Nos dias atuais, todo mundo quer jogar no Dallas Cowboys.

Primeiro foi Myles Garrett, da Universidade Texas A&M, que fez um vídeo para que os Cowboys o selecionassem no NFL Draft, em abril.

Agora foi o ganhador do prêmio Davey O’Brien, Deshaun Watson, que também declarou que gostaria de usar o uniforme de Dallas.

Watson, que ganhou duas vezes o prêmio Davey O’Brien (prêmio dado ao melhor quarterback universitário em todo o país), esteve em Fort Worth na última segunda-feira em uma cerimônia em reconhecimento de suas conquistas.

Durante seu discurso, Watson falou ao técnico Jason Garrett que os Cowboys deveriam achar um espaço no elenco para ele, mesmo eles tendo o novato sensação Dak Prescott e o veterano Tony Romo.

“Eu gostaria de voltar a Fort Worth, Texas. Eu disse à você que voltaria aqui. Eu disse ao técnico Garrett que se eu voltasse aqui, ele teria que me escolher no draft”, falou Watson, enquanto olhava diretamente para Garrett e gerando uma grande risada e aplausos da plateia. “Eu sei que aqui tem muitos torcedores do Dallas Cowboys. Tony Romo está saudável. Dak, eu sou grande fã. Amo esse cara. Tive o privilégio de conhecê-lo esse ano. Ele tem tido muito sucesso.

“Eu fiz minha parte, você tem que fazer a sua parte.”

A resposta de Garrett.

Ele somente sorriu.

Watson liderou Clemson a ganhar o campeonato nacional, com uma vitória de 35-31 sobre a Universidade do Alabama.

O Cleveland Browns tem a primeira escolha no geral no draft. O Dallas Cowboys tem a vigésima oitava escolha no geral.

Watson disse que ele irá ver Garrett no NFL Combine, em março.

“Os Browns precisam de um quarterback,” falou Watson, gerando ainda mais risadas na plateia. “Você pode trocar os dois (Prescott e Romo). Eles precisam de dois.”

Eduardo Zamarian

Eduardo Zamarian

Colaborador em Blue Star Brasil
Gosto de ver todos os esportes, mas acompanhar o Dallas Cowboys e o Corinthians é obrigação diária. E também todo dia é dia de rock,bebê.
Eduardo Zamarian