Não, dessa vez não é um novo contrato oferecido pelos Cowboys ao tight end Jason Witten.

Mas os Cowboys reestruturaram o contrato de Witten para criar um espaço adicional de US$2.75 milhões na folha salarial, de acordo com fontes, que dará a franquia um pouco mais de margem para negociações, se necessário.

Witten tinha por contrato salário de US$ 6.5 milhões. Nessa reestruturação, os Cowboys converteram US$ 5.5 milhões desse salário em bônus pela assinatura desse novo contrato, criando espaço na folha salarial.

Semana passada, os Cowboys também reestruturam os contratos do cornerback Orlando Scandrick e linebacker Sean Lee.  A renegociação do contrato de  Scandrick criou um espaço de US$3 milhões na folha salarial.

Portanto, com a reestruturação dos contratos de Witten e Scandrick na semana passada, isso dará aos Cowboys quase US$6 milhões de economia em gastos salariais.

Cinco anos atrás, indo para uma abertura de temporada contra os Giants, os Cowboys assinaram uma renovação de contrato por cinco anos com Witten. Naquele momento, Witten tinha ainda dois anos a cumprir de seu contrato em vigência na época. É exatamente a mesma situação que Witten, 34 anos, se encontra nesse momento, com dois anos a cumprir no seu contrato atual nesse ano de 2016.

Eduardo Zamarian

Eduardo Zamarian

Colaborador em Blue Star Brasil
Gosto de ver todos os esportes, mas acompanhar o Dallas Cowboys e o Corinthians é obrigação diária. E também todo dia é dia de rock,bebê.
Eduardo Zamarian