Cowboys e Eagles decidem a NFC East no domingo

Cowboys e Eagles decidem a NFC East no domingo

259

Pelo terceiro ano seguindo, os Cowboys entrarão em campo em uma partida de vida ou morte na semana 17 da temporada.

Depois de cair para New York Giants e Washington Redskins, a oportunidade de redenção será contra o Philadelphia Eagles e, ao contrário do que ocorreu nos dois últimos jogos, desta vez a partida será em casa, no Texas.

Apesar de jogar sob seus domínios, Dallas está longe de ser considerado favorito no duelo decisivo. Alguns fatores contribuem para que o time da Pennsylvania desperte o favoritismo:

1. Méritos próprios:

Depois da derrota para Dallas, no dia 20 de outubro (e da derrota para os Giants, sem Michael Vick e Nick Foles, contundidos), os Eagles venceram seis das sete partidas disputadas. Neste período, anotaram 242 pontos (média de 34,5 pontos por jogo – o que seria a segunda melhor média da liga, atrás apenas dos Broncos, que tem 38,1).  Porém, mesmo se considerarmos todos os jogos do ano, Phialdelphia já é a segunda melhor em médias de pontos (27,9 pontos por jogo).

Nick Foles, novo QB titular dos Eagles, participou de 11 jogos nesta temporada (e em apenas dois deles teve menos de 60% de aproveitamento nos passes – um deles contra Dallas e o outro contra os Lions e toda a neve que caiu naquele dia).

No geral, Foles tem 63.9% de aproveitamento em seus passes, tendo anotado 25 TDs e apenas 2 INTs (com um rating de 118.8 – melhor da NFL na temporada entre aqueles que tiveram pelo menos 13 lançamentos no ano).

O jogo corrido de Philadelphia é o melhor (de longe) em toda a liga. Com uma média de 161.9 jardas por jogo, só o ataque terrestre dos Eagles já anotou 418 pontos na temporada (ficando apenas atrás dos Broncos neste quesito).

LeSean McCoy tem uma media de 98.4 jardas por jogo (também melhor da liga) e já anotou 9 TDs.

2. Defesa de Dallas:

Um dos fatores de deixam os Eagles com o favoritismo maior é a defesa de Dallas. O time do Texas tem a pior defesa da liga em jardas cedidas (418.6 jardas por jogo). E enfrentando um ataque explosivo como o dos Eagles, a tendência é imaginar o pior. Entretanto, quando Philadelphia e Cowboys se enfrentaram, em outubro, o time da Pennsylvania conquistou 293 jardas e anotou apenas 3 pontos.

3. Desfalques:

O Dallas Cowboys, que sofreu com lesões durante toda a temporada, não contará com o principal jogador do time (como todos sabem). Tony Romo está fora da temporada após passar por cirurgia nas costas (na sexta-feira). O principal nome da defesa, Sean Lee, também não jogará mais nesta temporada (pelo segundo ano Sean Lee não termina a temporada).

Mas, mesmo assim, há esperanças para o time da América. A defesa de Philadelphia é uma das piores da liga (em jardas). Apesar da defesa dos Eagles ser eficiente contra a corrida, os Cowboys devem contar com DeMarco Murray (que vem jogando muito bem) para ter chances de vencer o jogo. A defesa de Dallas, por algum milagre, também terá de funcionar para que os Cowboys e Jason Garrett evitem, pelo terceiro ano seguido, o maldito 8-8.

Kyle Orton:

Após a cirurgia realizada nas costas de Tony Romo (que colocou o QB titular dos Cowboys no IR), Kyle Orton tem certeza de que será o QB titular do Dallas Cowboys na partida decisiva.

Segue uma breve apresentação do QB que será importantíssimo para o futuro de Dallas no ano.

Kyle Orton jogou pela Universidade de Purdue (Lafayette, Indiana), e se formou em 2004. Orton foi draftado em 2005, no quarto round (106ª escolha) pelo Chicago Bears. Nos Bears ficou por 4 anos (mas jogou em três deles). No total, realizou 33 partidas com o time de Illinois.

Em 2009 acertou com o Denver Broncos, onde fez duas temporadas como QB titular. Em 2011, após ascensão de Tim Tebow, acabou trocando o Denver pelo Kansas City Chiefs. Chegou em 2012 ao Cowboys para substituir Jon Kitna na reserva de Tony Romo.

Orton tem um passer rating de 79.7, mas fez boas temporadas (principalmente com a camisa de Chicago – em 2005 e 2008 – temporadas que, somadas, teve recorde de 19-11).

Kyle Orton enfrentou o Philadelphia Eagles uma vez em sua carreira, em 2009, na semana 16, quando o Denver Broncos perdeu por 30×27 (em Philly). Naquele dia, Orton acertou 27/41 passes para 189 jardas, 3 TDs e 1 INT.

A partida será o Sunday Night Football da semana. Será a quarta vez no ano que Dallas jogará no horário nobre de domingo (recorde é 2-1).

A partida começará as 23:30 (horário de Brasília) e terá cobertura da ESPN do Brasil e Esporte Interativo. O twitter do Cowboys Brasil comentará todos os lances da partida, como de costume.

Foto: Rich Schultz (Getty Images)

Últimos posts por Eduardo Rios (exibir todos)