Com seis jogadores do Cowboys, Team Irvin vence o Pro Bowl

Com seis jogadores do Cowboys, Team Irvin vence o Pro Bowl

607
Foto: Mark Humphrey / AP Photo

Contando com um game winning drive do quarterback Matt Ryan, do Atlanta Falcons, o Team Irvin, comandado pela comissão técnica do Dallas Cowboys, venceu de virada o Team Carter por 32 a 28 no Pro Bowl 2015. No jogo das estrelas, sete jogadores de Dallas estiveram em campo, com seis deles jogando no time de Michael Irvin, por sinal um ex-jogador do Cowboys e membro do Hall da Fama da NFL. L.P. Ladouceur, o long snapper, foi o único jogador de Dallas no time capitaneado por Cris Carter e comandado por John Harbaugh e a comissão técnica do Baltimore Ravens.

 

O Jogo

Com Matt Ryan entrando no meio do terceiro quarto e com um placar de 28 a 19, o Team Irvin reagiu ao anotar 13 pontos seguidos e garantir a vitória. A campanha do touchdown da vitória começou na linha de 30 jardas do campo de defesa e terminou em um passe de Ryan para Jimmy Graham, tight end do New Orleans Saints em uma 4th & 1 na linha de uma jarda.

Dos três jogadores da linha ofensiva do Cowboys chamados para o Pro Bowl, apenas Tyron Smith começou jogando. Alinhado como right tackle, Smith travou um duelo com Joe Thomas praticamente todo o tempo em que esteve em campo. Já Travis Frederick e Zack Martin entraram no segundo tempo e também experimentaram jogar em outras posições. Martin, que joga como right guard, jogou como left guard, enquanto Frederick também jogou como left guard enquanto Nick Mangold, do New York Jets, ficou encarregado pela posição de center.

Jason Witten, também no Team Irvin, quase conseguiu a recepção do touchdown da vitória. Em uma rota curta, Witten acabou sendo parado na linha de uma jarda, quando saiu de campo após um tackle.

Já os dois maiores nomes do Dallas Cowboys no jogo das estrelas pouco apareceram. Tony Romo, que começou jogando em seu quarto Pro Bowl da carreira, participou apenas da primeira posse de bola do ataque, quando liderou uma campanha de 61 jardas que terminou em um field goal de Adam Vinatieri, do Indianapolis Colts. DeMarco Murray, em sua segunda aparição consecutiva no Pro Bowl, jogou ao lado de Romo e teve três carregadas para 18 jardas, além de uma recepção para 9 jardas. Assim como Romo, Murray deixou o jogo após a primeira posse de bola.

Matt Stafford, que substituiu Tony Romo no primeiro quarto, foi nomeado como o Offensive MVP do jogo, completando 15 de 25 passes para 316 jardas, dois touchdowns e uma interceptação. Apesar de não ser jogar em Dallas, os seis jogadores do Cowboys no Team Irvin agradeceram ao quarterback do Detroit Lions pela performance, já que a vitória rendeu a cada jogador um valor de 55 mil dólares – bem maior que os 27 mil dólares por jogador do Team Carter.

 

Números

Tony Romo: 4/6, 43 jardas. Rating: 87,5

DeMarco Murray: 3 att, 18 jardas; 1 rec, 9 jardas

Jason Witten: 4 rec, 32 jardas

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.