Cortar Ware, Austin e Carr vale a pena?

Cortar Ware, Austin e Carr vale a pena?

339

Uma das principais – se não a principal – preocupação do Dallas Cowboys é o seu espaço no salary cap para a temporada de 2014. A equipe de Jerry Jones está, a princípio, $20m acima do limite da liga (que é de $126,3m).

Com isso, muito se especula sobre saídas de jogadores caros e de nomes importantes, como DeMarcus Ware, Miles Austin e Brandon Carr. Entretanto, o corte destes jogadores não seria de total benefício para os Cowboys.

O DE DeMarcus Ware não se encaixou bem no esquema 4-3 (talvez por não estar 100% fisicamente). Na temporada 2013, Ware terminou com apenas 6.0 sacks (vinha de 19.5 e 11.5 em 2011 e 2012, respectivamente). Com 31 anos e sua produção em queda, o salário de $12,250,000 que,  com bônus, abaterá $16,003,750 do espaço no cap, Ware é um dos grandes candidatos a deixar Dallas para a próxima temporada.  Entretanto, cortar Ware abateria $8,571,500 no cap em dead money, o que também não seria interessante. O caminho, talvez, seja uma reestruturação de contrato (e um corte de salário). Caso DeMarcus Ware não aceite a redução de salário, corta-lo e abrir um espaço de $7,432,250 deve ser o melhor a fazer (apesar do dead money alto).

O caso do CB Brandon Carr, que ficou longe de ter uma temporada satisfatória, é praticamente certo: Não será cortado. Carr pesará $12,217,000 no cap do próximo ano. Entretanto, corta-lo custaria $16,868,000 em dead money (prejuízo de $4,651,000).

A situação de Miles Austin, um dos que menos produziram no ano de 2013 é uma decisão mais complicada. Austin pesará $8,249,400 no cap do próximo ano. Corta-lo, entretanto, liberará apenas $393,800 no cap (dead money de $7,855,600).

Resta a Jerry Jones e Stephen Jones a tarefa de arrumar espaço no cap, já que o Dallas Cowboys, além de precisar estar no limite do salary cap, precisa renovar alguns contratos, além de se reforçar a equipe, porque, fatalmente, perderá nomes importantes.

Jason Hatcher, free agent após uma boa temporada de 2013, deverá querer (e terá propostas) um contrato maior do que os $2,000,000 que ganhou no último ano. Como os Cowboys não deverão ter muito espaço no cap, Hatcher deverá negociar com um time que possa lhe pagar mais. O mesmo deve acontecer com Anthony Spencer, que também será free agent nesta offseason. Com isso, os Cowboys precisam liberar espaço no cap para, se não for renovar com tais jogadores, possam trazer substitutos a altura para melhorar a defesa (que foi tão mal na temporada passada).

Por: Eduardo Rios

Foto: FOX (Staff Photographer)

Últimos posts por Eduardo Rios (exibir todos)