wide receiver Dez Bryant recentemente participou do Mickey Spagnola’s show. Abaixo segue alguns momentos de sua participação no programa:

Se ele está sofrendo com piadas sobre velhos depois da saída de alguns veteranos do time durante a offseason:

“Ele ainda me tratam como se eu fosse um cara jovem, embora eu seja um dos mais velhos. Eu ainda estou nos meus 20 anos. Nos últimos 20 anos, mas ainda assim, estou me divertindo. Esses caras me mantém jovem. Eu não acredito (que seja sua oitava temporada). Eu estou curtindo isso. É uma experiência incrível, especialmente por fazer parte dessa grande organização, estabelecer os padrões. É apenas um momento excepcional, estou tentando abraçar tudo isso.”

Como essa offseason está sendo diferente para ele, considerando que há um ano atrás eles estava se recuperando de uma lesão no pé:

“Esses últimos dois anos foram muito pesados para mim, especialmente mentalmente, porque eu amo jogar futebol americano. Eu entendo que também são negócios e lidar com a situação contratual, isso foi pesado pois quando se fala de negócios, são somente negócios. Resumindo, foi difícil,  fiquei um pouco chateado, mas tudo já foi superado. Agora eu posso estar aqui com meus companheiros de time e ter uma ótima offseason e completa, fazendo todo o programa de treinamentos. Tem sido ótimo. Eu estou me divertindo. Eu estou extramente saudável. Eu estou animado. Eu estou tentando me manter no nível que acho que seja bom porque, como as pessoas sabem, eu fico realmente (animado). É a offseason. Eu me sinto bem. Já estive dentro da sala de musculação, aproveitando ao máximo. Agora estou aqui dentro de campo, aproveitando ao máximo isso. Eu quero estar bem condicionado durante a temporada, não somente por mim, mas pelo time também.”

Sobre o que ele mais lembrará a respeito da temporada de 2016:

“O que eu mais lembrarei é Dak (Prescott) e (Ezekiel Elliott). O que eles fizeram, como eles entraram no time. Esses dois caras fizeram um excelente trabalho, cara. O que eles trouxeram para o time, foi excepcional. É algo que apenas você tem que se aproveitar disso e foi isso que fizemos. Apesar de termos perdido, terminando da maneira como terminou, isso nos deu esperança. Não esperança, mas nos deu… bem, sim. Esperança, fé, crença no que vem para este ano. Como você sabe, como todos sabem, nós tivemos a maioria dos caras aqui durante o programa da offseason e por um longo tempo. Quando você vê isso, isso diz muito sobre esse time. Você tem que recomeçar. Você tem que entender todo ano é um processo e eu sinto que esses caras entendem isso e quando esses caras estão aqui, eles têm se exercitado forte, eles têm treinado forte. Eles têm levado tudo muito a sério, como o técnico (Jason) Garrett fala para nós o tempo inteiro. Ninguém está tentando ser o herói local. O que é ser um herói local? Nós queremos o prêmio máximo.”

Eduardo Zamarian

Eduardo Zamarian

Colaborador em Blue Star Brasil
Gosto de ver todos os esportes, mas acompanhar o Dallas Cowboys e o Corinthians é obrigação diária. E também todo dia é dia de rock,bebê.
Eduardo Zamarian