Power Ranking

231
Mitchell Leff/Getty Images

Na décima-sétima e última rodada da temporada regular, o Dallas Cowboys jogou fora de casa e enfrentou o Philadelphia Eagles na véspera de Ano Novo. E em um jogo duro de assistir, o time encerrou a temporada com uma vitória que vale pelo menos para tirar a invencibilidade do rival em casa. E com essa vitória final, como terminou a avaliação dos Cowboys nos Power Rankings americanos?

A resposta você vai conferir abaixo:

ESPN.com

espn

Posição: 17º (Variação: -1)

Os Cowboys terminaram com 15ª melhor marca de diferença de pontos e no meio da classificação, o que não é nenhuma novidade para Jason Garrett: Ele terminou temporadas com 8 vitórias e 8 derrotas ou 9 vitórias e 7 derrotas quarto das sete vezes que se tornou o técnico principal.


CBS Sports

cbs-sports-logo

Posição: 15º (Variação: -2)

A perda de Ezekiel Elliott por seis jogos realmente causou impacto para os Cowboys, mas eles precisam que Dak Prescott melhore. O que eles vão fazer com Dez Bryant?

 


NFL.com

nfl-com-logo

Posição: 18º (Variação: -4)

Os Cowboys acrescentam uma vitória em sua temporada, mas não há muito a comemorar. Para quem não assistiu ao jogo ou os melhores momentos, segue um resumo: Enfrentando os reservas dos Eagles na maior do tempo, os Cowboys conseguiram marcar apenas seis pontos. Contra os reservas da defesa de Jim Schwartz, Dak Prescott completou 17 de 30 passes para 179 jardas e um touchdown. Isso não dá nem 6 jardas por tentativa. Pessoas influentes e que acompanham a franquia, como Rick Gosselin e Marcus_Mosher, foram questionadas se a performance foi tão ruim como todos estão falando. A resposta deles? A Pior. E antes que se culpe Dez Bryant, como tem sido feito ultimamente, … veja essa jogada. Ah, e Ezekiel Elliott conseguiu correr para 100 jardas. Entenda essa frase como lhe for conveniente.


Bleacher Report

bleacher-report-logo

Posição: 13º (Variação: +1)

O comando dos Cowboys deveria manter o técnico, mas deveria considerar seriamente em mudar os coordenadores. O ataque não possui imaginação, e o mesmo pode ser dito pela defesa.

Apesar de tudo isso, os Dallas Cowboys estão perto de ter um time completo, Com algumas aquisições pontuais, esse é um time que pode voltar a estar na conversa para ir aos playoffs na próxima temporada.

Tem muito talento jovem no elenco de Dallas e alguns grandes jogadores em construção em Dak Prescott e Ezekiel Elliott.


No ranking da USA Today, os Cowboys se mantiveram estáveis e permaneceram no décimo-quinto lugar. Em seu comentário, foi questionado o falatório a respeito de um possível corte de Dez Bryant, uma vez que teve uma média pouco inferior a 54 jardas recepcionadas por jogo nas últimas três temporadas.

192

Salve, salve leitores e amigos do Blue Star Brasil.

Chegamos ao fim de mais uma temporada regular da NFL. E com isso, este é o nosso último Power Ranking de melhores jogadores da semana. Na semana 17, o Dallas Cowboys enfrentou um de seus maiores rivais, o Philadelphia Eagles. Em um jogo que não valia nada para as duas equipes, afinal de contas, o Eagles já garantiu a melhor campanha da Conferência Nacional e os Cowboys já haviam sido eliminado dos playoffs esta temporada. Com o jogo não valendo absolutamente nada para as duas equipes, a partida foi bastante sem emoção e sem nenhum atrativo para os torcedores.

Com a vitória no último Domingo, o Dallas Cowboys, pela primeira vez em sete anos, terminou duas temporadas consecutivas com mais vitórias do que derrotas. A última vez que os Cowboys haviam conseguido este feito foram nas temporadas de 2008 (9-7) e 2009 (11-5). Com as 13 vitórias no ano de estréia de Dak Prescott e Ezekiell Elliott, mais as nove 09 vitórias nesta temporada, os Cowboys voltam a ter um saldo positivo de vitórias em duas temporadas consecutivas.

Com o fim da temporada, a sensação que nós torcedores dos Cowboys tivemos é de decepção com a equipe. São vários motivos que podem ser incluídos dentro desta equação: Comissão técnica, suspensão de Elliott, má atuação dos jogadores, principalmente do lado ofensivo, etc. Mas chega de delongas, tentaremos eleger os 10 melhores jogadores da péssima partida dos Cowboys na semana 17, vamos a lista!

01 –  Ezekiel Elliott (+1)

Principal jogador ofensivo da partida. Conseguiu alguns bons firsts downs durante a partida. Foi o jogador do ataque que mais conquistou jardas, com 103 jardas terrestres mais 38 jardas aéreas.

02 – Sean Lee (-1)

Se do lado ofensivo temos sempre boas atuações com Elliott, isso se repete do lado defensivo da bola com Sean Lee. É difícil ver outro jogador defensivo dentro da liga que cause tanto impacto em uma defesa como Sean Lee consegue fazer pelos Cowboys. Na partida, o linebacker foi novamente o líder de tackles da equipe com 8 tackles. Junto com seus companheiros linebackers, limitaram o jogo terrestre adversário a apenas 70 jardas. É tão clara a diferença que o jogador trás, que é só pegar os números da partida em que Lee ficou de fora e perceber o impacto que ele causa. Sem ele a defesa toma o dobro de pontos, dobro de jardas terrestres são produzidas, e assim por diante.

03 – Zack Martin (+1)

Sem dúvidas, Martin foi o melhor jogador da linha ofensiva na temporada. Fez um jogo perfeito, tanto protegendo Dak no pocket em lances de passes ou quando o ataque ia para o jogo terrestre. Segundo o Pro Football Focus, Martin foi o melhor jogador dos Cowboys na partida.

04 – DeMarcus Lawrence (-1)

Novamente Lawrence foi um dos principais pass rushers dos Cowboys na partida. Gerou muita pressão no pocket do time adversário.  Foi o jogador que mais gerou pressão na partida.  Fez uma excelente temporada, ficando entre os principais destaques defensivos da equipe no ano.

05 – Tyrone Crawford (+)

Outro jogador da linha defensiva que fez uma excelente partida foi Crawford. Junto com Lawrence, os dois conseguiram seis pressões no quarterback adversário. Foi uma boa partida da linha defensiva no último jogo da temporada.

06 – Chidobe Awuzie (+)

Os torcedores dos Cowboys terminam o ano um pouco mais esperançosos na posição de cornerback do time. Awuzie, pelo pouco que atuou na temporada, demonstrou ser um bom jogador e que deverá se tornar um dos bons jogadores da posição na liga. Na partida contra os Eagles, Awuzie permitiu apenas duas recepções para apenas 17 jardas na partida. Além disso, o jogador conseguiu uma interceptação. Bela partida!

07 – Chris Jones (+2)

Oito punts na partida com a metade deles ficando dentro das 20 jardas do time adversário. Além disso ficou com uma média de quase 40 jardas por punt. Bons números na partida, onde fechou com chave de ouro a sua excelente temporada de 2017. Sem sombras de dúvida foi a melhor temporada na carreira do punter.

08 – Xavier Woods (+)

Outro jogador da secundária que fez uma excelente partida foi o safety calouro Xavier Woods. O jogador permitiu apenas uma recepção quando estava marcando diretamente um jogador adversário para apenas 12 jardas. Apesar dos pesares, a jovem secundária dos Cowboys demonstrou em alguns momentos da temporada que pode ter alguns jovens talentos no elenco. Se bem trabalhados e desenvolvidos, estes jogadores podem render em um breve futuro na NFL.

09 – Brice Butler (+)

Um dos meus jogadores favoritos no atual elenco dos Cowboys. Na maioria das vezes que está em campo, Butler é usado como alvo em rotas mais longas e por conta disso é um jogador que aparece pouco nas partidas, sempre com poucas recepções durante os jogos. Na partida Dak deu um belo passe para 30 jardas para o jogador, que demonstrou grande capacidade atlética para conseguir realizar a recepção. Além disso, o wide receiver anotou um touchdown em uma rota slant dentro da end zone, demonstrando facilidade para se livrar rápido da marcação.

10 – Daniel Ross e Datone Jones (+)

Os defensives ends reservas mostraram serviço na partida. Ross conseguiu 3 tackles e anotou um sack jogando poucos snaps e aproveitando as chances que teve durante o jogo. Jones também conseguiu os mesmos stats de seu companheiro de equipe e demonstrou serviço. Os Eagles estavam com seu time reserva também em campo, afinal de contas a equipe da Pennsylvania não quer mais nenhuma contusão grave no time para enfrentar os playoffs da atual temporada. Mesmo jogando contra os reservas, os dois jogadores dos Cowboys demonstraram que tem capacidade de serem os reservas imediatos do time, e, até possivelmente, fazerem parte da rotação titular da equipe.

259
Tom Pennington/Getty Images

Na décima-sexta rodada da temporada regular, o Dallas Cowboys fez sua última partida em casa na temporada regular e enfrentou o Seattle Seahawks na véspera de Natal. Mas infelizmente, a derrota veio e por consequência a eliminação do time nessa temporada. E diante desse revés duplo, qual foi o impacto disso nos Power Rankings americanos?

A resposta você vai conferir abaixo:

ESPN.com

espn

Posição: 16º (Variação: -3)

Dallas simplesmente não teve a mesma temporada mágica que havia tido em 2016. Depois ter sido interceptado somente quatro vezes na temporada passada, Dak Prescott foi interceptado 13 vezes nessa temporada, das quais quatro foram retornadas para touchdowns.


Yahoo! Sports

yahoo-logoPosição: 14º (Variação: -1)

Muitos querem que o modelo da conferência universitária SEC, de constantemente querer demitir treinadores, seja aplicado na NFL também, mas é duvidoso muitos quererem a demissão de Jason Garrett. Em 2014, os Cowboys tiveram uma temporada com 12 vitórias e 4 derrotas e em 2015 terminaram com 4 vitórias e 12 derrotas, porém era compreensível que isso acontecesse com a lesão de Tony Romo. Na última temporada, Garrett liderou Dallas a uma campanha de 13 vitórias e 3 derrotas com quarterback e running back novatos. Essa temporada não foi boa, mas poderia ter terminado de maneira diferente se Ezekiel Elliott não tivesse sido suspenso.  É incerto saber o que a demissão de Garrett irá trazer, a não ser agradar os torcedores que querem ver o treinador ser demitido.


CBS Sports

cbs-sports-logo

Posição: 13º (Variação: -3)

Suas chances de irem para os playoffs disseram adeus graças a algumas decisões questionáveis tomadas pelo treinador durante a derrota para Seattle. Mas parece que Jason Garrett irá permanecer.

 


NFL.com

nfl-com-logo

Posição: 14º (Variação: -4)

Primeira para o touchdown na linha de 3 jardas: nada de Zeke. Segunda para o touchdown na linha de 2 jardas: nada de  Zeke. Terceira para o touchdown … deu para entender a situação. Muita culpa vai ser direcionada a Jason Garrett depois da derrota dessa semana para Seattle. Também irá se direcionar a Scott Linehan, pois é ele quem chama as jogadas. Talvez tenha sido merecido. Dan Bailey esteve horrível. Dez Bryant foi pior ainda, embora a bola que ele não segurou e levou a interceptação de K.J. Wright foi lançada muito atrás para ele. E quando você tem um quarterback que vê o campo e o alinhamento defensivo e que muda a jogada para a certa a se fazer,  um cara como Ezekiel Elliott pode pegar a bola em uma situação clara de touchdown. Acredito que as milhões de pessoas que queriam se livrar do antigo QB gostaram do jogo.


Bleacher Report

bleacher-report-logo

Posição: 14º (Variação: -4)

Essa foi uma derrota muito dolorida para o Dallas Cowboys. É o tipo de derrota que vão fazer as pessoas terem mais calma em relação ao entusiasmo com Dak Prescott. Ele é bom, mas não havia motivos para ter sido escolhido o Novato Ofensivo do Ano na temporada passada.

Prescott tem um futuro brilhante pela frente, mas ele não é um quarterback que está entre os 10 melhores ainda. Se ele fosse, ele não teria sido interceptado duas vezes e mantido os Seahawks no jogo.

Os Cowboys e Jerry Jones terão que tomar algumas decisões interessantes em relação ao futuro dessa franquia. Prescott e Ezekiel Elliott vão permanecer por lá, mas veteranos com altos salários como Dez Bryant talvez vão sair.


No ranking da USA Today, os Cowboys perderam uma posição e foram para o décimo-quinto lugar. Em seu comentário, foi falado sobre a temporada de decepcionante de Dak Prescott, destacando que na temporada passada ele conseguiu cinco viradas de jogo no quarto período, contra nenhuma nessa temporada.

212

Salve, salve amigos e leitores do Blue Star Brasil!

Antes de começar o texto, gostaria de desejar um feliz natal e feliz ano novo a todos os leitores do site. E desculpas pelo atraso do Power Ranking desta semana, as festividades de natal atrapalharam o progresso de produção de texto deste que vos escreve. Enfim, um feliz ano novo a todos vocês!

Com a derrota para os Seahawks no último Domingo, os Cowboys estão eliminados dos playoffs da temporada de 2017. E a forma como a equipe foi eliminada foi dolorosa para todos os torcedores da equipe texana. Com a volta de Ezekiell Elliott, a maioria da imprensa e dos próprios torcedores dos Cowboys esperavam que a equipe voltaria a jogar bem, mas não foi isso que vimos durante a partida.

Com uma péssima atuação aérea do nosso ataque, que cedeu 14 pontos para o time adversário, onde, Dak Prescott e Dez Bryant foram um dos destaques negativos do ataque em que não atuaram bem na partida. Por fim, foi uma eliminação amarga e difícil de ser digerida durante a ceia de Natal de todos nós torcedores e amantes do Dallas Cowboys.

Chega de delongas, vamos ao Power Ranking da semana 16.

01 – Sean Lee (+2)

Melhor jogador dos Cowboys na partida. Se Lee estivesse em todos os jogos da temporada seria muito provável que a equipe texana estaria, neste instante, classificada aos playoffs. Com ele em campo a defesa é outra.

02 – Ezekiell Elliott (+)

Depois de ficar de fora 6 jogos devido a suspensão da NFL, era esperado que o running back dos Cowboys voltasse com fome de jogo e querendo mostrar serviço. Foi bem na partida, média de 4 jardas por carregada e ficou à apenas 3 jardas de conquistar 100 jardas na partida.

03 – DeMarcus Lawrence (+2)

Lawrence novamente, como tem sido durante toda a temporada de 2017, foi o destaque da partida e vem sendo o principal destaque defensivo da equipe. Anotou um sack na partida, um hit no quarterback, e desviou um passe. A sensação que fiquei durante a partida é que Lawrence poderia ter acumulado mais stats, pois ele conseguiu passar diversas vezes com facilidade de seu marcador.

04 – Zack Martin (+)

Martin não cedeu nenhuma pressão nos snaps em que o time foi para o passe durante toda a partida. Além disso, ele foi o principal jogador da linha ofensiva a abrir espaço para as corridas de Elliott.

05 – Damien Wilson (+)

Uma das surpresas na partida. Fez excelentes jogadas durante quase toda o jogo, com tackles para perda de jardas e cobrindo passes.

06 – Anthony Hitchens (+)

O grupo de linebackers dos Cowboys foi excelente durante a partida. Foram ótimos parando o ataque terrestre do time adversário, onde conquistaram apenas 76 jardas terrestres durante o jogo.

07 – Taco Charlton (+)

Outra grata surpresa na partida foi a atuação de Charlton. Foi provavelmente a melhor atuação da primeira escolha do draft de 2017 dos Cowboys nesta temporada. Anotou um sack e conseguiu gerar bastante pressão no pocket de Russell Wilson durante alguns snaps. 

08 – Dan Bailey (+)

Estaria mais posições acima nesta lista se não tivesse errado aquele field goal que nos colocaria a uma posse de bola de diferença para virar a partida. Mas mesmo assim, foi o jogador responsável por anotar todos os 12 pontos do time no jogo.

09 – Chris Jones (+)

Esta é provavelmente a melhor temporada de Jones no Dallas Cowboys. Não só dele como também de todo o time de especialistas da equipe.

10 – Cornerbacks (+)

Quase toda a secundária do time fez uma boa partida no último Domingo. Quase todos os jogadores da secundária conseguiram fazer algumas boas jogadas durante o jogo. Foi uma bela atuação do mix de combinação entre pass rush e a boa marcação da secundária, limitando Russell Wilson a somente 97 jardas na partida.

640
Bill Kostroun/Associated Press

Na décima-quinta rodada da temporada regular, o Dallas Cowboys novamente atuou como visitante e enfrentou o Oakland Raiders. E tendo a necessidade da vitória para manter as esperanças de ir para os playoffs, os Cowboys cumpriram o objetivo e venceram o jogo. E com mais esse triunfo fora de casa, qual foi o impacto disso nos Power Rankings americanos?

A resposta você vai conferir abaixo:

ESPN.com

espn

Posição: 13º (Variação: +2)

O veterano Jason Witten ainda é uma peça confiável para receber passes, mesmo aos 35 anos, já que está ranqueado em sétimo com mais recepções (56) entre os tight ends nessa temporada. O problema é o que ele consegue depois de fazer a recepção, uma vez que ele tem uma média de somente 1,8 jardas depois de agarrar a bola, o pior entre os tights ends ranqueados.


Yahoo! Sports

yahoo-logoPosição: 13º (Variação: 0)

Bem, os Cowboys vão ter Ezekiel Elliott de volta ainda quanto estão vivos na corrida para chegar os playoffs. O melhor resultado para eles na semana que vem, além da própria vitória em cima dos Seahawks em casa, seria um triunfo dos Eagles. Se os Eagles vencerem ou os Vikings perderem, Philadelphia vai assegurar a primeira posição na NFC. Dallas joga contra Philadelphia fora de casa na semana 17. Não se sabe como os Eagles irão lidar com a semana 17 se eles já tiverem tudo garantido, mas obviamente é melhor para os Cowboys enfrentar os Eagles com eles sem nenhum proposito em jogo.


CBS Sports

cbs-sports-logo

Posição: 10º (Variação: +2)

Eles superaram os Raiders e mantiveram vivas suas esperanças de ir para os playoffs. Ezekiel Elliott irá voltar essa semana para ajudar as coisas acontecerem.

 


NFL.com

nfl-com-logo

Posição: 10º (Variação: +2)

A margem entre os bons times e os times mais ou menos no nível da NFL é fina — e no domingo a noite foi visto o quão estreita ela é. Um simples cartão foi a diferença entre vencer e perder para os Cowboys em Oakland. A performance de Dallas esteve longe de ser atípica. O jogo terrestre foi prolifico em pequenos trechos, porém ausente em grandes jogadas. Dak Prescott produziu uma porção de jogadas importantes, mas, com exceção de seu touchdown terrestre no segundo tempo, falhou ao se mexer ao redor do pocket, como no jogo em Atlanta. Também tem Sean Lee, que lidera uma defesa dos Cowboys que se encolhe muito mas ainda assim não permiti que os adversários marque mais do que 20 pontos.  Lee e sua equipe cederam 17 pontos para os Raiders, e os Cowboys estão cedendo 18 pontos por jogo quando o dinâmico middle linebacker está jogando. Com Ezekiel Elliott de volta de seus treinamentos no México e a defesa mantendo o ataque nos jogos, Dallas pode ter o suficiente para chegar aos playoffs.


Bleacher Report

bleacher-report-logo

Posição: 10º (Variação: +4)

A vitória de domingo em cima dos Raiders foi muito importante para o Dallas. Os Cowboys jogaram melhor que os Raiders a maior parte da noite, mas erros próprios tornaram o jogo mais próximo do que deveria ter sido.

Os Cowboys não são perfeitos, mas eles são perigosos. A linha ofensiva tem aberto buracos para o jogo terrestre, e Dak Prescott é sempre uma ameaça em se fazer grandes jogadas. Com Ezekiel Elliott voltando essa semana, fique de olho. Ao ver o que Elliott tem feito durante seu tempo de suspensão, parece que ele está pronto para voltar.

Se Dallas conseguir ir para os playoffs, os outros times devem ficar preocupados. Ninguém vai querer ter Elliott e essa linha ofensiva como adversários porque eles irão conseguir controlar o relógio e dar aos Cowboys oportunidades de vencer o jogo.


No ranking da USA Today, os Cowboys se mantiveram estáveis essa semana e permaneceram no décimo-quarto lugar. Em seu comentário, foi dito que o jogo terrestre nas últimas três semanas foi melhor do que a média do restante da temporada, mas ainda assim, eles estão felizes de ter Ezekiel Elliott de volta.

446

Salve, salve leitores e amigos do Blue Star Brasil!

Que final de jogo dramático foi esse entre Cowboys e Raiders na semana 15, hein? Uma das coisas mais curiosas nunca antes vista na história da NFL. Um pedaço de papel decidiu se houve uma conversão em uma quarta decida para a equipe dos Cowboys. Além deste curioso caso, para não dizer outra coisa, o final do jogo foi uma montanha russa de emoções para os torcedores das duas equipes. Foi quase uma interceptação de Anthony Brown em que o jogador deixou a bola escapar, interferência de Jourdan Lewis, que com a falta deu 55 jardas para a equipe de Oakland. E a jogada que definiu a partida foi uma corrida de Derek Carr nos segundos finais da partida, em que o jogador deixou a bola escapar na linha de uma jarda, e com a bola saindo pela endzone da equipe dos Cowboys, a posse de bola ficou com a equipe texana.

Os deuses do futebol americano estão conspirando a favor da equipe texana e deixando nós torcedores cheios de esperança de que a equipe consiga uma vaga aos playoffs.

Chega de delongas, vamos a já tradicional lista dos 10 melhores jogadores da partida.

01 – Pedaço de Papel (+)

Aqui é uma brincadeira colocarmos este “jogador” como destaque do Power Ranking da semana. Mas como nós nunca vimos algo parecido com isto acontecer em toda história da liga, coloca-lo no topo desta lista é o mínimo que nós podemos fazer. Faltando cinco minutos para o final da partida, os Cowboys tentaram uma conversão de quarta descida para uma jarda em um quarterback sneak com Dak Prescott. No fim da jogada, os árbitros posicionaram a bola e chamaram o famoso pirulito de medição de first down, e mesmo com ele era difícil decidir se havia sido primeira descida ou não. No fim, um pedaço de papel foi colocado entre a bola e a medição e ficou decidido que havia sido primeira descida para a equipe texana. No fim das contas, com a conversão a equipe texana conseguiu avançar mais algumas jardas e finalizar a campanha com um field goal de Dan Bailey, deixando o placar 20 x 17 para os Cowboys.

02 – Anthony Brown (+)

Verdade seja dita, Brown não deveria ter deixado escapar a bola no lance em que seria uma fácil interceptação, ainda mais no final da partida em um momento tão importante. Tirando este fato, o jogador fez um, se não o melhor, jogo com a camisa dos Cowboys. Foi eleito o melhor jogador da partida pelo site Pro Football Focus. Carr obteve um rating de apenas 71 lançando bolas em direção de Brown. Só faltou aquela interceptação pra ser a cereja do bolo na atuação do jogador.

03 – Sean Lee (-1)

Tão natural quando o amanhecer de cada dia, quando a defesa dos Cowboys joga bem, Sean Lee estará presente na lista. Monstro em campo.

04 – Jeff Heath (+1)

Heath desviou passes importantes em momentos decisivos da partida. Além disso, foi ele o defensor dos Cowboys responsável por forçar o fumble na jogada final da partida em cima de Derek Carr.

05 – DeMarcus Lawrence (-1)

Na semana passada, Lawrence entrou na lista sem cravar nenhum sack no quarterback adversário. E nesta semana ele entrou novamente para a lista sem realizar nenhum sack. Lawrence foi o jogador que mais pressionou Carr durante toda a última partida e foi um dos responsáveis, se não o principal responsável, em não deixar um pocket limpo para o quarterback adversário. Outro bom jogo do defensive end sem realizar nenhum sack. 

06 – Dak Prescott (-5)

Apesar das duas interceptações na partida, Dak fez um bom jogo com passes onde a bola viajou mais de 15 jardas. Também converteu importantes terceiras descidas que mantiveram a chance de pontuar da equipe nas campanhas.  Prescott também correu bem na partida, onde anotou mais uma corrida para o touchdown.

07 – Chris Jones (+1)

Quarta descida para 11 jardas e dentro das 20 jardas do próprio campo, Jones (decisão de Jason Garrett) resolve fazer um fake punt e correr para 24 jardas e conquistar o first down para a equipe. Jones deve ser um dos punters mais versáteis da NFL, o jogador já demonstrou boa velocidade para realizar este tipo de jogada mais uma vez na liga e já até demonstrou capacidade de realizar fortes tackles em adversários.

08 – Chidobe Awuzie (+)

Outro jogador da secundária que fez uma boa partida. Conseguiu cinco tackles na partida, permitiu poucas recepções e conseguiu forçar um fumble. Awuzie, quando saudável, mostrou ser um bom jogador em sua temporada de estréia na NFL.

09 – Jason Witten (+)

Com apenas quatro recepções na partida para 47 jardas, Witten foi uma ótima válvula de escape da equipe. O tight end converteu importantes terceiras descidas que manteve a campanha da equipe viva. A comissão técnica deveria envolver mais o veterano jogador no plano de jogo, Witten sempre mostrou ser um alvo seguro durante toda a sua carreira na NFL

10 – Alfred Morris (+)

Não foi um dos jogos mais brilhantes correndo com a bola dos Cowboys, mas Morris também ajudou muito a equipe convertendo algumas terceiras descidas. O running back correu para mais de 10 jardas duas vezes durante a partida e ficou com 61 jardas em 16 tentativas.

429
Adam Hunger/Associated Press

Na décima-quarta rodada da temporada regular, o Dallas Cowboys voltou a jogar fora de casa e enfrentou seu rival de divisão, New York Giants. E mesmo tendo o frio como um adversário a mais, os Cowboys venceram novamente e varreram mais um adversário da NFC Leste. E com mais essa vitória como visitante, qual foi o impacto disso nos Power Rankings americanos?

A resposta você vai conferir abaixo:

ESPN.com

espn

Posição: 15º (Variação: -1)

O surgimento de DeMarcus Lawrence tem sido uma das melhores coisas para os Cowboys. Seus 13,5 sacks nessa temporada é a segunda melhor marca na NFL e mais alta por um Cowboy desde que DeMarcus Ware teve 19,5 em 2011. Lawrence começou essa temporada tendo, em sua carreira, 9 sacks em 32 jogos.


Yahoo! Sports

yahoo-logoPosição: 13º (Variação: +1)

Com alguns jogos muito bons na Semana 15, é incrível que o jogo entre Cowboys-Raiders não tenha sido retirado do domingo a noite. É compreensível que os números de audiência dos Cowboys dizem tudo para a NFL, mas é uma decisão estranha e míope, somente para conquistar mais alguns torcedores dos Cowboys para incrementar essa audiência, e não passar o melhor produto disponível para os telespectadores.


CBS Sports

cbs-sports-logo

Posição: 12º (Variação: +2)

Eles tiveram um grande jogo feito por Dak Prescott contra os Giants para se mantarem vivos.  Eles precisam mais disso até o final da temporada.

 


NFL.com

nfl-com-logo

Posição: 12º (Variação: +2)

Bem, esse quarto período foi bem liso dos Cowboys. Foi um confronto bem liso também– embora, se Dallas tivesse jogado bem desde o começo, o jogo teria sido desenvolvido como nos tempos de Landry ou Parcells. Alguns outros pensamentos:
A) Fazer com que Cole Beasley esteja mais envolvido no jogo;
B) Jason Witten segura, não se joga a bola para ele, e então ele te entrega a jogada para ganhar a partida;
C) Sean Lee é incrível;
D) Alfred Morris é mais eficaz do que muitos imaginam — bem, exceto quando se trata de ficar dentro de campo nos momentos importantes;
E) Dan Bailey esteve muito mal no domingo. Chutou algumas bolas foras. Algo fora do comum para seu padrão.


Bleacher Report

bleacher-report-logo

Posição: 14º (Variação: +1)

Não foi um bom jogo dos Cowboys. Eles permitiram aos Giants se manterem no jogo por três quartos, mas pelo menos fizeram alguma grandes jogadas, o suficiente para conseguir a vitória no quarto período – como os passes perfeitamente lançados por  Dak Prescott para Jason Witten e Rod Smith marcarem, cada, um touchdown.

Ainda assim há preocupações com o ataque de Dallas e sua capacidade de vencer os times candidatos a ir para os playoffs na NFC. Há ainda também algumas questões a serem resolvidas na defesa.  Ela tem melhorado nas últimas semanas? Claro. Só que a atuação da defesa dos Cowboys em parar o ataque dos Giants esteve bem longe de ser impressionante.

Os Cowboys ainda estão na corrida para os playoffs, mas eles ainda estão muito longe de serem comparados aos principais times da conferência.


No ranking da USA Today, os Cowboys continuam ganhando posições. Nessa semana, eles subiram mais quatro degraus e foram para o décimo-quarto lugar. Em seu comentário, foi comemorado o retorno de Sean Lee, que conseguiu 18 tackles e uma interceptação. Mas também foi questionado se essa volta vai ocorrer a tempo dos Cowboys irem para os playoffs.

415

Salve, salve amigos e leitores do Blue Star Brasil!

Na semana 14 da temporada regular de 2017, o Dallas Cowboys enfrentou um dos seus principais rivais históricos, o New York Giants. E como aconteceu com os Redskins na atual temporada, os Cowboys conseguiram também duas vitórias contra os Giants na temporada. Enfrentando um time que tem apenas duas vitórias na temporada, era esperado que a equipe texana dominasse a partida desde o começo. Não foi esta a história do jogo, afinal de contas estamos falando de uma das maiores rivalidades da NFL. Cowboys e Giants sempre fazem jogos equilibrados, e esta última partida só foi decidida no último quarto com os Cowboys anotando 20 pontos.

Sem mais delongas, vamos a nossa tradicional lista dos 10 melhores jogadores da partida.

01 – Dak Prescott (+9)

Olhando para apenas os stats de Dak na partida podemos dizer que foi uma das melhores atuações da jovem carreira do jogador. Mas analisando o jogo em si do nosso quarterback, que obteve 3 passes “longos” na partida que foram resultados de jardas conquistadas após a recepção, o jogador só obteve um passe acima de 15 jardas na partida que foi no lance do touchdown de Jason Witten, que fez uma recepção de 20 jardas. Mas Rayne Dakota Prescott foi, de longe, o melhor jogador do nosso ataque e merece estar na primeira colocação esta semana. Afinal de contas, fez boas leituras durante boa parte do jogo e conseguiu escapar de um sack de uma forma brilhante. Ótimo jogo do nosso camisa 04.

02 – Sean Lee (+)

O que dizer da volta triunfal do nosso líder e principal jogador defensivo? É impressionante o impacto que este jogador causa nessa defesa, eu não consigo descrever. Lee deve possuir um imã com a bola, pois sempre está no lance para fechar a jogada. Na partida ele obteve 18 tackles e uma interceptação. Conseguiu tudo isso mesmo ficando de fora em um drive, onde a comissão técnica achou melhor poupar um pouco o linebacker que estava voltando de lesão. General Lee é um monstro!

03 – Rod Smith (+)

Quem viu? Viu! Com apenas 11 toques na bola conseguiu anotar 160 jardas (113 recebendo e 47 correndo), e anotou dois touchdowns, um correndo e um recebendo passe. Fez tudo isso sendo o reserva imediato de Morris, que é o jogador que mais jogou snaps na posição de running back na partida.

04 – DeMarcus Lawrence ()

Lawrence recebeu a maior nota pelo Pro Football Focus. Não conseguiu nenhum sack na partida, mas foi o principal jogador da linha ofensiva que pressionou Eli Manning na partida. Com um hit e seis pressões em Eli Manning, Lawrence só não conseguiu anotar mais pressões na partida porque Manning sempre jogava a bola fora quando via Lawrence se aproximando. Partida bastante eficiente do nosso principal puss rush da temporada.

05 – Jeff Heath (+)

Com dez tackles e uma belíssima interceptação, Jeff Heath mereceu entrar na lista dos dez melhores jogadores da semana. O site Pro Football Focus deu a segunda maior nota da partida para o jogador, que foi sólido em toda a partida.

06 – Zack Martin (-1)

Na semana passada, colocamos Tyron Smith e toda a linha ofensiva na quinta colocação do nosso ranking. A linha ofensiva foi ótima novamente durante boa parte do jogo, sendo ajudando nos bloqueios do jogo terrestre como protegendo Dak Prescott na hora dos passes. A maioria dos jogadores da linha foram bem na partida, um exemplo é que até La’el Collins tirou uma nota boa pelo Pro Football Focus e conseguiu ficar entre os cinco melhores jogadores da equipe na partida.

07 – Anthony Hitchens (-1)

Outro jogador que deveria ganhar um pouco mais de destaque durante a atual temporada é Anthony Hitchens. Depois de Sean Lee ele é o melhor linebacker do time e foi um dos poucos jogadores da defesa que não sentiram falta do general, quando este ficou de fora por contusão. Na partida contra os Giants, forçou um fumble e deu 14 tackles. Na atual temporada de 2017, Hitchens vem tendo boas atuações constantemente durante os jogos. Bom jogador!

08 – Chris Jones (+)

O time de especialistas dos Cowboys vem sendo colocado constantemente entre as melhores de toda a liga. E o resultado disso são as ótimas atuações de nosso punter. Muito provavelmente é a melhor temporada da carreira do jogador. É o punter com a melhor média de jardas e que mais conseguiu colocar a bola dentro da linha de vinte jardas do time adversário.  E na última partida contra os Giants ele novamente conseguiu fazer tudo isso que aqui foi citado.

09 – Cole Beasley (+)

Beasley realizou uma recepção de 54 jardas na partida. No lance, o wide receiver demonstrou tudo aquilo que ele sempre fez muito bem na sua carreira. Correu uma rota out no slot e com um corte ligeiro tirou do lance seu marcador e correu para mais de 50 jardas. O que vem faltando para Beasley na temporada são jogadas como esta.

10 – Dez Bryant (-2)

Apesar de sofrer dois drops antes de realizar o belíssimo touchdown, foi até por isso a posição do jogador no nosso ranking semanal, Bryant anotou outras duas boas recepções e que conseguiu ganhar algumas jardas depois da recepção. No lance do touchdown, Bryant demonstrou toda a sua força e atleticismo se livrando da marcação e correr para end zone. 

300
Ronald Martinez/Getty Images

Na décima-terceira rodada da temporada regular, o Dallas Cowboys terminou sua sequência de jogos em casa contra o Washington Redskins, porém o resultado dessa vez foi positivo, completando a varrida no rival pelo segundo ano consecutivo. E com essa vitória dentro de casa, qual foi o impacto disso nos Power Rankings americanos?

A resposta você vai conferir abaixo:

ESPN.com

espn

Posição: 14º (Variação: +7)

Os Cowboys possuem sete titulares novatos, todos são membros da secundária– Jourdan Lewis, Xavier Woods e Chidobe Awuzie. Esse trio, combinado, conseguiu interromper oito situações de passe e duas interceptações em 948 snaps.


Yahoo! Sports

yahoo-logoPosição: 14º (Variação: +2)

A derrota dos Falcons foi boa para as chances de playoffs dos Cowboys, mas a vitória dos Seahawks sobre os Eagles não foi. Parece pouco provável, uma vez que os Seahawks e os Panthers têm oito vitórias, que uma campanha de 3 vitórias e 1 derrota vai fazer com o que o Dallas vá para a pós-temporada. Eles vão tem que ganhar fora de casa.


CBS Sports

cbs-sports-logo

Posição: 14º (Variação: +1)

Eles salvaram sua temporada – pelo menos por enquanto – ao ganhar dos Redskins na semana passada.  Eles podem dar um verdadeiro impulso na reta final com uma tabela mais tranquila.

 


NFL.com

nfl-com-logo

Posição: 14º (Variação: +5)

Uma vitória muito importante para os Cowboys, que se mantêm na luta por uma vaga no wild-card. A chave para a vitória de quinta-feira: o domínio nas trincheiras. A linha ofensiva jogo um dos meus melhores jogos na temporada, empurrando para frente, aparentemente, todas as jogadas. A linha defensiva conseguiu se impor sobre o grupo dos Redskins, que jogava flertando com a interceptação o tempo inteiro. Dito isso, o cara que se destacou muito foi Alfred Morris. Frenquentemente desrespeitado, Morris mostrou-se paciente e correndo com inteligência e resistência.


Bleacher Report

bleacher-report-logo

Posição: 15º (Variação: +5)

Os Cowboys conseguiram vencer os Redskins, e isso é entusiasmante. No entanto, a vitória não melhoraram a impressão de que se tem de Dallas como time. Os Cowboys tiveram um início obsoleto e se beneficiaram de erros de Washington.

A coisa mais importante foi Dak Prescott ter sido cuidadoso com a bola e os Cowboys fizeram o jogo terrestre funcionar. A medida que o jogo foi se desenvolvendo, a linha ofensiva foi dominante como tinha sido ano passado. Também foi muito bem ver Prescott conseguindo se conectar com Dez Bryant. Tudo isso precisa continuar se os Cowboys quiserem continuar vencendo sem Ezekiel Elliott.

Defensivamente, Chidobe Awuzie e Xavier Woods foram excelentes. Eles estão se tornando boas peças dentro da secundária de Dallas. Mais uma vez, a linha defensiva jugou muito bem.

Quando as linhas ofensivas e defensivas controlam o jogo como eles controlaram na quinta-feira, os Cowboys são difíceis de serem vencidos.


Seguindo a tendência dos rankings após essa vitória, os Cowboys também subiram no ranking do USA Today.  Após o triunfo dessa semana, eles subiram seis posições e foram para o décimo-oitavo lugar. Em seu comentário, foi falado que os Cowboys ainda não estão completamente fora da briga para ir aos playoffs, uma vez que vencendo fora de casa os Giants e os Raiders, o time terá uma campanha com 8 vitórias e 6 derrotas, e contando com a volta de Ezekiel Elliott de sua suspensão.

336

Salve, salve leitores e amigos do Blue Star Brasil!

Depois de três semanas com três derrotas consecutivas dos Cowboys, e com atuações dignas de esquecimento da nossa querida equipe, foi difícil escrever a coluna do Power Ranking semanal. Mas ontem, apesar do péssimo início de partida da equipe que até parecia que que as péssimas atuações das últimas três semanas se repetiriam, a defesa dos Cowboys conseguiu algumas boas jogadas, com interceptação na red zone, jogadas que são essenciais  para mudar o clima e o ânimo da partida. Além de boas jogadas defensivas, nosso special team conseguiu um ótimo retorno de punt com Ryan Switzer que anotou um belíssimo touchdown. Com essas jogadas a equipe foi para o intervalo do jogo vencendo por 17×7 e com a esperança que sairia de campo com a vitória.

Com a vitória sobre os Redskins na quinta feira, os Cowboys, pelo segundo ano consecutivo, vencem as duas partidas da temporada contra um dos seus maiores rivais da história. Sem mais delongas, vamos a lista dos melhores jogadores na partida.

01 – Alfred Morris (+8)

Foi um dos, se não o maior, responsável por mover as correntes do ataque dos Cowboys. Foram 13 first downs conquistados pelo ataque através do jogo terrestre. Além disso, Morris correu 27 vezes na partida para 127 jardas e anotou um touchdown. A lei do ex funcionou novamente nesta partida!

02 – Chidobe Awuzie (+)

Quando o quarterback adversário lança três bolas em sua direção e você é o cornerback responsável em não ceder nenhuma recepção e ainda consegue desviar um passe é um sinal que você foi muitíssimo bem na partida. A escolha de segunda rodada de 2017 dos Cowboys teve sua melhor atuação até agora na temporada. Kirk Cousins teve um rating de 39,6 lançando bolas em direção a Chidobe. Excelente atuação do calouro!

03 – David Irving (0)

Mais uma partida sensacional de Irving na temporada. Foram quatro pressões no quarterback durante o jogo com um sack, um quarterback hit e duas pressões. Além disso, o defensive tackle conseguiu desviar um passe na linha de scrimmmage resultando na interceptação de Anthony Brown e um sack monstruoso com uma baita paulada em Kirk Cousins . Foi uma das melhores atuações do jogador na temporada.

04 – DeMarcus Lawrence (+)

Dois sacks, um fumble forçado e dois tackles para perdas de jardas. Mais uma outra ótima atuação de outro jogador da linha defensiva dos Cowboys. Com os dois sacks na noite, Lawrence lidera a NFL com 13,5 sacks na temporada.

05 – Tyron Smith / e toda a linha ofensiva (+)

A linha ofensiva dos Cowboys teve uma ótima partida na última quinta feira. O Site Pro Football Focus deu uma nota acima de 80 para quatro dos cinco jogadores da linha ofensiva dos Cowboys no quesito bloqueios no ataque terrestre. Smith foi o que atingiu a maior nota pelo site e conseguiu manter o pocket limpo para Prescott durante quase toda a partida. Foi também do lado esquerdo da linha que a maior quantidade de jardas terrestres foram conquistadas pela equipe.

06 – Anthony Hitchens ()

Liderou a equipe em tackles durante a partida com 15 no total. Três destes tackles foram para a perda de jardas. Dentre os linebackers dos Cowboys foi o que teve a melhor atuação na partida e o único que não sente muita falta de jogar ao lado de Sean Lee.

07 – Ryan Switzer (+3)

Switzer retornou um punt de 83 jardas e marcou um belíssimo touchdown. O primeiro de uma promissora carreira de um jogador que poderá vir se tornar um dos mais dinâmicos jogadores de ataque de toda a liga. No retorno, Switzer conseguiu achar espaços mínimos entre os bloqueios e passar com velocidade sobre os marcadores.

08 – Dez Bryant (+)

Bryant fez sua melhor partida na temporada. Não pelos números conquistados, mas fez importantes recepções em momentos chaves do jogo. Além disso, anotou um belo touchdown em uma difícil recepção e com isso se tornou o jogador com mais passes recebidos na história do Dallas Cowboys, passando Bob Hayes.

09 – Taco Charlton (+)

Pela primeira vez na temporada, nossa primeira escolha de 2017 entra no Power Ranking semanal dos melhores jogadores da partida. Conseguiu dois tackles na partida e mais um sack em sua temporada de estréia na NFL. No lance do sack, além de forçar um fumble no resultado da jogada, Charlton foi ajudado pelo erro do running back dos Redskins na jogada, que atrapalhou o right tackle na jogada.

10 – Dak Prescott (+)

Não fez uma partida brilhante, mas não comprometeu o ataque como nos últimos jogos. Lançou dois belos passes para touchdown, um deles em uma ótima recepção de Dez Bryant. É difícil de analisar a atuação de Prescott em seus últimos jogos, muitas falhas estão sendo demonstradas em seu jogo, principalmente o feeling do jogador dentro do pocket.