Na semana passada, o proprietário e general manager do Dallas Cowboys, Jerry Jones, declarou que Tony Romo está treinando forte para voltar a ter condições de jogo o mais rápido possível.

Desde a lesão do jogador, em agosto, Jones tem feito questão de enfatizar que este time é do camisa 9. O próprio Dak Prescott declarou que Tony Romo é o titular da posição, e que ele se vê como um reserva que está se esforçando para devolver a equipe numa posição favorável no campeonato deste ano.

Mas, após a vitória esmagadora do time sobre o Cleveland Browns, Jones mudou um pouco o seu discurso. Após a partida do último domingo, o dono dos Cowboys foi evasivo quando o questionaram novamente sobre quem seria o titular após a saúde de Tony Romo ser totalmente restaurada.

“Ao contrário da última semana, não irei especular”, respondeu Jones enquanto sorria.

Tony Romo se machucou na pré-temporada e já se passaram mais de dois meses desde a sua lesão. Nas últimas semanas ele voltou a treinar.  À medida que o tempo passe, é lógico pensar que o jogador estará cada vez mais recuperado e mais próximo de um possível retorno aos gramados.

“Romo está melhor esta semana, ele está mais forte”, disse Jones. “Ele certamente está mais rápido. Foi uma boa semana para ele, acrescentando força e condicionamento.”

Jones ainda completou ao dizer que a carga de treino de Tony Romo será aumentada nesta semana, antes do confronto contra o Pittsburgh Steelers. Na semana passada, o atleta chegou a fazer algumas atividades individuais durante a semana, além de treinar de forma limitada numa atividade 7-contra-7. Jerry Jones não entrou em detalhes sobre como se daria o aumento da carga de treino de Romo, mas ele comentou que está animado com o progresso do seu quarterback nesses últimos dois meses.

“Eu não sei [como será aumentada a carga de treino], mas ele vai treinar mais”, disse Jones. “Ele está fazendo um trabalho mais forte que no ano passado, ele está mais forte que na temporada passada.”

Com Romo se caminhando para uma saúde plena, a discussão sobre a posição mais importante do ataque da franquia ganha mais força e forma. Tony Romo é mais experiente e discutivelmente mais capaz para liderar o time nos playoffs deste ano. Porém, Dak Prescott levou o time a um recorde de sete vitórias e apenas uma derrota, a melhor campanha da liga até aqui. Para Jones, esta dúvida é “um problema maravilhoso de se ter”.

“Nós temos um talento real em nossa posição de quarterback”, respondeu. “Eu acho que Tony Romo é um dos melhores jogadores que já atuaram neste esporte. Meu verdadeiro ressentimento seria tê-lo aqui e não ganhar um Super Bowl com ele. Ele é muito talentoso. Então eu olho para Dak e vejo como ele está jogando, vejo o seu futuro. Eu simplesmente não tenho um problema com esta situação”.

Tem ocorrido algumas especulações sobre como esta decisão pode fragmentar o vestiário dos Cowboys, com alguns jogadores apoiando Dak e outros sustentando a ideia de Romo como titular. Para Jones, isto não é um problema, já que independente de quem estará em campo, o foco do elenco é apenas um: continuar ganhando.

“Todo mundo quer fazer o que for preciso para ganhar. Então eu não estou nem um pouco [preocupado com uma possível divisão nos vestiários].”

Márcio Silveira
Sigam-me

Márcio Silveira

Colaborador em Blue Star Brasil
Torcedor do Dallas Cowboys desde 2011, quando passou a acompanhar a NFL. Sonha em ver o time no Super Bowl cada vez que a temporada começa.
Márcio Silveira
Sigam-me