Em noite de gala, Murray é eleito o jogador ofensivo do ano

Em noite de gala, Murray é eleito o jogador ofensivo do ano

765
Foto: FoxSports.com

Na noite de NFL Honors, o dia de gala e premiações da liga, o Dallas Cowoys esteve bem representado. Com diversas pessoas do Dallas Cowboys nomeadas para premiação, entre eles técnicos e jogadores, a grande atenção ficou para DeMarco Murray, eleito o Offensive Player of The Year da temporada de 2014.

Liderando a NFL em jardas terrestres, DeMarco Murray foi eleito com 26 dos 50 votos, enquanto Aaron Rodgers, o segundo colocado, teve apenas 15. Com números impressionantes, Murray bateu o recorde da NFL em números de jogos seguidos com 100+ jardas terrestres começando a temporada (oito no total), além de batero recorde de Emmitt Smith de maior número de jardas terrestres em uma temporada regular pelo Dallas Cowboys (1.845 jardas para Murray).

“Eu estou definitivamente honrado e agradecido em receber esse prêmio”, disse Murray após receber o troféu das mãos do próprio Emmitt Smith. “Eu queria agradecer a família Jones em confiar em mim quatro anos atrás quando estava em Oklahoma. Vem sendo um privilégio jogar lá (em Dallas). Espero que podemos continuar isso”, disse, arrancando risadas do público. O contrato de Murray acaba e há grandes chances de ele não renovar.

Com o prêmio, DeMarco Murray é apenas o primeiro jogador da história do Dallas Cowboys a ter tal honraria.

O outro vencedor da noite foi Tony Romo. Mesmo sendo o terceiro colocado na premiação de MVP, o melhor da temporada, Romo ganhou o prêmio de “Greatness on The Road“, dado ao melhor jogador da NFL jogando fora de casa. Tony Romo e o Dallas Cowboys terminaram a temporada regular invictos fora de casa, vencendo todas as oito partidas.

Votado para Coach of The Year (Técnico do Ano), Jason Garrett foi apenas o segundo colocado, atrás de Bruce Arians, técnico do Arizona Cardinals. Já entre o Assistant Coach of The Year, o Dallas Cowboys teve Rod Marinelli em segundo e Scott Linehan em terceiro, ambos perdendo a premiação para Todd Bowles, também do Arizona Cardinals.

Entre os calouros, Zack Martin também ficou em terceiro. O vencedor foi um rival: o wide receiver Odell Beckham Jr., do New York Giants. Sua temporada foi marcada por uma recepção em cima do Brandon Carr, na derrota do Giants para o Cowboys.

Por fim, tivemos Rolando McClain sendo lembrado no prêmio de Comeback Player of The Year, dado ao jogador que melhor se recupera da última temporada para a atual. McClain, que chegou a se aposentar por problemas de adaptação e problemas dentro de campo, ressurgiu na temporada sendo um dos pontos positivos da defesa do Cowboys, antes a pior da liga. McClain ficou em segundo colocado, perdendo a premiação para Rob Gronkowski, do New England Patriots.

A noite da NFL Honors também teve os cinco jogadores nomeados para o Hall da Fama. Depois de cinco anos não entrando, Charles Haley, ex-jogador do Dallas Cowboys, finalmente conseguiu.

Você pode ver a lista completa de vencedores abaixo:

NFL MVP – Aaron Rodgers, Packers

Coach of the Year – Bruce Arians, Cardinals

Offensive Player of the YearDeMarco Murray, Cowboys

Defensive Player of the Year – J.J. Watt, Texans

Comeback Player of the Year – Rob Gronkowski, Patriots

Offensive Rookie of the Year – Odell Beckham Jr., NY Giants

Defensive Rookie of the Year – Aaron Donald, Rams

Assistant Coach of the Year – Todd Bowles, Cardinals

Salute to Service Award – Jared Allen, Bears

Art Rooney Award – Larry Fitzgerald, Cardinals

Greatness on the Road AwardTony Romo, Cowboys

Deacon Jones Award – Justin Houston, Chiefs

Walter Payton NFL Man of the Year – Thomas Davis, Panthers

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.