Corey Linsley, center dos Packers, passou um ano com Ezekiell Elliott em Ohio State e, naquela época, ele já tinha um palpite sobre o jogador de que Eliott seria uma estrela.

“Sabíamos que ele ia ser especial”, disse Linsley depois da vitória dos Packers por 38-13 em cima dos Giants, onde avançaram para um jogo de playoff divisional enfrentando assim, os Cowboys. “Ele é um cara muito esforçado. Na época do College nós sabíamos que ele seria um ótimo jogador”.

Jake Ryan, era linebacker em Michigan e agora está em Green Bay. Ryan enfrentou Elliott duas veses no College Football e uma vez na NFL. Até agora, Ryan está com três derrotas enfrentando Elliott.

“Ele é um excelente running back, muito dinâmico”, disse Ryan. “Ele encontra os buracos na linha de scrimmage facilmente e é difícil pará-lo.

Os Packers não conseguiram parar Elliott quando jogaram nesta temporada em meados de Outubro. Naquele dia, Elliott correu para 157 jardas em 28 carregadas, com um média de 5,6 jardas por carregada e conduziu os Cowboys para uma vitória convincente de 30-16, no Lambeau Field.

Green Bay entende completamente que a principal coisa a se fazer na próxima partida é parar Elliott primeiro.

“Ele é um grande jogador”, disse o defensive tackle dos Packers, Kenny Clark, sobre Elliott. “Não são muitos os jogadores que já entram na liga e conseguem fazer as coisas que Elliott fez, ele é único.”

E como Elliott é, realmente, um grande jogador!

Elliott liderou a NFL em jardas terrestres com 1631. Ele também se tornou o primeiro novato a liderar a liga em jardas terrestres desde Edgerin James em 1999, jogando pelos Colts.

No entanto, em uma temporada repleta de destaques, o desempenho de Elliott no Lambeau Field ainda está entre as suas melhores atuações na temporada.

Green Bay havia entrado na partida como a defesa número um parando o jogo terrestre. Os Packers haviam permitido apenas 42,8 jardas em média por partida e duas jardas por carregada, a melhor marca da NFL.

Mas Elliott terminou a partida em Green Bay com sua segunda melhor atuação na temporada. Dallas correu para 191 jardas em 33 tentativas, uma média de 5,8 jardas por carregada.

Os Packers jogaram com uma formação 3-4 em sua defesa. Foi o momento em que o time mais jogou com esta formação na temporada. Teoricamente, isso deveria ter dado aos Packers um melhor matchup para competir com Elliott e a sensacional linha ofensiva dos Cowboys, mas isto não foi o suficiente para parar a equipe de Texas.

Se Dallas chegar perto de fazer novamente esses números esta semana, os Packers sabem que tem poucas chances de vitória.

“Elliott teve um jogo muito bom na última vez que as equipes se enfrentaram”, disse o defensive end dos Packers, Letroy Guion. “Mas desta vez não vai ser assim, espero que dessa vez não vamos parar de lutar para tirar eles de campo, recuperando a bola para Aaron Rodgers e deixar que ele faça o que faz melhor!”

A perda dos Packers para Dallas foi o pontapé para uma sequência de cinco derrotas em seis jogos.

A defesa dos Packers foi uma bagunça durante este período, permitindo 36,6 pontos por partida, durante este período de cinco derrotas.

Os Packers venceram sete jogos seguidos desde então. No entanto, a defesa cedeu apenas uma média de 20,7 pontos por partida durante este período. Green Bay terminou a temporada como a oitava melhor defesa parando o jogo terrestre, com uma média de 94,7 jardas por jogo, e a décima quarta em jardas por carregada, cedendo apenas quatro jardas por tentativa.

Green Bay foi capaz de limitar os Giants a correr apenas 70 jardas durante o jogo de Domingo, apesar de jogar com apenas seis homens no box durante toda a partida. Essa abordagem certamente não vai funcionar contra Elliott e o ataque terrestre dos Cowboys que foi o segundo melhor da temporada, com uma média de 149,8 jardas por partida.

“Eu não sou um vidente”, disse Guion. “Eu não posso te dizer o que vai acontecer, mas eu posso te dizer que vai ser um grande jogo de futebol americano. (Na entrevista do jogador, ele fez uma referência a super luta de boxe “The Rumble in the Jungle”, famosa luta entre George Foreman e Muhammad Ali, e foi esta expressão que o jogador usou para definir o jogo).

Green Bay sabe que para derrotar os Cowboys no próximo Domingo, esta tarefa se passa em, primeiramente, parar Elliott.

 

Marcus Vinicius Tavares

Marcus Vinicius Tavares

Colaborador em Blue Star Brasil
Torce para os Cowboys desde 1995 e acompanha fielmente o time desde 2005. Curte o bom e velho rock and roll e tem como a comida favorita: Hamburger! Trocar idéia e beber uma gelada são seus passatempos prediletos.
Marcus Vinicius Tavares