Doug Free tem fratura no pé e pode parar por um mês

Doug Free tem fratura no pé e pode parar por um mês

313

(foto: thelandryhat.com)

 

O que se temia aconteceu: o right tackle Doug Free perderá entre três a quatro jogos após exames detectarem uma pequena fratura em seu pé direito. Free se lesionou nos últimos minutos do drive que terminou no touchdown da vitória do Dallas Cowboys sobre o Seattle Seahawks. Por não ter tido um problema nos ligamentos, Free utilizará apenas uma bota ortopédica.

Na terça-feira, Jerry Jones disse que há esperanças de Free retornar mais cedo.

“Ele vai lidar com uma fratura que geralmente leva entre três a quatro semanas para recuperar”, disse Jones à rádio 105,3 The Fan. “Por conta da posição que ele joga, que não é uma skill position – uma posição que o permitiria compensar algo – ele deve poder voltar logo. Nós o esperamos (de volta) entre três a quatro semanas”.

Para repor o Doug Free, o Cowboys contará com Jeremy Parnell, substituto imediato de Free. Também na entrevista para a rádio, Jerry Jones comentou sobre seu reserva.

“Tenho muita confiança nele”, disse Jones. “Nós realmente temos, embora eu não queira tirar méritos de Doug Free. Sua liderança… ele é o pai daquela linha ofensiva, e ele vem jogando muito bem esse ano. Mas Parnell é capaz de ir lá e jogar bem também. Ele tem muito talento. Ele só não precisa cometer erros”.

Parnell, entretanto, vem se recuperando de uma lesão na costela que o fez ter participação limitada do treino de semana passada. Donald Hawkins, que esteve inativo nos últimos seis jogos, será o reserva imediato com a ausência de Free.

Como outra opção, Jones disse estar relutante em fazer alguma mudança, como por exemplo tentar colocar o calouro Zack Martin como tackle. Ele ainda disse que não espera que o Cowboys procure por alguma ajuda fora do atual elenco.

“Nós estamos hesitando em fazer algumas mudanças, e nós continuaremos a olhar quais são as nossas opções”, disse Jerry. “Eu não vejo, realmente, uma opção que seja no practice squad ou lá fora. Eu nao acho que trazer alguém possa fazer diferença”.

“Acho que vamos ver o que possamos fazer, é claro, se tivermos um problema durante o jogo, mas no momento Parnell é nossa resposta – e uma boa”.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.