Acabou que no final de toda esta história, o Dallas Cowboys não precisou tomar a decisão de quem seria o quarterback titular. Dak Prescott fez isso por eles.

“Vamos deixar que a situação mostre o que devemos fazer”, disse o proprietário e gerente geral dos Cowboys, Jerry Jones, logo após a vitória dos Cowboys sobre os Steelers de 35-30 no domingo. “Dak está vivendo um ótimo momento, e nós iremos manter ele.”

Os Cowboys têm a melhor campanha da NFL, com oito vitórias e uma derrota. Prescott têm 14 touchdowns e foi interceptado apenas duas vezes na temporada. Contra os Steelers, ele completou 22 passes de 32 tentativas para 319 jardas, com dois touchdowns, e ele levou os Cowboys em uma campanha de 75 jardas faltando 42 segundos para o término do jogo que terminou com um touchdown de 32 jardas realizado por Ezequiel Elliott faltando nove segundos no relógio.

“Nós vamos com o óbvio”,  disse Jones. “Você está vendo como a equipe vem jogando agora. Não deve ser óbvio, porque me perguntam sobre isso toda vez que venho dar uma entrevista. Não é difícil, não é tão difícil assim. Tony Romo tomaria a mesma decisão. Isso é o que você deve fazer.”

Jones disse que Tony Romo será o reserva de Prescott na próxima semana contra o Baltimore Ravens. Romo ficou inativo pelo nono jogo seguido esta temporada, após uma contusão que sofreu nas costas no dia 25 de Agosto.

Romo passou por três treinamentos completos na semana passada. É a primeira vez desde o final da temporada de 2014 que Romo conseguiu treinar. Nos treinamentos ele dividiu alguns snaps com Mark Sanchez. Desde que se tornou o dono da posição de quarterback dos Cowboys em 2006, Romo foi reserva em apenas um jogo em 2008, quando ele foi substituído por Brad Johnson depois que ele fraturou um dedo da mão.

“Não há nenhuma fragilidade, porque Tony também esta empenhado em montarmos uma excelente equipe”, disse Jones. Absolutamente, Absolutamente! Deixe-me ser bem claro sobre isso. Não há equívoco. Ele está totalmente engajado em fazer a melhor coisa para ganhar os jogos.”

Jones teve algum consolo em ver o que Ben Roethlisberger fez com a defesa dos Cowboys. Big Ben jogou para 408 jardas, com três passes para touchdown, e no caso de os Cowboys precisarem entrar com Tony Romo, devido a alguma lesão de Prescott, Romo é o líder da franquia em jardas e touchdowns.

“Você vê o que um quarterback veterano consegue fazer. Ele fica lá atrás e sabe como desmontar as defesas adversárias e tem toda a sua experiência”, disse Jones. Mas você também vê o que Dak consegue fazer.  E é ótimo ver que temos um novato bastante promissor na posição de quarterback da equipe.”

Marcus Vinicius Tavares

Marcus Vinicius Tavares

Colaborador em Blue Star Brasil
Torce para os Cowboys desde 1995 e acompanha fielmente o time desde 2005. Curte o bom e velho rock and roll e tem como a comida favorita: Hamburger! Trocar idéia e beber uma gelada são seus passatempos prediletos.
Marcus Vinicius Tavares