goff a ter um playbook mais variado e dificultará a marcação dos Eagles contra a dupla Cooper Kupp e Sammy Watkins. Vale lembrar que a defesa contra o passe dos Eagles é o ponto mais fraco da equipe, ainda que não seja ruim.

Tampa Bay Buccaneers (4-8)  x Detroit Lions (6-6)

Local: Raymond James Stadium, Tampa Bay.

Horário: 16hs do horário de Brasília

Os Lions tem a mesma campanha dos Cowboys até aqui. É preciso que percam ao menos um jogo e os Cowboys vençam todos. Vai ser muito difícil que essa derrota aconteça hoje. Mas como secar não custa nada, vamos ver o que é preciso para que os Bucs consigam um resultado surpreendente.

A chave é não cometer turnovers. James Winston tem feito um trabalho ruim nas últimas semanas. Com turnovers, é impossível Tampa Bay vencer, já que possuem a segunda pior defesa da NFL em termos de jardas totais.

Você deve torcer também para que as lesões no time dos Lions prejudiquem a performance de Matthew Stafford. Deixar o quarterback fora de campo e deixar o ataque mais tempo em campo é importante para deixar a péssima defesa dos Bucs fora de campo.

Cleveland Browns (0-12) x Green Bay Packers (6-6)

Local: FirstEnergy Stadium

Horário: 16hs do horário de Brasília

A análise do jogo dos Lions se aplica aqui no jogo dos Packers. Os Cowboys precisam de uma derrota do time de Green Bay nos últimos quatro jogos, ainda mais porque perdemos no confronto direto, mas a chance desta derrota acontecer hoje é pequena.

Porém não impossível.

Apesar de não ter nenhuma vitória na temporada, a defesa dos Browns não é a pior da NFL. Para se ter uma ideia, os Browns tem a sexta melhor defesa contra o jogo corrido e a décima em número de jardas cedidas por jogo.

A boa notícia é que Aaron Rodgers continua fora e o substituto Brett Hundley não vem fazendo muita coisa até aqui. Na semana passada, foram apenas 84 jardas totais para o quarterback.

Torça para que a defesa dos Browns não dê nada ao jogo terrestre de Green Bay e para que Hundley cometa turnovers. É preciso ajudar de todas as maneiras um dos piores ataque da NFL.

530
Foto: Steve Dykes / Getty Images

Olá zicadores do Blue Star Brasil.

Os fãs da nossa coluna provavelmente sentiram sua falta na semana passada. Acontece que a performance lamentável do time contra o Chargers e o fato dos Redskins terem jogado também na quinta-feira desmotivaram nossa equipe de redatores.

Como vencemos nosso último jogo e as esperanças de playoffs ressurgiram, voltamos com tudo para secar os nossos adversários.

Nosso foco, entretanto, será outro. Deixamos de lado os rivais de divisão – Os Giants estão de férias há muito tempo, os Redskins foram varridos por nós e os Eagles infelizmente vão levar a divisão – e focaremos nos times da NFC que brigam por uma vaga no wild card .

Hoje, focaremos nos jogos de Seattle Seahawks e Atlanta Falcons, adversários que neste momento estão a frente dos Cowboys com uma gordura a mais para queimar.

SITUAÇÃO ATUAL DOS PLAYOFFS 

Se a temporada acabasse hoje, o Philadelphia Eagles seria o melhor time da NFC com 10 vitórias e uma derrota, seguido pelo Minnesota Vikings (9-2). Los Angeles Rams e New Orleans, ambos com 8-3, ficariam com os títulos de suas respectivas divisões.  Carolina Panthers (8-3) e Atlanta Falcons (7-4) ficariam com as vagas do wild card.

O Cowboys ainda estaria atrás de Seattle (7-4) e Detroit Lions (6-5).

Tendo isto em vista, vamos as análises dos jogos destes times na semana 13.

ATLANTA FALCONS (7-4)

Adversário: Minnesota Vikings (9-2)

Local: Mercedes-Benz Stadium, Atlanta

Horário: 16hs do horário de Brasília

Os Falcons vem jogando melhor nas últimas partidas, tanto que conquistaram 3 vitórias consecutivas, incluindo jogos contra Dallas e Seattle, rivais direto pela viga do Wild Card.

Isso aconteceu porque a defesa tem feito um trabalho mais consistente. Acontece que o adversário de hoje tem um dos melhores ataques aéreos da NFL.

Adam Thielen é o terceiro melhor recebedor da NFL em número de jardas recebidas (1005) e Stefon Diggs lidera a equipe com 5 touchdowns recebidos. Juntos, os dois wide receivers de Minnesota combinam para 1600 jardas totais. A secundária dos Falcons é boa – oitava melhor contra o passe, cedendo apenas 207.9 jardas por jogo – então torça para que a dupla do time roxo e dourado dê trabalho.

A chave para os Vikings é o jogo corrido. Atlanta tem muita dificuldade marcando os running backs adversários  (vigésima pior marca da NFL com 120 jardas terrestres por jogo ) e ainda enfrentará o sexto melhor ataque da NFL (124.5 jardas terrestres por partida). Se Latavius Murray, Delvin Cook e Jerick McKinnon conseguirem facilitar a vida de Case Keenum, as chances de vitória aumentam.

Outro ponto importante para os Vikings é acertar a defesa, principalmente no jogo aéreo. Mesmo com 9 vitórias e apenas duas derrotas, os Vikings cedem quase 300 jardas por partida, vigésima pior marca de NFL. Isso é preocupante, haja vista que os jogadores terão que marcar Julio Jones, Mohamed Sanu e cia.

Secada realista – O jogo deve ser aberto com um grande número de pontos. Julio Jones dá trabalho a secundária dos Vikings, mas a dupla Diggs e Thielen também. A segunda melhor defesa contra o jogo corrido deixa Matt Ryan em situação desconfortável o jogo inteiro e o quarterback acaba sofrendo duas interceptações cruciais no quarto período. 38 a 31 Vikings.

SEATTLE SEAHAWKS (7-4)

adversário: Philadelphia Eagles (10-1)

Local: Century Link Field, Seattle.

Horário: 23:30 do horário de Brasília

Sim, é duro torcer para o Eagles. Sim, é horrível admitir que nossos rivais estão fazendo uma temporada muito boa. Mas não há outro jeito aqui se não torcer por eles.

Convenhamos, o título da divisão é uma missão praticamente impossível para os Cowboys. Teríamos que ganhar os últimos 4 jogos, incluindo o da semana 17 na Philadelphia e ainda torcer para que os Eagles percam 4 das últimas 5 partidas.

Além do mais, é melhor enfrentá-los já classificados aos playoffs na semana 17.  Muito provavelmente eles utilizarão os reservas e os Cowboys entrarão com força máxima em campo. Aí nos playoffs, torcemos para que aconteça aquela relaxada na semana de folga que tanto nos atrapalhou em 2007 e que os Eagles amarelem como sempre na hora H.

É importante lembrar também que  para nossas eventuais chances de playoffs, o Seattle Seahawks não pode ganhar sua divisão. Isso porque o eventual título deixaria o Los Angeles Rams (8-4), na briga pelo wild card e o time da Califórnia leva vantagem sobre os Cowboys no confronto direto.

Nessa partida, a chave está no jogo corrido. Uma das razões pela qual o Philadelphia Eagles é o melhor time da NFL até aqui é a boa performance dos running backs LeGarrete Blount, Wendell Smallwood, Corey Clement e o recém-chegado Jay Ajayi.

O grupo de running backs é o segundo melhor da NFL com 147.5 jardas por jogo. Isso ajuda demais o candidato a MVP Carson Wentz a distribuir e fugir das situações óbvias de passes e turnovers, algo que castigou os Eagles no ano passado.

O problema é que a defesa do Seattle Seahawks, mesmo com todos os seus problemas de lesão, ainda é boa parando o jogo terrestre. São 98.4 jardas cedidas por partida, nona melhor marca defensiva da NFL.

No lado defensivo, é importante que os Eagles contenham Russell Wilson. O quarterback dos Seahawks vem fazendo uma bela temporada, considerando que o jogo terrestre da equipe é praticamente nulo. É o sétimo melhor ataque aéreo da NFL com 260.2 jardas por jogo e o terceiro com o maior número de touchdowns anotados (23 no total).

Secada Realista – Mesmo com o fator Century Link Field e mesmo com o jogo corrido não funcionando como nas últimas partidas, os Eagles conseguem a décima primeira vitória em um bom jogo de Carson Wentz sobre a desfalcada secundária dos Seahawks. O poderoso front seven de Philadelphia contém Russel Wilson e os Eagles vencem por 26 a 20.

Secada Level hard – não vamos torcer tanto assim por um rival de divisão.

241
Foto: Matt Hazlett / Getty Images

Olá secadores do Blue Star Brasil.

Voltamos para mais um Secada da Rodada. Na semana passada, pela primeira vez, obtivemos 100% de sucesso na secada. Claro que a semana de folga do Eagles ajudou, mas mesmo assim, Washington Redskins e New York Giants saíram com a derrota. Isso amenizou um pouco a dolorosa derrota dos Cowboys para o Atlanta Falcons.

Nesta semana, precisaremos concentrar nossa torcida para ajudar o Dallas Cowboys a vencer o melhor time da NFL sem o seu principal jogador defensivo e muito provavelmente sem um dos melhores bloqueadores da liga.

Depois disso, temos que nos concentrar apenas no Washington Redskins. O New York Giants tem apenas uma vitória e enfrenta um time da AFC neste domingo. Nem a vitória do time nova-iorquino nos ajudaria em alguma coisa.

Sem mais delongas, vamos falar sobre o confronto dos Redskins.

WASHINGTON REDSKINS (4-5)

Adversário: New Orleans Saints (6-2)

Local: Mercedes-Benz Superdome, New Orleans.

Horário: 16hs do horário de Brasília

Os Redskins terão uma tarefa muito difícil pela frente ao enfrentar um dos melhores ataques da NFL. Com uma defesa cheia de lesões, será muito difícil para o time da capital americana parar um dos melhores ataques de 2017 que conquistou sete rodadas consecutivas.

Os números dos Saints impressionam. São 402 jardas por jogo (segunda melhor marca da NFL), 142 jardas terrestres (segunda melhor marca) e 29.8 pontos por partida (terceira melhor marca). A “pior” estatística da equipe é o número de jardas aéreas. São 260.2 jardas a quinta melhor marca da NFL.

Torça para que a defesa dos Redskins continue com os números extremamente medianos que vem tendo, principalmente na contenção de terceiras descidas. Os times adversários conseguem a terceira descida contra os Saints em 43% das vezes. É a sexta pior marca da NFL.

Mande forças positivas para que a defesa dos Saints continue fazendo o excelente trabalho que tem feito, principalmente contra o jogo aéreo. Para ajudar ainda mais, o Washington Redskins continua sofrendo com o problema de lesões. No jogo da semana passada, mais dois jogadores, incluindo o líder em touchdowns terrestres do time, o running back Robert Kelly.

Secada realista – A dupla de running backs Mark Ingram e Alvin Kamara deram uma nova vida ao futuro Hall da Fama Drew Brees. Pela primeira vez em anos, o Saints tem um ataque bastante dinâmico e capaz de assustar qualquer defesa da NFL. Jogando em casa contra uma defesa extremamente desfalcada, anotarão 30 pontos. Cousins e os Redskins darão um certo trabalho à defesa dos Saints, mas acabarão cometendo turnovers cruciais. Placar final 30 a 21 Saints.

Secada level hard – O jogo corrido dos Redskins não passa de 60 jardas no jogo. Cousins leva a pior no confronto contra as boa secundária dos Saints. Drew Brees anota dois touchdowns e os running backs mais dois. Blowout na Louisiana: 48 a 13

322
Foto: Rob Carr / Getty Images

Olá secadores do Blue Star Brasil.

Voltamos mais uma semana para tentar fazer com que nossos rivais de divisão ajudem o caminho do Dallas Cowboys aos playoffs.

E nessa semana e nas próximas cinco, a secada vai ser bastante necessária. Isso porque a suspensão de Ezekiel Elliott por seis jogos foi finalmente definida.

Para esta semana, contamos ainda com o desfalque de Tyron Smith, um dos melhores jogadores da Linha Ofensiva da Equipe. Smith não viajou por conta de problemas nas costas e na virilha.

Como o Philadelphia Eagles está em sua semana de bye e o New York Giants, que não oferece perigo nenhum na temporada e enfrenta o San Francisco 49Eers, outro time sem pretenção alguma em 2017, focaremos os esforços na partida do Washington Redskins.

 

WASHINGTON REDSKINS (4-4)

Adversário: Minnesota Vikings (6-2)

Local: Fedex Field, Washington

Horário: 16hs do horário de Brasília

Nossa secada não adiantou em nada na semana passada e o time da capital americana conseguiu uma impressionante vitória em Seattle contra o Seahawks. É certo que a secada dos torcedores dos Redskins no kicker Blair Walsh de Seattle ajudou a fazer com que o jogador perdesse três field goals, mas o fato é que os Redskins fizeram uma boa partida.

A defesa dos Redskins apareceu interceptando duas vezes Russell Wilson. Além disso, Kirk Cousins conseguiu fazer uma grande partida, mesmo com uma desfalcada linha ofensiva que lhe fez ser sacado seis vezes durante o jogo.

Resta saber se a linha ofensiva conseguirá fazer um bom trabalho contra outra defesa de pass rush imponente e se Kirk Cousins conseguirá repetir a boa atuação.

A tendência é que isso não ocorra. Isso porque a defesa do Minnesota Vikings tem feito um trabalho melhor que a de Seattle em 2017.

É a quarta melhor da liga cedendo jardas (282.2 jardas cedidas por partida ), a terceira parando o jogo corrido (84.1 jardas terrestres por partida) e a nona contra o passe (200 jardas por jogo).

Torça para que a secundária dos Vikings não ceda big plays assim como a defesa de Seattle fez na semana passada. Os dois touchdowns terrestres anotados pelos Redskins não condizem com a performance do jogo corrido durante a partida (foram menos de 50 jardas terrestres totais em Seattle). Vale lembrar que os Redskins não correram para mais de 100 jardas nas últimas quatro partidas. Bom sinal para essa semana.

Secada Realista – Não temos tido um bom aproveitamento em nossas secadas realistas até aqui, mas nesta semana acreditamos que acertaremos em cheio. Os Redskins não conseguirão correr com a bola, a desfalcadíssima linha ofensiva do time novamente cederá muita pressão e o time cometerá mais um fumble (São VINTE até aqui, pior marca da NFL). 27 a 17 Vikings.

Secada Level Hard – A Linha Ofensiva será completamente engolida por Everson Griffen, Erick Kendricks e cia, cederá 4 turnovers que serão capitalizados por Case Keenum, Latavius Murray e Adam Thielen. 38 a 14 Vikings fora o baile.

 

NEW YORK GIANTS (1-6)

Adversário: San Francisco 49ers (0-9)

Local: Levi’s Stadium, San Francisco

Horário: 19:25 do horário de Brasília.

Como dissemos, esse é um jogo entre dois times que não  vão a lugar algum em 2017 que não vale a pena assistir. Pesa ainda o fato de que o confronto ocorre no mesmo horário do jogo dos Cowboys.

Mas como toda a desgraça pro time de Nova York é pouca, torça para que por um milagre do destino a PIOR LINHA OFENSIVA DA NFL proteja o quarterback C.J Beathard de forma decente. Torça também para que o quarterback tenha um dia de Steve Young ou Joe Montana e consiga passar por cima da secundária de Nova York e também que de algum milagroso modo, a para que a defesa dos 49ers consiga parar o eficiente até aqui Orleans Darkwa, um dos destaques do time até aqui na temporada.

 

463
Foto: Jack Dempsey / AP Photo

Olá secadores do Blue Star Brasil. Estamos de volta com o Secada da Rodada, o quadro mais prazeiroso do Blue Star Brasil.

E nesta semana 9, teremos bastante trabalho. Os três rivais dos Cowboys entram em campo nesse domingo e 3 derrotas seriam cruciais para nós.

Vamos analisar os jogos de Eagles, Redskins e Giants e ver o que é necessário que ocorra para que os três saímo-nos derrotados.

Vamos lá:

 

Philadelphia Eagles (7-1)

Adversário: Denver Broncos (3-4)

Local: Lincoln Financial Field, Philadelphia

Data e Horário: Domingo, 15hs do horário de Brasília.

 

A impressão que temos é que o Denver Broncos incorporou o demônio na partida contra os Cowboys e depois voltou ao normal. Desde então, a equipe do Colorado não conseguiu repetir as boas atuações.

Trevor Siemian foi para o banco após um jogo lamentável na última semana com muitos turnovers e dá lugar a Brock Osweiler.

Isso pode ser uma boa notícia. Osweiler pode entrar inspirado e não ser engolido pelo forte front seven dos Eagles. É uma oportunidade para o jogador tentar tomar a posição de titular.

O jogo corrido de Denver com C.J. Anderson terá que funcionar. Essa é a chave para o sucesso de Osweiller. Na semana passada, falamos o mesmo para o San Francisco 49ers. Mas há uma diferença muito grande entre o time da Califórnia e o do Colorado.

Os Broncos possuem o nono melhor ataque terrestre da NFL, com 123.4 jardas por partida. Apesar de não ter passado de 100 jardas nos últimos 3 jogos e de enfrentar a melhor defesa contra o jogo terrestre, é possível imaginar um jogo melhor neste domingo.

A defesa terá que repetir a partida de gala que teve contra o Dallas Cowboys. E isso é bem viável, já que estamos falando da melhor defesa da NFL (apenas 261 jardas cedidas por partida). Carson Wentz continua jogando muito bem e mostrou que sabe sair de situações complicadas. Ainda assim, ainda apresenta algumas leituras erradas como todo jogador iniciante. Von Miller e cia serão um teste e tanto para o quarterback ruivo dos Eagles.

Secada Realista: Imaginamos que a chance dos Broncos ganhar na Philadelphia é bem pequena devido aos constantes problemas ofensivos. Entretanto, pensávamos o mesmo do New York Giants na partida contra o mesmo Denver Broncos no Colorado. Portanto, vamos concentrar nossas forças e mandar energia para Osweiler e C.J. Anderson fazerem uma grande partida, para que a melhor defesa da NFL faça Carson Wentz e LeGarrete Blount / Jay Ajayi comerem grama e cometerem turnovers. Jogo defensivo com placar final 17 a 16 a favor dos Broncos, com um touchdown do “Brockão da Massa” no último drive.

Secada Level Hard: Tudo que falamos acima + o fantasma do passado do Eagles cometendo erros bobos e turnovers em horas cruciais. 27 a 14 Broncos com Brock Osweiler transformando as recuperações de bola da defesa e fazendo a alegria dos que o escolheram no Fantasy.

 


 

Washington Redskins (3-4)

Adversário: Seattle Seahawks (5-2)

Local: Century Link Field, Seattle

Data e Horário: Domingo, 19h05 no horário de Brasília

O time da capital americana foi derrotado pelos Cowboys na semana passada. Pete Carroll certamente viu o que os Cowboys fizeram e certamente repetirão a estratégia neste domingo.

Contra os Cowboys, Cousins foi pressionado o tempo inteiro. Isso é fundamental para que o bom ataque dos Redskins não avance.

Mesmo assim, Cousins encontrou Jamison Crowder diversas vezes durante o jogo. A diferença é que o Seattle Seahawks tem uma secundária muito mais intimidadora do que a dos Cowboys, o que pode favorecê-los na partida.

Secada Realista: A defesa de Seattle sem dúvidas não é a mesma máquina do passado. Em compensação, Russell Wilson vem melhorando a cada ano e teve uma grande partida da semana passada. Vamos torcer para que ele repita a atuação e para que a “Legion Of Boom” tenha uma boa atuação diante dos Redskins. 26 a 19 Seattle.

Secada Level Hard: Legion of Boom all the way. Muita pressão em cima de Cousins, muitos turnovers. False starts por conta do barulho e intercepções. Wilson aproveita o que a defesa lhe oferecer. 30 a 13 Seahawks.

 


 

New York Giants (1-6)

Adversário: Los Angeles Rams (5-2)

Local: Met Life Stadium, New Jersey

Data e Horário: Domingo, 16h no horário de Brasília.

Nesta semana, devemos secar o Los Angeles Rams.

Sim, é isso que você leu.

Devemos torcer para o nosso rival ganhar o jogo.

Isso porque o Giants já é uma carta fora do baralho na NFC Leste. Com uma vitória e 6 derrotas (duas delas para times da divisão) e com uma linha ofensiva ruim e sem o principal jogador, é improvável que os novaiorquinos ganhem 8 dos últimos 9 jogos e tenham chance de alguma coisa.

Para nós, é importante que não só os rivais de divisão percam, mas também os concorrentes direto para uma vaga nos playoffs.

E este é o caso do Los Angeles Rams.

Se a temporada terminasse hoje, estaríamos atrás deles e ainda temos a desvantagem do confronto direto. É importante que eles percam partidas teoricamente fáceis contra times de campanha ruim.

Não será fácil uma vitória dos Giants. O front seven dos Rams tem mais qualidade que a linha ofensiva dos Giants e devem se sobressair. A esperança são as chamadas big plays. Evan Engram vem fazendo um bom trabalho até aqui e Sterling Shepard já mostrou boa sintonia com Eli Manning. Temos que torcer para a linha ofensiva dos Giants dar tempo a Eli Manning lançar bolas longas e anotar pontos.

O problema é que os Rams são muito bons em big plays. São 55 jogadas de longa distância, melhor marca da NFL. Isso ajuda os Rams a ser o segundo time que mais marca pontos na liga.

A defesa dos Giants terá que jogar como jogou contra os Broncos em Denver mesmo desfalcada de Janoris Jenkins, um dos principais jogadores, suspenso.

Secada Realista: É difícil ver o Giants ganhando  essa partida. Mas como já dissemos, era difícil vê-los derrubando os Broncos fora de casa. Energias para que Eli Manning incorpore o irmão, ou até mesmo ele mesmo no Super Bowl em que venceu o invicto New England Patriots. A defesa segura o quanto pode eo s Giants vencem por 33 a 30 numa partida eletrizante.

Secada Level Hard: O time de Los Angels sente a fading da viagem e a diferença de temperatura da costa oeste para a costa leste e faz uma partida irreconhecível. Ereck Flowers atuará como Tyron Smith e Eli Manning reviverá seus dias de glórias Giants 27 x 17 Rams.

357
Foto: Kelley L Cox / USA TODAY Sports

Olá secadores de plantão.

Voltamos com o Secada da Rodada para a Semana 8.

Na semana passada, atingimos a marca de 50 por cento. Conseguimos ajudar o New York Giants a perder mais uma, mas nossos esforços não foram suficientes para impedir mais uma vitória do Philadelphia Eagles.

Nesta semana 8, teremos que secar apenas uma partida, já que o Washington Redskins enfrenta o Dallas Cowboys e o New York Giants não joga.

Vai ser difícil secar o Philadelphia Eagles, principalmente pelo modo que o time vem jogando e por conta do adversário que o enfrentará. Mas não custa tentar.

Vamos lá:

Philadelphia Eagles (6-1) X San Francisco 49ers (0-7)

Lincon Financial Center, Philadelphia. 15:05 do horário de Brasília.

Se você assistiu ao jogo do Dallas Cowboys na semana passada, sabe que será MUITO, mas MUITO difícil mesmo ver o San Francisco 49ers sair da Philadelphia com uma vitória. O time tem inúmeros problemas e enfrenta o melhor time da NFL e um quarterback que até aqui vem sido cotado para ser o MVP da temporada.

Acontece que o futebol americano não é uma ciência exata e é possível achar uma maneira de fazer o time da Califórnia conseguir chocar todos os fãs e analistas da NFL.

A chave está no jogo corrido.

Sim, o Philadelphia Eagles tem a melhor defesa contra o jogo corrido na NFL. Sim, são apenas 67 jardas terrestres cedidas por jogo. Mas você sabe quais foram os times enfrentados pelo Eagles até agora? Washington Redskins (duas vezes), Kansas City Chiefs, New York Giants, Arizona Cardinals, Los Angeles Chargers e Carolina Panthers. O que esses times tem em comum?

À exceção dos Chiefs, nenhum time faz um bom trabalho correndo com a bola. Dentre todos, o melhor é o Washington Redskins, que mesmo assim tem o décimo quarto ataque terrestre da NFL, com 114 jardas por jogo.

No único ataque terrestre de calibre enfrentando pelos Eagles, eles cederam muitas jardas e saíram com a derrota.

E o running back do San Francisco 49ers Carlos Hyde vem fazendo um bom trabalho até aqui no ano. O jogador tem média de 4.9 jardas por carregada.

Secada Realista: É difícil ver o Philadelphia Eagles perder esse jogo. Mas vamos secar para que Carlos Hyde tenha o jogo da vida, o 49ers controle o relógio e a posse de bola. Acenda uma vela também pata que a linha defensiva dos 49ers jogue como a defesa do Chicago Bears de 1984 e se aproveite da lesão do left tackle Jason Peters. 24 a 21 49ers.

Secada Level Hard: Carson Wentz sai no primeiro tempo por problemas musculares e volta no quarto período após ser liberado pelo departamento médico (não somos do tipo que torce por lesões de jogadores aqui). Embora ele comande o ataque a uma quase virada, os Eagles caem por 17 a 14.

347
Foto: Rob Carr / Getty Images

Muito bem secadores do Blue Star Brasil, voltamos nesse domingo para mais um Secada da Rodada, o quadro mais divertido do nosso site.

Na semana passada quebramos a cara de maneira bonita (como diabos o 0-5 Giants ganhou o jogo em Denver?) e aprendemos que não devemos afrouxar a secada nunca.

Para essa semana sete, temos q nos preocupar apenas com dois jogos. O New York Giants recebe o Seattle Seahawks no jogo da tarde e Philadelphia Eagles e Washington Redskins fazem uma boa partida no Monday Night Football no Lincon Financial Field.

Vamos analisar os times e saber o que é preciso para que a secada funcione.

 

Philadelphia Eagles (5-1) x Washington Redskins (3-2)

Monday Night Football – 22:30 do horário de Brasília

Considerando que a chance de um empate ocorrer na NFL é extremamente pequena, sua torcida hoje tem que ir para o Washington Redskins, não importando o quanto você desgoste do time da capital americana.

Isso porque se o Philadelphia Eagles ganhar dispara na divisão, além de ficar 3-0 contra os rivais. O lado bom é que o Washington Redskins tem um time bom e é capaz de vencer o Eagles na Philadelphia. Além disso, o Eagles é freguês dos Skins: no confronto direto, são 86 vitórias de Washington, 74 de Philadelphia e 6 empates.

Um duelo interessante será entre a boa linha ofensiva dos Redskins e a forte linha defensiva dos Eagles. Kirk Cousins vem recebendo boa proteção e o running back Chris Thompson, destaque do time até aqui, vem conseguindo aproveitar os bons bloqueios fornecidos.

O problema é que o front seven dos Eagles é bastante intimidador. São os melhores da NFL parando o jogo terrestre, cedendo apenas 65.7 jardas por jogo. Torça para que a DL dos Eagles tenha uma noite sonolenta e permita que Kirk Cousins continue desenvolvendo a química com seus wide receivers e tight ends.

Torça também para que as inúmeras lesões na defesa dos Redskins (Josh Norman, Bashaud Breeland e Jonathan Allen, por exemplo) não sejam um fator impactante. Se os reservas não conseguirem substituir a altura, o candidato a MVP até aqui Carson Wentz terá mais facilidade em encontrar seus recebedores.

Secada realista: O jogo deve ser muito parelho. As duas equipes são bem arrumadas e a rivalidade é forte. Vamos secar para que o Eagles tenha uma vantagem de 6 pontos com 4 minutos no cronômetro e cometam um fumble no meio campo, permitindo que Kirk Cousins vença o jogo no final.

Secada level hard: Como dissemos acima, o confronto entre as duas equipes tem seis empates. Por que não o sétimo, justamente na semana 7? Para isso, torça para que as defesas estejam muito bem, limitando os quarterbacks e levando o jogo para prorrogação. No tempo extra, os kickers com problemas desperdiçam oportunidades e o jogo termina em 19 a 19.

 

New York Giants (1-5) x Seattle Seahawks (3-2)

Metlife Stadium, NJ.
18:25 do horário de Brasília

Se você leu a coluna na semana passada, sabe que menosprezamos muito o time de Nova York na partida contra o Denver Broncos.

Isso porque o jogo era em Denver e o ineficiente ataque dos Giants, principalmente na proteção ao quarterback e no jogo corrido, enfrentaria uma das melhores defesas da NFL sem Odell Beckham Jr.

Ninguém esperava, entretanto, que o running back Orleans Darkwa tivesse um jogo de 117 jardas em 21 carregadas. Isso ajudou demais Eli Manning a distribuir seu jogo e não forçar passes.

Essa performance assusta para o confronto contra o Seattle Seahawks. A sempre boa defesa do time de Pete Carroll não faz um bom trabalho esse ano parando o jogo terrestre. Cede 4.9 jardas por carregada aos running backs (segunda pior marca da NFL) e 127.2 jardas terrestres por jogo (sexta pior marca da NFL).

Torça portanto que nosso rival volte a ter uma péssima performance contra o jogo corrido. Isso fará com que Eli Manning opte por jogadas aéreas. E isso nunca é bom contra a secundária de Seattle, a nona melhor da NFL contra o jogo aéreo.

Torça também para que a defesa dos Giants, especialmente a secundária, não tenha a mesma performance dominante que teve contra os Broncos.

Isso porque Russell Wilson vem sendo um dos melhores da NFL no jogo aéreo em 2017. Ele é o sétimo quarterback com mais de 20 jardas lançadas no ano e teria uma vida maia fácil se Janoris Jenkins e companhia facilitassem a sua vida.

Secada Realista: Orleans Darkwa não terá a mesma performance da semana passada. Eli Manning terá que forçar passes e lançará duas interceptações. A defesa de NY conseguirá conter o Seattle por 3 quartos, mas irá cansar no fim. Jogo de placar baixo, 17 a 10 Seattle.

Secada Level Hard: O que houve na semana passada foi apenas um lapso. 27 a 12 Seattle com show da Legion Of Boom.

283
Foto: Patrick McDermott / Getty Images

Na semana passada, voltamos com o quadro Secada da Rodada, onde analisamos as partidas dos três fregueses rivais de divisão dos Cowboys, apontaremos os acertos e erros dos times até aqui e daremos uma previsão realista e outra um pouco clubista do que é preciso que aconteça para o insucesso dos nossos rivais.

Como o Philadelphia Eagles venceu o Carolina Panthers (Precisamos secar bastante o Eagles, por sinal) na quinta-feira, falaremos hoje de Washington Redskins X San Francisco 49ers e Denver Broncos X New York GIants. 

Washington Redskins (2-2)

Adversário da rodada: San Francisco 49ers (0-5), em WAS. 15hs do horário de Brasília.

O Washington Redskins fez uma boa campanha no primeiro mês na NFL. O time pode ter duas vitórias e duas derrotas, mas duas delas ocorreram contra dois dos melhores times da NFL atualmente (Philadelphia Eagles e Kansas City Chiefs).

O time da capital dos Estados Unidos tem o oitavo melhor ataque em jardas totais (363 jardas por partida), é o sétimo que melhor corre com a bola (130 jardas por jogo) e é o décimo terceiro em pontos anotados (22.8 por jogo).

Os números podem ser atribuídos a dois jogadores: Kirk Cousins e Chris Thompson. O quarterback dos Redskins ainda não encontrou a melhor conexão com seus wide receivers, mas em compensação, tem anotado muitos passes para o running back Chris Thompson. O jogador tem impressionantes 235 jardas recebidas, com uma média de 16.8 por recepção.

Além disso, Thompson vem correndo bem com a bola. São 142 jardas até aqui. Seria pouco para os Redskins, mas o calouro Samaje Perine está ajudando bastante. A rotação com dois é bastante interessante.

A defesa dos Redskins também está jogando bem. É a nona que menos cede jardas na NFL e a décima parando o jogo corrido dos adversários. Tudo Indica que o Redskins brigará pelo título da divisão com Eagles e Cowboys (se conseguir corrigir os problemas defensivos).

Previsão realista: É difícil prever um resultado aqui que não seja a vitória dos Redskins. Jogando em casa contra um dos piores times da NFL contra o jogo aéreo facilita demais a vida do time de Jay Gruden. O Redskins tem wide receivers de qualidade como o recém-chegado Terrell Pryor e Jamison Crowder. Ambos ainda não engrenaram na temporada e tem neste domingo grandes chances de fazer algo grande. Os tight Ends Vernon Davis e o perigoso Jordan Reed também devem ser acionados. É pouco provável que BRYAN HOYER e um ataque praticamente nulo faça alguma coisa para cima dos Redskins.

Placar Redskins 27 X 13 49ers

Previsão clubista com secada level hard: Kirk Cousins entrará irreconhecível, fazendo leituras erradas e forçando muitos passes, consagrando assim Ray-Ray Armstrong, com 3 interceptações no dia e Elvis Dummerville com 4 sacks. Chris Thompson comete um fumble a dupla Pierre Graçon + Marquise Goodwin faz a festa em Washignton Placar Redskins 20 x 30 49ers

NEW YORK GIANTS (0-5)

Adversário: Denver Broncos (4-1), em Denver. 22:30hs do horário de Brasília.

Nossa secada na semana passada funcionou e os Giants perderam a quinta na temporada. Nessa semana, nem precisamos nos esforçar tanto, pois as chances dos Giants não saírem com a sexta derrota no ano são muito pequenas, ainda mais com a lesão de Odell Beckham Jr na semana passada.

O time de Nova York continua sofrendo muito no ataque. Proteção muito ruim a Eli Manning, jogo terrestre inexistente (segunda pior marca da NFL) e um quarterback que já não tem mais a mesma velocidade de raciocínio que tinha no passado e faz muitas leituras erradas.

A defesa continua sem conseguir parar o jogo terrestre adversário (quarta pior marca da NFL cedendo 139 jardas por jogo) e continua cedendo muitas jardas por partida.

O adversário dos Giants é ninguém menos que o Denver Broncos, dono da melhor defesa da NFL em jardas totais (260 jardas por jogo) e contra o jogo corrido (impressionantes 50.8 jardas por jogo). O “pior” quesito defensivos dos Broncos é a marcação ao passe. Mesmo assim, o time do Colorado possui a décima melhor marca da Liga e conta com excelentes jogadores como Aqib Talib.

Previsão realista: Uma vitória dos Giants nas circunstâncias atuais seria a maior zebra do ano na NFL. Todos os confrontos favorecem Denver. A defesa dos Giants não para o jogo corrido e CJ Anderson vem destruindo as defesas adversárias até aqui (Basta lembrar o que fez contra o nosso time). O jogo corrido evita que Trevor Siemian force passes e não cometa turnovers. A secundária dos Giants não é a mesma (muito em função de ficar muito tempo em campo) e pode complicar Siemian se o jovem começar a forçar demais o jogo.

Se os Giants não conseguem correr com a bola em jogos normais, quem dirá contra a defesa que cede 50.8 jardas por jogo. Eli Manning terá que ir para o passe, certamente com imensa pressão de Von Miller e cia. Deve haver chuva de sacks e de turnovers dos Giants no Colorado.

Os Giants podem acreditar se os wide receivers (lembrando que Beckham está fora) como Roger Davis aparecerem como nunca e Eli Manning lembre o homem que já conquistou dois Super Bowls na carreira. Mas isso não vai acontecer.

Placar Broncos 27 x 13 Giants

Previsão clubista com secada level hard: Vamos focar os nossos esforços para secar Redskins.

Se por algum milagre os Giants fizerem um jogo parelho, torçamos para que no último quarto, Eli Manning lance uma pick six numa segunda para o goal para decretar o final do jogo.

 

314
Foto: Nick Laham / Getty Images

O Dallas Cowboys às vezes me decepciona, mas o Philadelphia Eagles/Washignton Redskins nunca.

É com essa frase clichê mas muito sensata e apropriada que re-inauguramos a sessão Secada da Rodada aqui no Blue Star Brasil.

Nela, analisaremos as partidas dos quatro fregueses rivais de divisão dos Cowboys na rodada, apontaremos os acertos e erros dos times até aqui e daremos uma previsão realista e outra um pouco clubista do que é preciso que aconteça para o insucesso dos nossos rivais.

Neste domingo, falaremos das partidas entre New York Giants X Los Angeles Chargers e Philadelphia Eagles X Arizona Cardinals. O Washington Redskins está em sua rodada de Bye nesta semana. Sem mais delongas, vamos as análises.

NEW YORK GIANTS (0-4)

Adversário da rodada: Los Angeles Chargers (0-4), em NY. 14hs do horário de Brasília.

O New York Giants é a maior decepção da NFC East neste primeiro mês. Todos esperavam uma melhora do time que chegou aos playoffs no ano passado carregado pela excelente defesa. O time contratou o experiente wide receiver Brandon Marshall para ajudar Odell Beckham Jr e Eli Manning e apostou no draft no bom tight end Evan Ingram para bloquear e receber passes. O problema (para nós, a maravilha) é que a linha ofensiva dos nova-iorquinos simplesmente não funciona.

E se ela não funcionar novamente neste domingo, o resultado será a quinta derrota dos Giants no ano. Isso porque apesar de também não ter nenhuma vitória e de ter muitos problemas, o Los Angeles Chargers é o terceiro melhor time da NFL em números de sacks conquistados com 12 no total. Melvin Ingram, Chris McCain e Joey Bosa não devem dar sossego ao atrapalhado Ereck Flowers.

A chave para os Chargers é tentar conter os wide receivers nova-iorquinos. Sterling Shepard e Evan Ingram tem feito um bom trabalho até aqui. Mas a estrela do time ainda não deslanchou.  Odell Beckham Jr ainda não teve nenhum jogo para mais de 100 jardas e deve ter dificuldades nesse domingo já que terá um difícil duelo contra o defensive back Casey Hayward. O jogador foi muito bem marcando Alshon Jeffrey no último domingo contra o Philadelphia Eagles.

Outro ponto crucial para os Chargers é o jogo corrido. O time não conseguiu correr bem com a bola em 4 jogos, tendo uma média de 67.5 jardas por partida, terceira pior marca da NFL. Não correr com a bola no Metlife Stadium significa fazer Philip Rivers ir para o passe muitas vezes e isso contra a excelente secundária dos Giants pode ser fatal. A boa notícia para o time de Los Angeles (como é estranho dizer Los Angeles e não San Diego) é que a defesa dos Giants é quarta pior da NFL contra o jogo corrido. São 142.5 jardas por jogo. Vai que é tua, Melvin Gordon.

Previsão realista: Infelizmente achamos que os Giants vencerão o confronto. Os Chargers costumam ir mal contra times da Costa Leste. Odell Beckham Jr não ficará 4 jogos sem passar das 100 jardas e o jogo corrido dos Chargers continuará sofrendo problemas. Placar final: Giants 27 x 17 Chargers

Previsão clubista com secada level hard: O jogo será equilibrado. Odell Beckham terá uma grande tarde assim como Melvin Gordon. A defesa dos Chargers pressionará Eli Manning que cometerá turnovers, como de costume. O Giants assumirá o controle da partida nos últimos minutos do quarto período, mas O Los Angeles Chargers vencerá no fim com um field goal longo, para tirar a zica de perder jogos “imperdíveis” no fim. Placar final: 29 a 27 Chargers e Owen Five (0 and 5) MVP dos Giants em 2017

PHILADELPHIA EAGLES (3-1)

Adversário da rodada: Arizona Cardinals (2-2), na Philadelphia. 14hs do horário de Brasília.

O Philadelphia Eagles começou muito bem o ano para alegria dos seus torcedores, em especial este aqui que sempre nos brinda com excelentes vídeos após derrotas para os Cowboys. O jogo corrido tem sido chave no sucesso do time até aqui. LeGarette Blount se adaptou bem ao esquema ofensivo e faz um ataque temoroso ao lado do calouro Wendell Smallwood. Juntos, os dois fazem dos Eagles o terceiro melhor ataque da NFL com 143 jardas por jogo. Isso facilita demais a vida de Carson Wentz que tem feito boas leituras.

A boa notícia é que os Cardinals estão fazendo um bom trabalho defensivo contra o jogo terrestre (Isso foi observado na partida contra os Cowboys, quando Ezekiel Elliott teve um jogo bem modesto). São apenas 88 jardas cedidas por partida, décima melhor marca da NFL.

O problema é que a proteção a Carson Palmer é um desastre. Basta ver o que Demarcus Lawrence e a defesa dos Cowboys fizeram na semana 3. A defesa dos Eagles é boa e não deve dar sossego ao veterano quarterback. Além disso, o Cardinals  é o time que pior corre com a bola na NFL, muito em função da lesão do running back David Johnson.

Por outro lado, a secundária dos Eagles vem sofrendo neste primeiro mês. É a terceira pior contra o jogo aéreo cedendo 285 jardas por partida. Além disso, Carson Palmer lidera o terceiro melhor ataque aéreo da NFL até aqui. Algo louvável para alguém sem proteção e sem jogo terrestre.

Previsão realista: Os Eagles devem levar esse confronto. O time é bem arrumado tanto na defesa como no ataque e conta com um quarterback que se mostra mais maduro em sua segunda temporada. Enfrenta em casa um time sem seu maior running back com uma linha ofensiva muito fraca. Placar final Eagles 25 x 20 Cardinals

Previsão clubista com secada level hard: A Linha ofensiva dos Cardinals irá comer o espinafre do Popeye e blindar Carson Palmer como nunca. Larry Fitzgerald e Jaron Brown terão 300 jardas somadas e a linha defensiva comandada por Chandler Jones conseguirá parar o jogo terrestre e importantes descidas na redzone. Placar final Eagles 23 X 27 Cardinals