A última quinta-feira marcou o quinto Dallas Cowboys U high school football camp, sediado no campo de treinos no CT Valley Ranch.

O evento desse ano, patrocinado pela Texas Lottery, marcou uma mudança nas regras. Esse ano, dois times foram declarados os campeões: o Team Church, treinado pelo safety Barry Church e o Team Smith, do left tackle Tyron Smith. Ambos os times terminaram 3-1 depois de uma manhã bem competitiva de flag football.

“Eu disse aos jogadores mais cedo hoje, antes de começarmos, que nós teríamos uma grande oportunidade de ser o exemplo certo para esses garotos por cerca de cinco horas, e nós podemos impactar suas vidas”, disse o técnico Jason Garrett. “Mas uma das coisas que acontecem todo ano que fazemos isso — eu acho que nossos jogadores e nosso time é impactado positivamente com essa experiência.”

Os garotos em questão são estudantes e atletas de 26 escolas diferentes da região de Dallas – Fort Worth. Oito veteranos do Cowboys — Church, Smith, Brandon Carr, Sean Lee, Tony Romo, Jason Witten, Doug Free e Orlando Scandrick — foram selecionados para treinar os times, enquanto o resto do elenco ficou responsável por ajudar os jogadores escolhidos para serem técnicos e se comunicar com os jogadores.

Além do torneio de flag football, o cronograma incluiu discursos dos jogadores e técnicos do Cowboys sobre situações extra-campo.

“Futebol americano é ótimo para todos nós, é um grande esporte”, disse Garrett. “Para nós sermos capazes de usar o jogo como ponte para alcançar essas crianças em nossa comunidade e fazer a diferença em suas vidas, eu acho que é uma grande responsabilidade. É uma grande oportunidade que nós temos aqui.”

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.