Um dia depois de reforçar seu ataque ao selecionar o running back Ezekiel Elliott, de Ohio State, o Cowboys escolheu outro jogador talentoso. Trata-se do linebacker Jaylon Smith, Notre Dame, escolhido com a 34ª escolha geral do Draft.

Smith está se recuperando de uma grave lesão no joelho sofrida no Fiesta Bowl em janeiro, seu último jogo no college, o que fez sua posição no Draft incerta durante o pre-draft.

Smith foi titular por três anos pelos Fighting Irish, totalizando 293 tackles e 4,5 sacks em sua carreira no college, além de ganhar o Butkus Award, prêmio dado ao melhor linebacker do futebol americano universitário.

Elliott, a quarta escolha geral do Draft, chegou em Valley Ranch na quinta-feira para uma coletiva de imprensa introdutória com Jerry Jones, Stephen Jones e Jason Garrett. Após isso, o front office voltou ao trabalho, para se preparar para a segunda rodada.

Ao mesmo tempo que o Cowboys acha que Elliott pode trazer impacto imediato ao ataque, e com isso tirar a pressão da defesa, o time também acha que Smith tem talento suficiente para fazer a diferença na defesa quando ele voltar aos gramados. O médico do Dallas Cowboys, Dr. Dan Cooper, foi o responsável por realizar a cirurgia no joelho de Smith.

Essa é a segunda vez nos últimos anos que o Cowboys selecionou um linebacker talentoso na segunda rodada apesar de sua lesão no joelho. O outro jogador foi Bruce Carter, selecionado enquanto se recuperava de um rompimento no ligamento do joelho durante sua última temporada no futebol americano universitário.

Na segunda rodada, o Cowboys também selecionou Sean Lee em 2010, que também sofria com lesões. Hoje, Lee é um dos melhores linebackers da liga.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.