O Cowboys demorou um pouco mais que os outros times para começar a fechar os contratos com suas escolhas do Draft. Mas nessa quarta-feira, quatro dos nove jogados assinaram seus acordos.

Dentre eles, destaca-se Ezekiel Elliott, a primeira escolha do time.

Elliott vai receber $24,9 milhões totalmente garantidos em um contrato de quatro anos com um bônus de assinatura de $16,3 milhões, de acordo com uma fonte. O acordo é o maior de um running back calouro da história, e o maior desde que Trent Richardson recebeu pouco mais de $20 milhões depois de ter sido selecionado com a terceira escolha geral do Draft de 2012.

A quarta escolha geral do ano passado, o wide receiver Amari Cooper do Raiders, fechou um contrato de $22,7 milhões, também por quatro anos.

Todas as escolhas de primeira rodada tem um contrato com uma opção de quinto ano.

O Cowboys também anunciou as contratações de três escolhas de sexta rodada: o cornerback Anthony Brown, o safety Kavon Frazier e o running back Darius Jackson.

O vice-presidente executivo Stephen Jones explicou na última semana o motivo do Cowboys ainda não ter assinado com suas escolhas do Draft.

“Essas coisas não são tão difíceis”, disse Jones. “Eles vão assinar. Nós meio que queríamos dar uma olhada em como as coisas estão indo esse ano. Tiveram poucas mudanças e detalhes dos contratos que provavelmente não vão significar muito para ninguém.”

“Nós só queríamos ver como os times estariam fazendo (os contratos). Nós sentimos que esse é um ano que deveríamos desacelerar um pouco e ver como todo mundo está estruturando seus contratos, fazer algumas anotações e depois fechar nossos contratos.”

“Nós não temos nenhum problema. Eles são grandes jogadores representados por gente muito boa. Nós vamos resolver isso.”

Os jogadores que ainda não fecharam contrato são o linebacker Jaylon Smith, escolha de segunda rodada; o defensive tackle Maliek Collins, escolha de terceira rodada; o defensive end Charles Tapper e o quarterback Dak Prescott, escolhas de quarta rodada; e o tight end Rico Gathers, escolha de sexta rodada.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.