Em casa, Dallas Cowboys recebe o Baltimore Ravens pela pré-temporada

Em casa, Dallas Cowboys recebe o Baltimore Ravens pela pré-temporada

227

(foto: Rob Carr/Getty Images)

 

Com mais um training camp na California pro currículo, o Dallas Cowboys volta para casa. Em seu primeiro jogo da pré-temporada no AT&T Stadium, a equipe busca apagar a derrota para o San Diego Chargers, uma semana atrás. O adversário da vez é o Baltimore Ravens, equipe campeã do Super Bowl recentemente, e que hoje busca uma reconstrução de seu elenco. Ao contrário do Dallas Cowboys, o Baltimore Ravens fez seu primeiro jogo da pré-temporada em casa, e com vitória sobre o San Francisco 49ers.

Fique De Olho

  • Quarterbacks

Tony Romo fará seu primeiro jogo após a cirurgia nas costas, realizada em dezembro do ano passado. Wade Wilson, técnico dos quarterbacks, disse que Romo ainda tem alguns problemas nos lançamentos longos, e essa será a primeira oportunidade de ver se isso realmente será um fator. Brandon Weeden teve um bom primeiro jogo, vamos ver como ele se sai contra a defesa dos Ravens. Dustin Vaughan, calouro undrafted, teve bons momentos em sua primeira partida na NFL. Se ele continuar jogando bem, deve ganhar uma vaga no Pratice Squad do time.

  • Rolando McClain

Essa será a primeira oportunidade de ver o Linebacker jogar com uma estrela em seu capacete. Entre aposentadorias e problemas judiciais, McClain não atua a quase dois anos. O jogador draftado na 8ª posição do draft de 2010, tem muito potencial e mostrou isso em Oakland. Será interessante ver se McClain consegue mostrar suas qualidades e ganhar uma posição no grupo de Linebackers. O seu maior adversário, Justin Durant, foi considerado pelos analistas o melhor jogador de defesa do Cowboys nos treinos realizados contra o Oakland Raiders, no inicio da semana.

  • Secundária

Com a suspensão de Orlando Scandrick, que perderá os primeiros quatro jogos da temporada, Rod Marinelli deve testar alguns jogadores para ocupar sua posição. Sterling Moore e BW Webb terão as primeiras chances. Depois será a vez de Terrance Mitchell mostrar serviço. Ainda, vale a pena observar o safety Ahmad Dixon, que teve um bom jogo de estréia, e deve ter jogar vários snaps para ganhar experiência e tentar mostrar sua qualidade para os técnicos.

  • Linha Defensiva

No primeiro jogo da Pré-Temporada, pouca pressão foi criada para dificultar o trabalho dos quarterbacks de San Diego. Contra os Ravens, a volta de George Selvie deve ajudar, porém outros jogadores precisam contribuir. Davon Coleman e Ken Bishop tiveram bons treinos no Traning Camp, mas não aturam bem contra os Chargers. Será interessante ver como Jeremy Mincey atuará enfrentando um dos bons Left Tackles da liga, Eugene Monroe. Outros jogadores para se ficar de olho são Martez Wilson e Kenneth Boatright, que disputam a vaga deixada pela lesão de DeMarcus Lawrence como o Right End reserva e pass rusher nos 3rd downs.

  • Joseph Randle e Ryan Williams

Os dois Running Backs disputam uma vaga no elenco do Cowboys, e ambos foram muito bem no jogo contra San Diego. Randle liderou o time em jardas terrestres com 50 e Williams liderou o time em recepções com 5. Os dois continuam a brigar pela posição de 3° Running Back do time, e devem jogar bastante, com os técnicos preservando os dois outros Running Backs, DeMarco Murray e Lance Dunbar.

 

Desfalques

Morris Claiborne não deve jogar, com uma lesão no ombro. A lesão não é considerada séria, e o cornerback deve voltar aos treinos no começo da próxima semana. Henry Melton também desfalca o time, com uma lesão na virilha. Melton ainda não jogou com a camisa do Cowboys, mas é esperado que ele esteja pronto para enfrentar o Dolphins no terceiro jogo de pré-temporada. Já Anthony Spencer finalmente está perto de um retorno, após uma cirurgia complicada no joelho. A expectativa é que o Defensive End possa jogar os primeiros jogos da temporada regular.

Outros Desfalques: Matt Johnson, Ben Gardner (fora da temporada), Amobi Okoye e Terrell McClain. Jeff Heath e Jeremy Parnell também podem ficar de fora.

 

O que esperar?

Com os principais jogadores do ataque jogando pela primeira vez, podemos esperar uma efetividade ofensiva maior e também mais pontos. A defesa também contará com alguns retornos, e deverá jogar melhor. Podemos esperar menos erros de tackles e melhor posicionamento dos jogadores, que muitas vezes ficaram perdidos em San Diego, e isso deve ser corrigido pelo coordenador defensivo, Rod Marinelli. No segundo jogo de pré-temporada, os titulares ainda jogam pouco, com isso, devemos ver muita ação dos calouros e reservas importantes.

 

Recaps

Por ser uma franquia nova, o Baltimore Ravens possui poucos encontros com o Dallas Cowboys, e nenhum deles favorável para Dallas. Foram apenas quatro partidas, com quatro vitórias do Ravens. E, mais impressionante: Dallas Cowboys e Baltimore Ravens nunca se enfrentaram no AT&T Stadium. Fundado em 2009, o estádio ainda não teve chances de receber uma partida entre os dois, que só se enfrentaram uma vez após sua fundação: 2012, em Baltimore.

Sobre esse jogo, pode-se considerar como um dos mais emocionantes da temporada de 2012 do Dallas Cowboys. Com atuação impecável de Felix Jones e Demarco Murray, o Cowboys bateu o recorde de jardas terrestres ganhas contra o Ravens em Baltimore. Com um jogo disputado até o fim, o Cowboys teria arruinado as chances de vitória após não conseguir a conversão de dois pontos em seu último drive. A sorte, entretanto, soprou para o lado de Dallas no onside kick, recuperado pelo A. Holmes. Mesmo tendo essa sorte, o Cowboys não conseguiu aproveitar após um time management ruim. O chute de 51 jardas, de Dan Bailey, para fora selou a derrota do Cowboys para o futuro campeão do Super Bowl.

 

Transmissão

O jogo terá início sábado às 20h, no horário de Brasília. Assim como o jogo contra o San Diego Chargers, a partida contra o Baltimore Ravens não terá transmissão na televisão brasileira, mas terá cobertura completa em nosso twitter!

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.