Essa não é a primeira vez que Jason Witten está por aqui — tanto depois de uma boa temporada ou de uma ruim. Considerando esse fato, não é surpreendente que o tight end All-Pro preferiria falar sobre isso do que falar sobre a preparação do Cowboys para os OTAs e o Training Camp.

“Quando você vem de uma campanha de 4 vitórias e 12 derrotas, é muito difícil fazer qualquer previsão. Temos que falar menos e fazer mais, e essa tem sido a abordagem. Estamos num bom começo”.

Witten e os Cowboys estão na segunda fase do condicionamento da físico da pré-temporada, com os treinos começando em apenas uma semana. Antes de começar, Witten organizou seu ProCamp anual na Liberty Christian High School em Argyle, Texas, no domingo à tarde.

“Eu adoro fazer esses camps para crianças, com 400, 500 crianças”, disse ele. “Gosto de ensinar sobre futebol americano, mas mais ainda aconselhar sobre suas vidas, sobre caráter, integridade e a busca de cada um pelos seus sonhos”.

Ao falar em sonhos o assunto inevitavelmente voltou a Witten, que está para começar sua décima quarta temporada na NFL. O jogador não teve um bom ano em 2015, com apenas dois touchdowns (um no jogo de abertura e um no jogo de encerramento). Ainda assim, mesmo com o recorde de 4-12 e sem Tony Romo por boa parte do tempo, Witten terminou 2015 com 77 recepções e 713 jardas – dois números melhores do que os que o jogador teve em 2014.

“Para mim é simples. Existe um padrão competitivo que você quer atingir e eu quero competir para buscar um título e fazer parte de um time que me dê orgulho. Eu olho para um ano de cada vez e existem expectativas que o time tem para mim, e eu quero excedê-las”.

É justo dizer que Witten sempre excede às expectativas. Sobre tentar melhorar a desapontante campanha de 2015, ele disse que é uma vontade que todo o elenco busca em 2016: “Estou empolgado para este ano. Eu acho que o time está motivado como nunca esteve e isso te deixa ansioso para começar logo a jogar”.

Rafael Freitas

Rafael Freitas

Fã do Dallas Cowboys desde 1996, sonha em ver o time de volta ao Super Bowl. Mais novo integrante do Blue Star Brasil
Rafael Freitas