DeMarcus Lawrence ainda não foi multado pelas suas duras críticas contra a arbitragem após o jogo de domingo. Há uma chance de o defensive end do Dallas Cowboys evitar isso e nem ser multado, apesar de suas duras palavras em direção aos oficiais que acompanharam o jogo contra o New York Giants.

Lawrence não recebeu a notificação de uma multa a partir de quinta-feira, e pode estar livre.

“Eu falei sobre isso, deixei para trás e acabou”, disse Lawrence nesta quinta-feira. “A única resposta é de vocês [os meios de comunicação] tentando me dar uma multa”.

Uma fonte da liga afirmou que os jogadores têm “muita margem de manobra” em suas observações pós-jogo.

“Nós entendemos as emoções envolvidas, especialmente logo após o jogo”, disse a fonte.

Lawrence criticou os árbitros pela falta de chamadas contra adversários de linha ofensiva e tight ends. Nos últimos 10 jogos, a linha defensiva dos Cowboys teve apenas duas penalidades de holding a seu favor.

Nesse mesmo tempo, a linha ofensiva e os tight ends dos Cowboys tiveram 18 chamadas de holding contra o time.

Após o jogo, Lawrence advertiu: “Os árbitros estão por aí para nada, então acabamos de sair e fizemos o nosso trabalho”. Eu não vi uma chamada nos últimos cinco jogos e é ridículo que os árbitros estejam aqui apenas olhando para mim, sendo atacado pela linha ofensiva. É como, “Vamos, se você vai estar aqui, faça o seu trabalho”.

“Eu tenho uma família para voltar para casa. Se você está tentando proteger quarterbacks, você também deve me proteger. Se você fizer isso, você deve fazê-lo em ambos os lados. Se você vai chamar alguma falta na minha linha ofensiva, você também deve chamar na linha ofensiva deles”.

Lawrence terminou sua fala com um “fo….. os árbitros”.

Lawrence ocupa o segundo lugar na NFL com 13.5 sacks e os Cowboys como time estão empatados no 13º lugar na liga com 32. Mas os Cowboys não tiveram nenhum sack em três dos últimos quatro jogos, incluindo domingo, quando o quarterback dos Giants Eli Manning teve 46 tentativas de passe.

“Não é frustrante para mim. Não acho frustrante para nenhum de nós” afirmou Lawrence nesta quinta-feira. “Nós sabemos que estamos pressionando o quarterback. Algumas equipes estão conseguindo isso mais rápido do que outros, mas nós trabalhamos todos os dias”.

Antes de sua entrevista no vestiário, Lawrence fez uma breve aparição, enquanto o coordenador defensivo Rod Marinelli falou com os repórteres.

“Eu conversei com um homem sábio e ele me disse: “Não estão lhe segurando, a menos que eles chamem a falta” disse Lawrence. “Eu só quero pedir desculpas aos árbitros. Peço desculpas. Eu vou entender”.

Lawrence disse mais tarde que o “homem sábio” foi o treinador Jason Garrett, que tentou minimizar os comentários de Lawrence e a diferença de penalidades nos últimos dias.

Mas Lawrence deixou claro que ele não quer ser multado.

“Não estou à procura de nenhuma multa”, disse Lawrence. “Eu me senti daquele jeito naquele momento. Como eu disse, tirei aquilo do meu peito. Está feito e acabado. Eu já me desculpei com os árbitros sobre isso e, como eu disse, já ficou para trás”.

Carlos Ramalho

Carlos Ramalho

Colaborador em Blue Star Brasil
Sofreu do famoso amor à primeira vista com a NFL em 2010 e se encantou com os Cowboys no mesmo ano. Desde então, segue fielmente o Time da América!
Carlos Ramalho