Na offseason, o Dallas Cowboys por diversas vezes disse adeus a um jogador de secundária e falou olá para outro.

Nisso, foram embora, Barry Church, Brandon Carr, Morris Claiborne e J.J. Wilcox via free agency. Enquanto os veteranos Orlando Scandrick e Byron Jones permaneceram, os Cowboys moveram Jeff Heath e Anthony Brown para começarem a temporada como titular e escolheram no draft Chidobe Awuzie, Jourdan Lewis e Xavier Woods.

Os Cowboys sabiam que haveria grandes perdas, mas estão prestes a fazer mudanças.

Brown, que iniciou 10 dos primeiros 11 jogos, será substituído por Awuzie na quinta-feira contra o Washington Redskins. Brown é o jogador que mais cometeu faltas na equipe, com 10. Awuzie, uma escolha de segunda rodada, jogou mais de nove snaps defensivos apenas uma vez nesta temporada por causa de uma lesão recorrente no músculo posterior da coxa. Antes da lesão mais recente, os Cowboys planejavam dar-lhe mais jogadas na posição de safety.

Essa pode não ser a única mudança. O coordenador defensivo Rod Marinelli disse que fará mudanças na rotação de cornerbacks, na esperança de encontrar uma combinação que reduza as grandes jogadas contra a defesa. Jones, Heath e Woods podem entrar também em uma rotação na posição de safety.

Nos últimos três jogos, a defesa deixou que acontecesse 13 passes de 20 jardas ou mais, incluindo a maior quantidade em apenas um jogo nessa temporada, que foi de 8 passes no jogo contra o Los Angeles Chargers.

“Você entende os movimentos que está fazendo, você entende as dificuldades que você terá”, disse o treinador Jason Garrett. “Mas os padrões de como quero que joguem vão continuar a ser os mesmos. Fazer grandes jogadas no ataque e evitar grandes jogadas na defesa se correlaciona com a pontuação mais do que qualquer outra coisa. Então, valorizamos isso. Às vezes, fizemos um bom trabalho nesse ano, mantivemos a pontuação baixa. Às vezes, nos jogos, fizemos um bom trabalho para manter a pontuação baixa, mas quando eles fazem grandes jogadas a pontuação do adversário aumenta dramaticamente, então precisamos fazer um trabalho melhor”.

Awuzie teve uma boa offseasontraining camp antes que as lesões surgissem. Os Cowboys efetivamente o tiraram por um mês para ele se manter saudável e ele jogou principalmente nos times especiais nos últimos dois jogos.

“Eu acho que sua abordagem foi excelente; Foi lamentável que ele estivesse fora “, disse Garrett. “Para todos os jogadores, você precisa praticar, especialmente para jogadores jovens. Mas acho que o trabalho que ele obteve fora dos treinos foi bom. Eu acho que ele está engajado, acho que ele está aprendendo. Mas você melhora praticando e você melhora jogando “.

Quando as coisas ficam tão mal quanto os últimos três jogos, fazer mudanças é o único recurso.

“Eu não sei se você faz isso por efeito, eu faço para que algum homem possa ter a oportunidade de ser melhor”, disse Marinelli. “Ou às vezes é um padrão; Se você não gosta do que está vendo, incumbe a nós. O banco é nosso melhor amigo como treinador. Ou tempo de jogo, no entanto, você olha isso. É assim que sempre lidei com toda minha carreira “.

Vinicius Iori

Vinicius Iori

Colaborador em Blue Star Brasil
Torce, ama e sofre com o Cowboys desde 2006 e sonha em assistir um jogo no AT&T Stadium.
Vinicius Iori