A suspensão do running back do Dallas Cowboys, Ezekiel Elliott foi reestabelecida após o tribunal revogar a injunção preliminar nessa quinta-feira e instruir a corte inferior a dispensar o caso.

Os Cowboys tem folga nessa semana antes de enfrentar o San Francisco 49ers no próximo domingo.

A decisão veio após o juiz Amos Mazzant garantir uma injunção temporária no caso. O juiz considerou a decisão fundamentalmente injusta.

Um painel de três juízes ouviu as argumentações dos dois lados. Pratik Shah, o advogado que representou a NFL argumentou que a NFLPA registrou impropriamente o caso na jurisdição errada e o registro veio antes da decisão do juiz da NFL Harold Henderson manter a o recurso de Elliott sob a política de conduta pessoal da liga.

“Haviam partes preenchendo ações judiciais caso eles perdessem a decisão, “ disse Shah. “Agora eles correram para a corte e foram os primeiros a abrir um processo. Eles manipularam a corte e manipularam as regras para isso acontecer. “

O advogado da NFLPA, Jeffrey Kessler respondeu que como a auditoria de Elliott já havia sido concluída – mesmo que a decisão de Henderson ainda não tivesse sido tomada – a abertura do processo na corte distrital do Texas era permitida.

“Quando há um trator vindo em direção a sua casa você não precisa esperar ele atingir você, “ disse Kessler.

Quando Elliott não foi preso ou acusado pelos promotores, a NFL citou depoimentos de sua ex-namorada e fotos que mostravam lesões que Elliott supostamente infligiu nela em julho de 2016. A suspensão de seis jogos é a punição base para violência doméstica sob a política de conduta pessoal da liga, que foi atualizada após o caso de violência doméstica do ex running back do Baltimore Ravens, Ray Rice.

Rafael Loureiro

Rafael Loureiro

Colaborador em Blue Star Brasil
Calouro, vindo de Santa Maria-RS, 18 anos, 6' 157 lbs e escolheu não correr o 40 yard dash. Viciado em NFL e apaixonado pelo Dallas Cowboys, agora compõe a equipe do Blue Star Brasil.
Rafael Loureiro