Murray e Dez passam das 100 jardas e dão a primeira vitória...

Murray e Dez passam das 100 jardas e dão a primeira vitória ao Cowboys

297

(foto: dallascowboys.com)

 

Sai pra lá, azar! Depois de sofrer e perder para o San Francisco 49ers, o Dallas Cowboys se redimiu ao bater o Tennessee Titans fora de casa pelo placar de 26 a 10. Depois de repetir a atuação do jogo passado e sofrer o fumble no segundo drive da partida, Murray se redimiu ao conseguir um touchdown e mais de 100 jardas ainda no primeiro tempo de jogo. Dez Bryant, que chegou a ir pro vestiário com dores no ombro direito, voltou para o jogo e também passou das 100 jardas, além de anotar seu primeiro touchdown da temporada.

 

O Jogo

Jogando com uma equipe que teve uma ótima partida em Kansas City contra a equipe do Chiefs, o Cowboys foi de azul na expectativa de um jogo muito duro. O jogo duro, porém, ficou praticamente na expectativa. Mesmo após o susto do Murray sofrendo um fumble pelo segundo jogo consecutivo, o Cowboys conseguiu parar o ataque do Titans com dois three-and-out seguidos. No lado do ataque, Romo sofreu três sacks, com um deles fazendo o Cowboys chutar apenas um field goal de 48 jardas, convertido por Dan Bailey.

No segundo quarto, ventos sopraram a favor de Dallas. Jake Locker fez um passe muito ruim e foi interceptado por Barry Church. No drive seguinte, Murray carregou o ataque nas costas conquistando first downs e anotando o touchdown após corrida de três jardas. Foi o ápice do running back na partida, que terminou com 167 jardas. Com mais um field goal, dessa vez de 51 jardas, Dan Bailey aumentou a vantagem para 16 a 0.

A defesa, que só havia cedido dois first downs em todo o primeiro tempo, cedeu um field goal no primeiro drive e um touchdown de 61 jardas no segundo drive do terceiro quarto. Com 16 a 10 no placar, temia-se que o Cowboys pudesse deixar escapar uma vantagem de duas posses de bola. Com bons passes, Romo comandou um drive de 5 minutos e 36 segundos que terminou com um passe de três jardas para Dez Bryant, na endzoneTouchdown feito e com comemoração com o X pro ar, para delírio da torcida do Cowboys, em grande número no estádio.

No último quarto, a estratégia do Dallas Cowboys funcionou perfeitamente. Depois de outro field goal de 48 jardas de Dan Bailey, o Cowboys evitou uma 4th & Goal do Tennessee Titans na linha de 6 jardas. Com a bola, o Cowboys correu com a bola e gastou 5:30 do relógio. Com 23 segundos sobrando e na linha de 20 jardas do campo de defesa, o Titans nada pode fazer para alterar o placar.

 

Números

  • Passando

Tony Romo: 16/29, 176 jardas, TD. Rating: 133,33

Jake Locker: 18/34, 234 jardas, TD, 2 INT. Rating: 97,68

  • Correndo

DeMarco Murray: 29 att, 167 jardas, TD

Lance Dunbar: 11 att, 27 jardas

Shonn Greene: 5 att, 40 jardas

Dexter McCluster: 4 att, 30 jardas

  • Recebendo

Dez Bryant: 10 rec, 103 jardas, TD

Jason Witten: 4 rec, 32 jardas

Terrance Williams: 2 rec, 20 jardas

Delaine Walker : 10 rec, 142 jardas, TD

Kendall Wright : 3 rec, 31 jardas

Justin Hunter : 2 rec, 26 jardas

 

Pontos Positivos

  • DeMarco Murray

O primeiro não podia deixar de ser ele. Sofreu o fumble? Sim, sofreu. Em compensação passou das 100 jardas e anotou um touchdown pelo segundo jogo consecutivo. Foi decisivo não só no primeiro tempo, onde passou das 100 jardas antes mesmo do two minute warning e teve uma média incrível de 6,9 jardas por carregada, como também no segundo tempo, onde conseguiu first downs importantes para fazer o relógio correr.

  • Dez Bryant

O camisa 88 finalmente mostrou seu cartão de visitas. Após perder boa parte do jogo contra o 49ers por conta de uma lesão, Dez voltou a perder uma parte do jogo por conta de dores no ombro direito. De volta a campo, Dez liderou o time no terceiro quarto com importantes recepções, sendo a mais importante delas na endzone, espantando a possível reação do Titans.

  • Dan Bailey

kicker, antes contestado por errar field goals decisivos, vem se mostrando cada vez mais maduro. Foram quatro field goals convertidos, todos com 40+ jardas, todos com extrema segurança. Decisivo, o camisa 5 faz valer cada vez mais o contrato novo que recebeu no início da temporada e vem se consolidando como um dos melhores kickers da liga.

  • Defesa

Sim, a defesa. No primeiro tempo, foram apenas dois first downs cedidos e uma interceptação. Apesar do touchdown de 61 jardas do Delaine Walker, a defesa conseguiu outra linda interceptação, dessa vez do Rolando McClain (que seria retornada para td se não fossem as zebras) e ainda parou o ataque do Titans numa 4th & goal. Desempenho esse que nem fez o Cowboys sentir o peso do fumble sofrido pelo Murray.

 

Pontos Negativos

  • Doug Free

Não foi um dos melhores dias para Free. Seguro temporada passada, Free não teve o mesmo sucesso. Foram dois sacks cedidos ainda no primeiro quarto; um deles transformando um possível touchdown em um field goal longo.

 

Próximo Jogo

Depois de Nashville, o Cowboys segue jogando fora de casa. Dessa vez o adversário é o Rams, que perdeu não só seu quarterback titular, como também o seu reserva. Na última temporada, ambas equipes se enfrentaram no AT&T Stadium, com vitória fácil de Dallas por 31 a 7. Murray, com 175 jardas e um touchdown, e Romo, com três touchdowns, foram os destaques da partida.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.