Faltam dez dias para o Training Camp, e os Cowboys parecem otimistas sobre quem poderia estar disponível quando todos se apresentarem em Oxnard, Califórnia, para o início dos treinos.

O Vice Presidente Executivo da franquia, Stephen Jones, falou aos jornalistas na tarde desta segunda-feira (18) sobre a temporada que se aproxima. Quando o assunto se voltou para problemas com lesões, Jones respondeu positivamente sobre o estado geral da equipe.

“A expectativa é que todos se apresentem bem”, disse ele. “Estamos começando a nos sentir otimistas, até mesmo sobre Dunbar, no que diz respeito à sua volta, que pode ser antes do que esperávamos.”

Lance Dunbar é apenas um dos jogadores que sofreram lesões graves e estão em processo de recuperação. O jogador rompeu os ligamentos cruzado anterior e colateral medial do joelho na derrota contra o New Orleans Saints, na Semana 4 da temporada de 2015. Compartilhando o departamento médico com colegas como Orlando Scandrick e Gavin Escobar, o running back foi submetido a um processo intenso de reabilitação durante os OTA’s e Jones disse que ele fez um progresso notável.

“Tem sido um longo ano para ele, e nós queremos fazer as coisas da maneira certa com ele, mas Deus, eu preciso elogiá-lo”, comentou Jones. “Ele está trabalhando duro e está se recuperando numa velocidade incrível, muito mais rápido do que ninguém jamais sonhou que fosse possível. Mas também temos de considerar o que é mais interessante para ele, que certamente é não comprometer o trabalho árduo que vem realizando.”

O mesmo pode se dizer sobre Escobar. Jones disse que espera ver o tight end saudável na abertura da temporada, apesar do atleta ter rompido o seu Tendão de Aquiles há apenas sete meses, no dia 19 de dezembro de 2015.

“Eu acho que Gavin estará pronto para começar a temporada.” confessou o vice presidente. Com estas palavras, Stephen Jones adicionou tanto Dunbar quanto Escobar para grupo dos esperados para o início da temporada, ao lado de Scandrick e Dez Bryant, que já declararam estarem aptos o início do Training Camp.

Isto deixa os Cowboys com apenas alguns nomes que podem não estar prontos quando os treinos começarem no final de julho. O calouro defensive tackle Maliek Collins fraturou o pé durante os OTA’s, enquanto que Darren McFadden passou por uma cirurgia no cotovelo por contra de uma fratura. O defensive end Benson Mayowa também foi submetido a um procedimento, uma artroscopia devido a uma lesão no joelho, embora o presidente do Dallas Cowboys, Jerry Jones, já tenha declarado que espera o jogador de volta aos gramados em breve.

“Eu não tenho nenhum pensamento sobre a possibilidade de ele não jogar desde o início”, disse. “Eles (a comissão técnica e equipe de reabilitação) podem dar-lhe algum trabalho leve no início, mas ele não está na minha lista [de jogadores indisponíveis]”.

Parece uma certeza virtual de que serão poucos os jogadores do elenco na Physically Unable to Perform list (PUPno começo do Training Camp. Jerry Jones disse que está curioso para acompanhar o progresso de Collins, embora os Cowboys provavelmente evoluam o seu treino lentamente, fato que Stephen Jones insistiu que não é uma circunstância ruim.

“Como todos nós sabemos, é uma longa temporada. Todos nós lembramos do ano passado, quando Darren McFadden perdeu grande parte do camp e depois passou a ter um ano espetacular”, recordou Stephen Jones. “Certamente não é o fim do mundo para alguns desses caras se eles não estiverem presentes no Dia 1. Você certamente quer ter tantos quanto puder, mas queremos agir com inteligência sobre quando eles estarão prontos.

Márcio Silveira
Sigam-me

Márcio Silveira

Colaborador em Blue Star Brasil
Torcedor do Dallas Cowboys desde 2011, quando passou a acompanhar a NFL. Sonha em ver o time no Super Bowl cada vez que a temporada começa.
Márcio Silveira
Sigam-me