Chega de bobeira! Com uma partida avassaladora, o Dallas Cowboys não deu chances para o azar e massacrou o San Francisco 49ers. Ezekiel Elliott foi o dono da partida, anotando três touchdowns e consolidando a “goleada”.

 

Informações Gerais
Time 1 2 3 4 OT Final
⚪ Dallas Cowboys (3-3) 14 6 13 7 0 40
🔴 San Francisco 49ers (0-7) 3 0 0 7 0 10

 

Pontuação

  • TD 🏈 DAL: Ezekiel Elliott (1 jarda | corrida)
  • TD 🏈 DAL: Ezekiel Elliott (21 jardas | corrida)
  • FG 🎯 SF: Robbie Gould (42 jardas)
  • TD 🏈 DAL: Jason Witten (18 jardas | passe de Dak Prescott) | Conversão de dois pontos errada
  • TD 🏈 DAL: Ezekiel Elliott (72 jardas | passe de Dak Prescott)
  • TD 🏈 DAL: Dak Prescott (2 jardas | corrida) | Ponto extra errado
  • TD 🏈 DAL: Dez Bryant (2 jardas | passe de Dak Prescott)
  • TD 🏈 SF: C.J. Beathard (4 jardas | corrida)

 

O Jogo

Se fora de campo Dallas Cowboys e San Francisco 49ers protagonizam uma rivalidade histórica na NFL e uma das mais equilibradas desde o começo da Era Super Bowl, dentro de campo vimos algo totalmente diferente. Como o próprio placar indica, o jogo foi um massacre.

Mesmo com isso em vista, o jogo deu um primeiro sinal de que poderia ter um maior equilíbrio. Isso se deu por conta da primeira campanha de Dallas, que terminou sem nenhuma primeira descida conquistada. No entanto, a situação passou a favorecer o time visitante quando Kavon Frazier forçou um fumble no retorno de punt, recuperado pelo calouro Xavier Woods. Com a bola de novo, bastou entregar para Ezekiel Elliott para que ele fizesse o trabalho sujo de entrar na end zone e abrir o placar.

Em campo pela primeira vez, o ataque de San Francisco não assustou, indo pro punt após três jogadas. Com a bola de novo, o ataque de Dallas puniu novamente. Mais uma vez, a punição veio nas mãos, ou melhor, nos pés de Ezekiel Elliott. Dessa vez, o running back correu 25 jardas até a end zone, abrindo duas posses de bola de vantagem ainda na metade do primeiro quarto.

Por um breve momento, o 49ers mostrou sinais de que poderia reagir. O primeiro deles foi na campanha seguinte, conseguindo pontuar com seu kicker em um field goal, enquanto o segundo momento foi parar o ataque de Dallas de forma definitiva, sem turnovers no time de especialistas. Entretanto, para decepção da torcida da casa, a possível reação parou em David Irving, que colocou o quarterback C.J. Beathard no chão e encerrou uma campanha promissora da equipe.

Com a bola de novo, o Dallas Cowboys voltou a punir o 49ers. Dessa vez, Dak Prescott soltou o braço e achou Jason Witten na end zone, que conseguiu uma bela recepção para ampliar a vantagem para 20 a 3. Ao invés do time ir ao ponto extra, houve a tentativa de conversão de dois pontos que acabou não sendo bem sucedida. A culpa por isso foi descoberta depois: Dan Bailey havia se machucado e estava fora do jogo, o que levou o safety Jeff Heath a substitui-lo até o fim da partida.

Após uma troca de punts dos dois lados, o 49ers chegou muito perto de diminuir a vantagem antes do intervalo. Na linha de 5, o time enfrentava uma segunda descida quando DeMarcus Lawrence apareceu para forçar o fumble do QB e recuperar a bola, tirando o ataque de campo sem pontuar.

O segundo tempo voltou com um jogo mais morno. O Dallas Cowboys precisava apenas cozinhar o resultado e a defesa só não precisava estragar tudo. A situação ficou ainda mais tranquila quando Ezekiel Elliott recebeu um passe curto e correu 72 jardas para anotar seu terceiro TD do dia, ampliando a vantagem para 27 a 3 após Heath acertar o ponto extra, para delírio do time. Para melhorar a situação, o Cowboys conseguiu controlar o relógio e pontuar novamente na campanha seguinte, dessa vez com uma corrida fácil de Dak Prescott já na goal line.

A situação ainda melhoraria no último quarto, que começou com posse de bola para Dallas já em situação favorável após outro fumble forçado em cima de Beathard, dessa vez por Jaylon Smith. O dono da pontuação dessa vez foi Dez Bryant, que manteve os dois pés na end zone em uma bela jogada. Com 40 a 3 no placar, o jogo já estava decidido.

Daqui em diante, o jogo não serviu mais para nada. O 49ers até anotou seu touchdown, mas não havia mais o que fazer. O Dallas Cowboys colocou seus reservas em campo, incluindo o QB Cooper Rush, e apenas aguardou o fim da partida.

 

Melhores Momentos

Todos os direitos do vídeo para a NFL

 

Números
Coletivos
 Estatística Dallas Cowboys San Francisco 49ers
 Jardas Aéreas 236 235
 Jardas Terrestres 265 103
 Jardas Totais 501 338
 First Downs 27 23
 Turnovers Sofridos 0 3
 Faltas (jardas) 5 (36) 2 (22)
 Tempo de posse 32:50 27:10

 

Individuais
  • Passando

DAL: Dak Prescott: 16/25, 234 jardas, 3 TD,  0 INT. Rating: 134,0

DAL: Cooper Rush: 1/2, 2 jardas, 0 TD,  0 INT. Rating: 56,3

SF: C.J. Beathard: 22/38, 235 jardas, 0 TD, 0 INT. Rating: 76,1

  • Correndo

DAL: Ezekiel Elliott: 26 att, 147 jardas, 2 TD
DAL: Rod Smith: 8 att, 61 jardas
DAL: Dak Prescott: 4 att, 26 jardas, TD

SF: Carlos Hyde: 14 att, 68 jardas
SF: C.J. Beathard: 5 att, 30 jardas, TD
SF: Matt Breida: 3 att, 5 jardas

  • Recebendo

DAL: Ezekiel Elliott: 1 rec, 72 jardas, TD
DAL: Dez Bryant: 7 rec, 63 jardas, TD
DAL: Jason Witten: 4 rec, 54 jardas, TD
DAL: Cole Beasley: 1 rec, 24 jardas,

SF: Marquise Goodwin: 4 rec, 80 jardas
SF: Pierre Garçon: 5 rec, 49 jardas
SF: Trent Taylor: 5 rec, 39 jardas
SF: Carlos Hyde: 4 rec, 20 jardas

 

✅ Pontos Positivos

Atuação impecável do running back. Do começo ao fim, Zeke dominou a defesa do 49ers. Seja pelo chão, onde conquistou quase 150 jardas terrestres, e pelo ar, onde teve 72 jardas e um TD.  Se não for a melhor, está entre as melhores atuações da carreira do jogador.

  • QB Dak Prescott

Outra atuação de gala de Dak Prescott. O quarterback não teve dificuldades para jogar e soube explorar a fragilidade da defesa do 49ers da melhor forma possível. Com isso, foram três touchdowns lançados e mais um correndo, colocando outra vez o jogador na lista de pontos positivos.

  • SS Jeff Heath

Não há o que dizer de Jeff Heath. Além de fazer seu papel como safety, o jogador substitui o kicker Dan Bailey e chutou kickoffs extra points. Não fosse isso, o jogador ainda acertou dois pontos extras! Sensacional!

 

⛔ Pontos Negativos

Em um lance misterioso, Dan Bailey sentiu um desconforto na virilha e ficou de fora do restante da partida. Como vimos com Cairo Santos, uma lesão é algo que pode tirar um kicker de ação por semanas, o que deixa um ponto de interrogação na posição para o Dallas Cowboys.

  • DE Taco Charlton

Com Damontre Moore e Benson Mayowa inativos, era esperado que Taco Charlton tivesse mais oportunidades. Mesmo que tenha tido, sua aparição foi discreta até demais. Contra o frágil 49ers, Taco ficou devendo mais uma vez.

 

Próximo Jogo

O Dallas Cowboys agora viaja até a capital americana para um clássico de divisão. O jogo será contra o Washington Redskins às 18h25 no horário de Brasília e já tem transmissão garantida pela ESPN. O tempo real do jogo, é claro, você só encontra no nosso Twitter.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.