Durante a transmissão do jogo dos Cowboys no último Domingo, Tony Romo teve uma visão bastante aprofundada sobre a equipe texana. Principalmente do seu velho amigo Jason Witten e do seu sucessor na equipe, Dak Prescott.

Romo apontou uma facilidade de Witten em conseguir levar vantagem dos adversários, o entendimento do esporte fora do comum de Sean Lee e a paciência de Dak Prescott no pocket quando está sob pressão, por exemplo no lance do passe para touchdown de Cole Beasley.

Tradução: Tony Romo comenta que a corrida de 10 jardas para o touchdown de Dak Prescott foi “extraordinário” e que o quarterback faz parecer tão fácil. “Uma vez que ele começa, ele consegue”

Tradução: Romo elogia a habilidade de Jason Witten de conseguir levar vantagem dos adversários após sua recepção de 5 jardas em uma terceira descida para 4 jardas. “Como Witten vem chegando após essa recepção?”

É estranho ver Romo agora comentando um jogo com seus velhos companheiros de equipe e amigos, mas será que o ex quarterback de Dallas mudou tanto a maneira de pensar ?

Jason Witten não pensa assim.

“Eu acho que a melhor coisa que envolvem este esporte é que não existem estas situações adversas, como ‘Oh, esta equipe é deste jogador'”, disse Witten após a vitória no último Domingo contra os Chiefs. “É único porque, quando você vê alguns jogadores veteranos que jogaram por um bom tempo, como Tom Brady e alguns outros jogadores, você percebe que estes jogadores evoluíram ao longo de suas carreiras. Quando você possuí essa paixão pelo jogo e, principalmente, um amor dentro do grupo que nós jogadores de Dallas possuímos, torna-se mais fácil fazer a transição e passar por esta situação.”

“Estou feliz por ele e por ele ter conseguido fazer esta ótima transição”.

Witten também comentou que gostou da reunião onde os Cowboys, junto com a CBS, produziram um vídeo em homenagem ao Tony Romo. Na oportunidade, Witten e Romo tiveram a chance de se reencontrarem e falar sobre futebol americano, como faziam na época em que eram companheiros de equipe. Mas ele também percebeu algo a mais em seu companheiro de equipe de longa data, que Witten considera como um amigo de infância com apenas “14 anos de amizade”.

“Eu acho mais do qualquer coisa, posso dizer que a camaradagem que ele teve com todos desta equipe dos Cowboys, ele certamente terá com a CBS”, disse Witten.

Witten foi perguntado se é estranho para ele ver Romo com uma nova equipe.

“Estou feliz por ele e muito feliz por mim por amar o que estou fazendo”, disse Witten. “É ótimo ter a chance de jogar com este grupo de jogadores que temos aqui em Dallas”.

Witten também comentou que gostou de narrar o vídeo de tributo dos Cowboys para Romo antes da partida do último Domingo. Antes de entrar em campo, Witten ficou apreciando os aplausos da torcida durante uns 30 segundos, estasiado.

Tradução: Vídeo em homenagem a Tony Romo que foi passado antes da partida do último Domingo.

Quando Witten ouviu os elogios de Romo, como por exemplo em seus bloqueios e conseguir levar vantagem sobre seus marcadores, Witten sorriu.

“À medida que chego ao final da minha carreira, estes elogios me deixa bastante orgulhoso, mesmo sendo apenas algumas jogadas nesta partida,” disse Witten. “Quando você é capaz de fazer com que o ataque terrestre funcione bem, nós ficamos bastante orgulhosos e gostamos de fazer parte disto.”

“Agradeço muito ao Tony por reconhecer isto”.

E Witten disse no final do dia que o vídeo em homenagem ao Romo não foi a única coisa que ele admirou durante o dia.

“Nós entramos juntos em nossos primeiros anos na Liga com o treinador Bill Parcells, e poxa vida, houve vários dias difíceis, dias bastante difíceis”, disse Witten. “Nós eramos tão inocentes e sem experiência que nem tínhamos noção de como as coisas eram.

“E ao longo dos anos, apenas pensando e trabalhando no melhor que a gente poderíamos ser, e sonhamos um pouco também, porquê não? Tivemos uma ótima jornada juntos e isso foi muito especial para nós”.

Marcus Vinicius Tavares

Marcus Vinicius Tavares

Colaborador em Blue Star Brasil
Torce para os Cowboys desde 1995 e acompanha fielmente o time desde 2005. Curte o bom e velho rock and roll e tem como a comida favorita: Hamburger! Trocar idéia e beber uma gelada são seus passatempos prediletos.
Marcus Vinicius Tavares