O vice-presidente da NFL, Joe Lockhart, confirmou na quinta-feira que o dono do Dallas Cowboys, Jerry Jones, ameaçou processar a liga na esperança de bloquear uma extensão de contrato planejada para o comissário Roger Goodell.

Lockhart disse que o litígio ameaçado é porque Jones foi removido do comitê de compensação que esta trabalhando na extensão do Goodell.

Ele disse que o processo ainda não foi arquivado e espera que a extensão seja aprovada pelo comitê de competição formado por seis homens em breve.

Mais importante, Lockhart não acredita que o processo de Jones tenha qualquer posição legal, porque todos os 32 proprietários da NFL votaram unanimemente em maio para dar a autorização ao comitê para amplia o contrato do Goodell.

“Eu diria que, no que diz respeito à extensão do contrato do comissário, na reunião de primavera em Chicago, os proprietários votaram por unanimidade para autorizar o comitê de compensação a entrar em negociações e oferecer ao comissário uma extensão de seu contrato até 2024,” Lockhart disse durante uma sessão de imprensa da quinta-feira à tarde.

“O 32 a 0 dá-lhes a autoridade para entrar em uma extensão do contrato”, disse Lockhart, acrescentando que nenhum dos votos dos proprietários é necessário para concluir a extensão.

Os pontos de disputa de Jones com a extensão de Goodell são o pacote de compensação e a estrutura do contrato, de acordo com fontes.

Jones não acredita estar sozinho na oposição da extensão e quer que mais de seis proprietários decidam sobre a extensão, apesar do voto anterior, dando autorização ao comitê.

Jones também esta desapontado com Goodell pelo tratamento da suspensão de seis jogos do running back Ezekiel Elliott, de acordo com uma fonte.

Elliott foi suspenso em 11 de agosto por violar a política de conduta pessoal da liga por supostamente cometer violência doméstica contra a ex-namorada Tiffany Thompson.

Jones acredita que ele foi enganado por Goodell, que lhe disse que Elliott, que nunca foi acusado ou preso no caso, não enfrentaria nenhuma suspensão e consideraria uma violação imperdoável da confiança.

Lockhart nega essa alegação e disse que Goodell que antecipou e foi honesto em relação à investigação da liga de 13 meses e subseqüente a suspensão de Elliott em 11 de agosto.

A NFL permanece com uma batalha em curso com Elliott no tribunal federal e ainda uma disputa com Jones.

Jones afirma consistentemente que Elliott não fez nada para ser suspenso aos olhos do sistema legal e que a NFL não tinha motivos verossímeis para suspendê-lo.

Jones disse que a suspensão foi o resultado de Goodell reagir à percepção pública sobre os erros do passado pela liga em como tratava casos anteriores de violência doméstica.

Jones chamou a suspensão Elliott de uma sobrecorreção por Goodell.
Vinicius Iori

Vinicius Iori

Colaborador em Blue Star Brasil
Torce, ama e sofre com o Cowboys desde 2006 e sonha em assistir um jogo no AT&T Stadium.
Vinicius Iori