Lesão no pescoço deve fazer Holloman se aposentar da NFL

Lesão no pescoço deve fazer Holloman se aposentar da NFL

389

(foto: AP Photo/James D Smith)

 

Das notícias desta quinta-feira, nenhuma teve o impacto que o resultado da lesão de DeVonte Holloman. Após exames, os médicos do Dallas Cowboys aconselharam o linebacker a se aposentar da liga, para evitar futuros riscos.

Holloman, que possui apenas 23 anos, procurou outro médico, que deu a mesma indicação: sua carreira no futebol americano chegou ao fim. Ainda assim, Holloman vai buscar a opinião de um terceiro médico, para ver se há alguma alternativa para que ele volte a jogar futebol americano, ou se realmente não tem chances.

DeVonte foi draftado na sexta rodada do draft de 2013 e ficou de fora de sete jogos de sua temporada como calouro por conta de uma lesão na medula espinhal. Mesmo assim, Holloman se recuperou a tempo de jogar como titular as duas últimas partidas, tendo inclusive 11 tackles e 2 sacks contra o Philadelphia Eagles.

Com problemas no pescoço, Holloman teve dificuldades para treinar nessa offseason, tendo inclusive não participado de todo o jogo contra o Baltimore Ravens. Jason Garrett, técnico da equipe, comentou sobre a situação:

“Eu não quero entrar na parte médica sobre isso”, disse. “Eu não sei muito sobre isso e há um monte de coisas específicas sobre isso. Mas tem a ver com seu pescoço e ele teve aquela lesão ano passado e ele lidou com ela de novo esse ano. É uma situação muito difícil e desafiadora para um jovem que tinha sonhos em ser um jogador profissional na NFL, alcançar esses sonhos”.

“Eu disse a ele essa manhã, ‘Você é um veterano de 10 anos na minha mente. Você ainda vai jogar por um bom, bom tempo.’ Ele tirou vantagem de todas as oportunidades que nós demos a ele aqui. E ele tem uma habilidade física, é forte, tem instintos e ‘sente’ o jogo. Mas isso se torna uma decisão fácil para ele e para sua família quando se trata desse tipo de lesão”.

Após a lesão que tirou Sean Lee de toda a temporada de 2014, Holloman era um dos favoritos de Garrett e toda a comissão técnica para assumir seu lugar na equipe.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.