O Dallas Cowboys mais uma vez dormiu no segundo tempo de uma partida e perdeu a quinta no ano para o Philadelphia Eagles pelo placar de 37 a 9.

A equipe do Blue Star Brasil avalia em ÓTIMO, BOM, REGULAR, RUIM e PÉSSIMO a atuação de todos os setores da equipe. Nesta semana, 7 integrantes do site opinaram.

 

Ataque

Quarterback – Para vencer o melhor time da NFL, Prescott teria que fazer um dos seus melhores jogos de sua vida. E o nosso quarterback fez justamente o contrário, indo bem apenas no primeiro drive. Depois disso, foi um desastre. Passes horríveis, principalmente em duas das três interceptações lançadas. Pareceu realmente um jogador de segundo ano em campo, não demonstrando a calma que costuma ter. Passes forçados, muito altos ou muito baixos e leituras completamente erradas. Não acertou nada que tentou na partida. PÉSSIMO (7 péssimo)

Running Backs – Alfred Morris teve no primeiro tempo quase o total de jardas que teve na última partida.  Foi o único que conseguiu se destacar no ataque.  Foram 91 jardas sob melhor defesa contra o jogo terrestre da NFL. Rod Smith foi discreto, mas ajudou bastante no primeiro tempo BOM (5 bom e 2 regular)

Linha Ofensiva – Um trabalho melhor da linha ofensiva comparado com a horrorosa atuação da semana passada. No primeiro tempo, Byron Bell fez um bom trabalho no lugar de Tyron Smith. Cederam apenas um sack em dois quartos.  Aí veio o segundo tempo e o os jogadores não voltaram a campo. 3 sacks cedidos e um fumble. Os bloqueios para o jogo corrido foram a única coisa no ataque que funcionou. Mesmo assim, performance abaixo do esperado. Tyron Smith precisa voltar logo.  REGULAR (5 regular e 2 ruim)

Wide Receivers – Terrance Williams e Cole Beasley pouco fizeram no jogo e ainda soltaram bolas fáceis. Williams ainda vacilou na primeira interceptação de Prescott: apesar do passe ter sido atrás do jogador, era recebível. T-Will ainda foi mal em uma corrida para trás. Dez Bryant começou o jogo mal, dropando algumas bolas. Apareceu bem no drive que deixou o jogo em 9 a 7, mas depois não fez mais nada. Ele vem fazendo uma temporada bem ruim para o tanto de dinheiro que recebe. PÉSSIMO (7 péssimos)

Tight Ends – Jason Witten teve função mais defensiva no jogo de hoje e ajudou Byron Bell na proteção. James Hanna também merece créditos pela ajuda nos bloqueios. Poderiam ter sido mais usado recebendo bolas. Foram apenas 7 jardas para o camisa 82, que ainda soltou bolas que não costuma soltar.  RUIM (6 ruins e 1 regular)

Scott Linehan (coordenador ofensivo) – Ajustou a proteção no lado esquerdo da linha ofensiva no primeiro tempo, colocando os tight ends para ajudar.  Em compensação, esqueceu do ataque aéreo da equipe. Chamadas ruins e muito pouco criativas. Teve diversas chances boas proporcionadas pela defesa e não aproveitou. Praticamente não envolveu Jason Witten e Cole Beasley, dois jogadores que já deram muito trabalho aos Eagles no passado. Com as peças que tem no ataque, tinha a obrigação de fazer um trabalho muito melhor. PÉSSIMO (7 péssimo)

 

Defesa

Se você lê as notas regularmente, já deve estar cansado de ler: “a defesa foi bem no primeiro tempo e caiu de produção no segundo.” Isso ocorreu novamente. Resolvemos deixar iso registrado e escrevemos “a desgraça de sempre” para poupar tempo.

Linha Defensiva – Apesar de não ter conseguido nenhum sack, a linha defensiva ofereceu muita pressão aos Eagles e ajudou a marcação dos linebackers e dos jogadores da secundária no primeiro tempo. Apareceram muito bem após as interceptações de Prescott, impedindo pontuações importantes. No segundo tempo, perderam um pouco o ritmo, mas ainda fizeram um trabalho razoável. REGULAR (7 regulares)

Linebackers – Bem no primeiro tempo. Limitaram o jogo corrido dos Eagles a 35 jardas terrestres. Anthony Hitchens e Jaylon Smith foram muito bem nos tackles. No segundo tempo, o desastre de sempre. Para piorar, Hitchens está fora da próxima partida. Sem Sean Lee, os linebackers caem absurdamente de nível. RUIM (7 ruins) 

Secundária – Excelente marcação no primeiro tempo.  Carson Wentz teve apenas um primeiro drive  bom. Depois disso, não conseguiu completar quase nada, muito pela marcação de Jourdan Lewis e Anthony Brown. Por falar neste último, não podemos deixar de criticar a não interceptação no final do primeiro tempo. Era um lance que poderia ajudar muito. No segundo tempo, o desastre de sempre. Responsáveis por 3 de 4 conversões de dois pontos dos Eagles. RUIM (7 ruins) 

Rod Marinelli (coordenador defensivo) – É impressionante como Marinelli não consegue ajustar a defesa às mudanças propostas pelo adversário. O futebol americano é feito de quatro períodos. Marinelli parece ser capaz de fazer um bom trabalho em apenas dois. Foram 30 pontos consecutivos do adversário na segunda etapa. Ridículo. PÉSSIMO (7 péssimos).

Special Teams – Mike Nugent anotou todos os pontos dos Cowboys na partida e ainda fez um field goal de 48 jardas. Chris Jones chutou bons punts e Ryan Switzer teve seu melhor jogo retornando. ÓTIMO (7 ótimos)

Jason Garrett – Sua passividade de costume e suas palmas motivacionais são de irritar. Não é possível que não consiga ajustar um time no vestiário. Se continuar assim, voltará as suas origens de oito vitórias e oito vitórias na temporada. PÉSSIMO (7 péssimos)

Rafael Freitas

Rafael Freitas

Fã do Dallas Cowboys desde 1996, sonha em ver o time de volta ao Super Bowl. Mais novo integrante do Blue Star Brasil
Rafael Freitas