Mais uma vez, os jogadores do Cowboys tiveram a chance de olhar pela perspectiva de um técnico nessa semana.

Como usual, o Cowboys fechou os treinos do OTA com seu anual Cowboys U high school football camp. Apresentado pela Texas Lottery, o evento viu jogadores do ensino médio de escolas do norte do Texas irem ao The Star para um dia de futebol americano e lições para uma vida inteira.

“Eu acho que esse é um dia especial para as crianças. Eles estão muito entusiasmados por estarem aqui”, disse o técnico Jason Garrett. “Eu acho que eles estão impressionados com as nossas instalações, obviamente, mas também com a interação com nossos jogadores”.

O elenco do Cowboys se separou em 12 times, cada um com seu capitão. São eles: Jason Witten, Tyron Smith, Travis Frederick, Zack Martin, Dez Bryant, Dak Prescott, Sean Lee, Byron Jones, Jeff Heath, DeMarcus Lawrence, Tyrone Crawford e Orlando Scandrick.

“Nós deixamos claro com eles que eles não estão em uma sessão de autógrafos ou uma sessão de selfies — essa é uma chance de estar com esses caras”, disse Garrett. “E nossos jogadores realmente se envolveram com isso. Eu acho que os garotos responderam. Os garotos tiraram proveito disso, assim como nossos jogadores. Foi um grande dia para nosso time”.

O torneio viu os 12 times disputarem entre si até dois times sobrarem: o time do Byron Jones e o time do Sean Lee. Jogando diante de uma plateia no Ford Center, o time de Sean Lee venceu por 12 a 6 e levou o título de 2017.

“Foi divertido”, disse Lee. “Esse dia é sobre estar com esses garotos, ver a paixão e o entusiasmo deles, mas é divertido vencer. É difícil não ser competitivo nessas situações”.

A palavra “competitivo” é provavelmente um entendimento, já que os jogadores do Cowboys eram um dos mais entusiasmados, demonstrando muita intensidade.

“A pessoa com o trabalho mais difícil aqui é o árbitro, porque ele ouve um monte de coisa dos dois lados no meio do jogo”, disse Garrett. “Eles têm que se manter firme. Mas o sangue competitivo ferve nesse momento”.

Independente da vitória ou derrota, o evento foi uma vitória para todos os jogadores. Seguido do torneio, todos os participantes sentaram para ouvir conselhos de uma vida inteira de vários membros do elenco do Cowboys.

“Esperamos que o evento dê uma experiência impactante para esses estudantes-atletas que lembrarão disso por vários anos”, disse Garrett. “Esse evento oferece uma oportunidade única para nossos jogadores e técnicos fazerem uma diferença significativa na vida desses garotos.”

Os outros patrocinadores do evento incluiam Dunkin Donuts, Dairy Max, Albertson’s, Papa John’s, Pepsi, Dr. Pepper e Gatorade.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.