Pode ser que fique mais difícil reconhecer o WR Cole Beasley este ano, no Training Camp.

O jogador, formado na Southern Methodist University, cortou quase que totalmente o seus longos cabelos.

Tradução: “Eu e Cole Beasley treinando na Prosper High School! Eu disse a ele que o verei no TOP 100!”

Em uma entrevista recente à rádio 105.3 The Fan, ele compartilhou o que pensou quando decidiu ter um novo visual.

“Eu não sei. Eu não estava me sentindo tão bem com o cabelo grande”, disse Beasley. “Talvez eu esteja ficando mais velho, talvez seja o calor. Estava coçando o meu pescoço um pouco. Eu só fiquei cansado dele. Tive que deixá-lo ir.”

wide receiver confessou que foi ele mesmo quem cortou.

“Eu não pago por cortes de cabelo”, ele disse à emissora.

Também nesta offseason, Beasley passou alguns dias em Charlotte, N.C., treinando com o ex-NFL Randy Moss.

Beasley explicou que um recebedor que atua no slot como ele pode aprender com Moss, um recebedor que jogou no outside em seus anos de jogador.

“Ele jogou durante muito tempo, então ele sabe o que treinar, seja um slot wide receiver ou um outside”, Beasley disse à rádio. “Eu fiz a maioria das coisas no slot com ele, mas também fiz trabalhos de outside receivers, porque quero ficar melhor e ser capaz de fazer as duas coisas. Foi interessante ver que tipo de coisas ele fez para conseguir abrir rotas e perceber um pouco como o seu cérebro funciona.”

Moss treina com pesos menores e mais repetições do que Beasley está acostumado a treinar, ele disse.

Então Moss é como um treinador especializado em exercícios?

“Ele gritava muito. Isto me surpreendeu um pouco”, disse Beasley. “Ele realmente sabe o que faz, é realista. Ele não se acha melhor que ninguém. É uma pessoa boa para se estar ao lado. Foi incrível ver o quão pé-no-chão ele era.”

Beasley ainda disse que Moss ainda parece estar forma para jogar futebol americano.

“Ele não parece estar velho. Parece que ele ainda está jogando. Ele praticamente treinou com intensidade o tempo todo. Ele ainda tem isso”, ele disse.

Beasley também falou de si, revelando como está mudado nesta offseason.

“Eu costumava jogar bastante basquete para me condicionar, porque eu sinto que o basquete tem muito a ver a minha posição no slot”, disse. “Mas este ano eu meio que parei de fazer isto e me dediquei mais a treinos de futebol e fazendo coisas de futebol nesta offseason. Eu acho que funcionou para mim. Eu acho que tive uma rotina melhor do que a que tive na temporada passada. Tem funcionado melhor para mim, eu acho.”

Ele ainda acrescentou que está comendo melhor e bebendo mais água, e se sentindo melhor por isto.

Cole Beasley e os Cowboys em breve estarão em Oxnard, Califórnia, já que nesta semana começará o Training Camp. O primeiro treino está marcado para o próximo sábado. A única cobertura exclusiva sobre o Dallas Cowboys você verá aqui, no Blue Star Brasil.

Márcio Silveira
Sigam-me

Márcio Silveira

Colaborador em Blue Star Brasil
Torcedor do Dallas Cowboys desde 2011, quando passou a acompanhar a NFL. Sonha em ver o time no Super Bowl cada vez que a temporada começa.
Márcio Silveira
Sigam-me