Mesmo jogando apenas 8 jogos, David Irving foi o segundo jogador do time do Dallas Cowboys com mais sacks na temporada, com sete, atrás apenas de DeMarcus Lawrence. Irving teve 19 pressões ao quarterback adversário, 12 tackles, 3 tackles para perda de jardas, seis passes defletidos e um fumble forçado.

“Eu fico pensando, ‘e se eu tivesse jogado todos os jogos?’“ disse Irving. “Eu provavelmente teria conseguido 15, 16, talvez mais [sacks]. Então eu tenho que voltar no ano que vem, ficar longe de confusões, torcer para não sofrer nenhuma lesão e ver o que eu posso fazer no ano que vem.”

Irving perdeu os primeiros quatro jogos da última temporada devido à uma suspensão por violar a política de substâncias de aumento de desempenho da liga. Ele perdeu os últimos quatro jogos devido à uma concussão. Não havia nada que ele pudesse fazer para evitar perder os quatro últimos jogos, mas ele poderia ter evitado perder os quatro primeiros.

Em 2016, Irving teve quatro sacks, cinco tackles para perda de jardas, 26 pressões ao quarterback adversário, cinco passes defletidos e quatro fumbles forçados, incluindo três em apenas um jogo. Ao final da temporada, ele era o melhor jogador de linha defensiva dos Cowboys.

Não existem muitas pessoas na terra com 2,05 metros de altura e 130 quilos que podem fazer o que Irving consegue fazer dentro de um campo.

Quando ele voltou de sua suspensão, ele jogou principalmente como defensive end, mas foi movido para o interior da linha quando os Cowboys moveram Maliek Collins para nose tackle.

“Honestamente, não faz nenhuma diferença; me coloque de nose guard, left end, right end, three technique, realmente não importa,” disse Irving. “Onde quer que eu possa fazer jogadas, onde quer que eu possa ajudar o time. Eu sou capaz de jogar em qualquer posição da linha, onde quer que os técnicos precisem de mim, onde quer que o time precise de mim.”

Sobre a sua saúde, Irving diz estar se recuperando lentamente. As dores de cabeça são menos frequentes, e ele espera voltar a treinar normalmente em algumas semanas.

“É estranho,” disse ele. “Você tem que descansar. Às vezes você tem dias bons. Às vezes você tem dias ruins, mas os dias ruins não tem sido tão frequentes.”

Consistência tem sido o principal problema de Irving, tanto dentro quanto fora de campo. Seu talento lhe dará chances que outros não terão, mas ele confunde os técnicos muitas vezes. Ele não treinou durante parte da offseason sem dar motivos. Ele não apareceu no primeiro dia de treino no centro de treinamentos antes do time viajar para treinar na Califórnia.

O futuro de Irving depende do jogador se tornar mais confiável. Ele se tornará um agente livre restrito. Os Cowboys devem oferece-lo uma tender de segunda rodada na esperança de que 2018 seja o ano em que o jogador se torne o que se espera de um profissional, dentro e fora de campo.

Se Irving já tivesse se mostrado responsável, os Cowboys poderiam oferece-lo um contrato mais longo, com um comprometimento financeiro maior.

Ao conversar com a imprensa na segunda-feira, em muitas ocasiões Irving falou sobre se manter longe de confusões, algo que ele deve ter ouvido bastante de seus treinadores.

“Você tem que ser maduro,” disse Irving. “Você tem que ser um adulto. Você tem que ser responsável. Quando se tem algo a perder é muito mais fácil se manter longe de confusões. Eu definitivamente vou ficar longe de confusões.”

Rafael Loureiro

Rafael Loureiro

Colaborador em Blue Star Brasil
Calouro, vindo de Santa Maria-RS, 18 anos, 6' 157 lbs e escolheu não correr o 40 yard dash. Viciado em NFL e apaixonado pelo Dallas Cowboys, agora compõe a equipe do Blue Star Brasil.
Rafael Loureiro