David Irving se recorda do jogo de playoff entre Cowboys-Packers na temporada de 2014.

Ele estava assistindo o jogo no sofá da sua namorada em sua cidade natal na Califórnia, imaginando se ele algum dia teria a chance de chegar a NFL.

Dallas perdeu, 26-21, para Green Bay dois anos atrás. Agora os Cowboys recebem os Packers no domingo, naquela que será a primeira experiência de pós-temporada do defensive lineman.

“Agora reviveremos isso, isso é muito louco,” disse Irving na terça-feira no The Star. “Eu ficava pensando, ‘Eu poderia estar lá’. E agora estou literalmente dentro de campo, com os mesmos dois times se enfrentando novamente.”

Irving não jogou a última temporada pela Universidade Iowa State porque ele foi dispensado do time. Meses após o jogo de playoff, ele assinou com Kansas City como um free agent. Dallas o pegou do practice squad dos Chiefs em setembro de 2015.

Irving e seu passado se tornou incrivelmente familiar aos torcedores dos Cowboys, a medida que ele foi crescendo nessa temporada.

Sua grande aparição aconteceu no encontro da temporada regular contra os Packers, no dia 16 de outubro. Irving conseguiu forçar três fumbles em 19 snaps. Um foi feito contra o quarterback de Green Bay, Aaron Rodgers, perto da linha de gol. Irving recuperou aquele fumble também.

Irving disse que ele não pode se focar em seu sucesso anterior contra Green Bay.

“Eu não posso tentar repetir isso,” ele falou. “Eu só quero ir a campo e jogar como nunca antes e continuar fazendo as coisas que venho fazendo. É assim que as jogadas serão feitas. Se eu ficar sentado aqui, focado naquilo e tentando reviver o que aconteceu, provavelmente eu terei um jogo ruim. Apenas jogar normalmente.”

Jogar normalmente tem sido muito bom, ultimamente. Ele fez uma outra ótima impressão em 18 de dezembro, na vitória contra Tampa Bay. Ele teve dois sacks, atingiu o quarterback cinco vezes e defendeu um passe, tudo no quarto período.

A chave para Irving, que lidera o time com 26 pressões no quarterback, tem feito a diferença mais consistentemente. Ele teve a chance de estar mais vezes em campo nas últimas semanas, já que muitos defensive linemen ficaram de fora devido a lesões. Irving está ansioso para o que ele pode fazer mais descansado e com os prováveis retornos de Tyrone Crawford, DeMarcus Lawrence e Cedric Thornton para a linha.

“Todo mundo estará descansado” disse Irving. “Eu tenho participado um pouco mais dos snaps nos últimos jogos, com tantos jogadores estando fora. Vai ser bom realmente esfriar um pouco novamente, ir para o banco pronto para descansar e retornar renovado. Nós conseguiremos fazer muitas rotações. Estou animado. Todo mundo está animado, todo mundo está subindo seu nível de jogo para os playoffs. Vai ser divertido.”

Os Cowboys precisarão pressionar Rodgers, que está parecendo muito com o jogador que ganhou o prêmio de MVP, a medida que liderou Green Bay a uma sequência de sete vitórias consecutivas e marcou 30 pontos ou mais nos últimos cinco jogos.

“Nós iremos fazer pressão em cima dele,” falou Irving. “Nós fizemos tudo certo no primeiro jogo. Nós melhoramos desde então, a defesa como um todo. Não vou ficar muito preocupado com isso, apenas tentaremos fazer o que devemos fazer e executar e as jogadas acontecerão.”

Eduardo Zamarian

Eduardo Zamarian

Colaborador em Blue Star Brasil
Gosto de ver todos os esportes, mas acompanhar o Dallas Cowboys e o Corinthians é obrigação diária. E também todo dia é dia de rock,bebê.
Eduardo Zamarian