A liga, seus jogadores e os donos dos times tem um histórico de fazer a coisa certa pelas causas certas, como foi visto na ajuda pelas vítimas dos furacões que atingiram alguns estados do país e Porto Rico. A filantropia não está reservada somente para tragédias nos Estados Unidos, no entanto, já que a liga virou seus olhos para a Cidade do México, que sofreu um terremoto de magnitude 7,1 que matou 369 pessoas e deixou ao menos 200 construções danificadas.

De acordo com uma nota oficial da NFL, ao menos quatro times se uniram para ajudar as vítimas da tragédia: Dallas Cowboys, New England Patriots, Pittsburgh Steelers e Oakland Raiders doaram oficialmente 200 mil dólares para a Fundación Kanorte.

O Dallas Cowboys ainda deu um passo além, doando mais 50 mil dólares diretamente para um parceiro de longa data do time, o Exército da Salvação. Isso ajudará os esforços do Exército da Salvação para providenciar comida, abrigo, água potável e outros suprimentos aos impactos da tragédia.

A NFL não é desconhecida ao México. Muito ao contrário, já que partidas da liga costumam acontecer no país. Para essa temporada, o jogo entre Raiders e Patriots do dia 19 de novembro está agendado para o Estádio Azteca. Até o momento, o jogo será no local, mas há uma pressão para que os moradores da Cidade do México consigam resolver suas situações antes da liga decidir sediar uma partida no país novamente.

No entanto, a liga está mais do que feliz em ajudar da maneira como pode.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.