Um homem de 30 anos foi atacado no último domingo a noite em um incidente que envolve o running back do Dallas Cowboys Ezekiel Elliott, de acordo com múltiplas fontes consultadas nessa segunda-feira, mas a policia não revelou o nome do suspeito nesse caso.

Ninguém foi preso e nenhuma pessoa foi listada como suspeita em um relatório preliminar, conforme informado pela policia de Dallas em um comunicado divulgado hoje de manhã.

“De acordo com o relato, a vitima não sabe quem o atacou,” falou a policial Melinda Gutierrez nesse comunicado. “A vitima foi levada para um hospital da região com lesões, mas ela não corre risco de morte.”

A vitima, Nkemakola Ibeneme, 30 anos, de Dallas, contou a policia que tomou um soco no nariz, de acordo com o relato.

Os policiais foram chamados para atender um chamado de distúrbio as 21:40, horário local de Dallas, no último domingo, no endereço 2520 Cedar Springs Road, onde fica o bar The Clutch.

A investigação sobre esse incidente ainda continua, informou a policia.

O usuário do Twitter, Tom Riddle, escreveu no domingo a noite que presenciou Ezekiel Elliot envolvido na confusão que ocorreu no bar no domingo a noite. O repórter Mike Fisher também informou que Elliott esteve envolvido em uma desentendimento físico com o segurança do Clutch Bar, algo que também foi confirmado pelo jornalista da ESPNAdam Shefter.

Tradução: EXCLUSIVO: Fontes alegam que a estrela do @DallasCowboys #Ezekiel Elliott se envolveu em um desentendimento tarde a noite no Clutch Bar. Reportagem Completa logo sairá.

A NFL também já iniciou uma investigação sobre o caso, disse o porta-voz da liga Brian McCarthy.

“Nós estamos cientes do assunto e estamos analisando tudo para entender os fatos,” falou McCarthy por e-mail.

Elliott já estava sob investigação da NFL decorrente de uma acusação de violência doméstica em 2016. O running back estava preparando uma resposta para enviar a liga na próxima semana, de acordo com fontes de Schefter.

Eduardo Zamarian

Eduardo Zamarian

Colaborador em Blue Star Brasil
Gosto de ver todos os esportes, mas acompanhar o Dallas Cowboys e o Corinthians é obrigação diária. E também todo dia é dia de rock,bebê.
Eduardo Zamarian