De volta aos playoffs, Cowboys recebe o Lions

De volta aos playoffs, Cowboys recebe o Lions

651
Foto: Ronald Martinez/Getty Images

Demorou, mas chegou, Depois de três temporadas seguidas tendo o sonho da pós-temporada frustada no último jogo da temporada, o Dallas Cowboys se vingou nessa temporada. Com uma temporada acima da média, o Time da América terminou sua temporada batendo o rival Washington Redskins em sua própria casa. Dessa vez, o adversário será o Detroit Lions, em casa e em um jogo de vida ou morte.

 

Fique de Olho

  • Jason Witten

Chegou o momento mais importante da temporada, os playoffs. E nas situações mais importantes da partida, Witten deve ser o alvo de Romo para conquistar um avanço, principalmente nas terceiras descidas. Detroit deve focar em parar o jogo terrestre do Cowboys, e deve dobrar a marcação em Dez Bryant durante boa parte do jogo. Com isso, Witten pode ficar em marcação individual no meio do campo com os linebackers do Lions, e pode ter vantagem no confronto.

  • Tyrone Crawford

O melhor jogador de linha ofensiva do Lions, o guard Larry Warford não vai jogar por conta de uma lesão no joelho. Dessa maneira, Crawford deve enfrentar muitas vezes Rob Sims e também Travis Swanson, o center reserva que deve substituir Warford improvisado como guard. Crawford vem tendo uma grande temporada e pode ter outro ótimo jogo. O defensive tackle do Dallas pode ser um ótimo fator na partida, tanto pressionando Matthew Stafford como parando o jogo terrestre do Lions.

  • Tony Romo

Todos os olhos estarão no quarterback do Cowboys na partida de domingo, que é muito criticado por ter apenas uma vitória em pós-temporada em sua carreira em 4 jogos disputados. Romo fez um grande mês de dezembro e teve também a melhor temporada de sua carreira. Jogando ao redor do melhor ataque desde que assumiu o posto de titular, Romo lançou para 34 touchdowns e apenas 9 interceptações, completando quase 70% de seus passes e liderando a liga em rating, com 113,2. Romo precisa ter uma ótima partida para que o Cowboys consiga sua segunda vitória em playoffs desde 1996.

  • Glover Quinn

Quinn foi um dos melhores safeties da NFL nessa temporada, e foi eleito ao pro bowl e também um All Pro, ficando no ‘segundo time’ dos melhores da temporada 2014. Quinn liderou o Lions em interceptações com 7 e ainda desviou outros 10 passes. Tony Romo tem que tomar muito cuidado durante toda a partida, com Quinn jogando recuado na cobertura, no esquema 2 man under de Detroit.

  • DeAndre Levy

Levy teve uma ótima temporada e foi eleito para o segundo time All Pro. Ele liderou o Lions em tackles com 151, sendo 15 para perda de jardas, e foi uma peça fundamental para que Detroit terminasse a temporada regular com a melhor defesa contra o jogo terrestre da NFL. Para DeMarco Murray ter sucesso, os jogadores de linha ofensiva, e também o fullback, precisam chegar no segundo nível da defesa do Lions para neutralizar Levy e abrir espaços para suas corridas.

  • Calvin Johnson

Na última vez que enfrentou Dallas, Johnson teve a segunda melhor partida da história da NFL por um wide receiver em número de jardas. Ele recebeu 14 passes para 329 jardas e 1 touchdown. Johnson é considerado por muitos o melhor recebedor da NFL, e usa de seu tamanho, 1,96 metros, sua agilidade e envergadura para receber passes mesmo quando recebe marcação dupla. Para Dallas parar Johnson, Brandon Carr precisa ter uma grande partida, e precisa contar sempre com a ajuda de um safety para diminuir o impacto da atuação do camisa 81 de Detroit.

 

Desfalques

  • Dallas Cowboys

Anthony Hitchens e Tyrone Crawford estão listados como questionável, porém a expectativa é que ambos participem da partida;
Doug Free tem a participação na partida dada como duvidosa, e não deve jogar.

  • Detroit Lions

Larry Warford está fora;
Nick Fairley tem a participação na partida dada como duvidosa, e não deve jogar.

 

O que esperar

Podemos esperar que a torcida faça muito barulho no AT&T Stadium e ajude o Cowboys na partida, principalmente quando o ataque de Detroit estiver em campo. Quanto ao jogo, este deve ser uma grande batalha nas trincheiras, com a melhor defesa terrestre da liga enfrentando o segundo melhor jogo corrido da NFL.

Detroit tem uma das melhores linhas defensivas da liga, liderada por Ndamukong Suh, e um bom trio de linebackers, liderado por DeAndre Levy. O Lions deve fazer de tudo para tentar parar o jogo terrestre do Cowboys, porém Dallas pode surpreender com chamadas de play action. Mesmo que o jogo corrido não funcione no começo da partida, Scott Linehan mostrou durante toda a temporada que não vai parar de correr com a bola, e DeMarco Murray deve correr perto de 30 vezes na partida.

A secundária do Lions deve dobrar a marcação em Dez Bryant, e a secundária do Cowboys deve fazer o mesmo com Calvin Johnson. Com isso, os jogadores secundários das equipes podem aparecer, como Golden Tate e Eric Ebron para Detroit, e Terrance Williams, Jason Witten e Cole Beasley para Dallas.

O Cowboys cedeu o menor número de jardas terrestres entre todos os times da NFL nas 4 últimas semanas da temporada, e o ataque corrido de Detroit é o 5º pior da liga. O front seven de Dallas deve neutralizar o jogo terrestre do Lions, e com isso Stafford terá de lançar a bola e pode conseguir grandes avanços com seus recebedores, mas também pode cometer alguns erros.

quarterback titular do Lions nunca venceu uma partida fora de casa contra um time de campanha positiva, e contra Dallas, terá a 18ª oportunidade para ganhar longe de Detroit contra um time com aproveitamento acima dos 50%. Tony Romo fará sua quinta partida na pós-temporada, e buscará sua segunda vitória. O grande confronto da partida, porém, não será entre os quarterbacks, e sim entre a linha ofensiva do Cowboys contra a linha defensiva dos Lions.

 

Uma vitória do Dallas Cowboys daria…

  • Um recorde de 6-5 em jogos de Wild Card na história da franquia;
  • Uma presença na rodada divisional dos playoffs pela primeira vez desde 2009 e pela 25ª vez na história da franquia;
  • Um recorde de 34-25 em jogos de playoffs, o maior número de vitórias da história da NFL;
  • Um recorde de 2-1 contra o Detroit Lions em jogos de playoffs;
  • Vitórias consecutivas em playoffs em casa pela primeira vez desde as sete consecutivas entre 1992 e 1996.

 

Curiosidades

Detroit Lions e Dallas Cowboys tem algo de muito especial em comum: o Thanksgiving. Por tradição, ambas as equipes sempre jogam na data festiva, com o Lions fazendo o jogo da tarde e o Cowboys a segunda partida do dia. Em campo, foram 25 jogos entre as duas equipes na temporada regular e duas na pós-temporada, com um duelo muito acirrado entre os números.

Com 13 vitórias a 12 na temporada regular, o Dallas Cowboys leva pequena vantagem sobre o Detroit Lions. Já nos playoffs, tudo igual: uma vitória para cada lado. Apesar de ter ganho 5 das últimas 8 partidas entre as equipes, o Cowboys não tem um retrospecto recente muito positivo: derrota na última partida entre as equipes, em 2013, e entre as partidas nos playoffs, um sonoro 38 a 6.

 

Transmissão

O jogo ocorrerá no dia 4 de janeiro, domingo, às 19h40 no horário de Brasília. Por ser um jogo de pós-temporada, a ESPN transmitirá a partida. O tempo real, claro, será feito em nosso twitter.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.