Na décima rodada da temporada regular, o Dallas Cowboys visitou o Atlanta Falcons e acabou sendo derrotado de maneira incontestável, sentindo falta de alguns jogadores que estavam lesionados ou suspenso. E com esse revés fora de casa, qual foi o impacto disso nos Power Rankings americanos?

A resposta você vai conferir abaixo:

 

ESPN.com

espn

Posição: 13º (Variação: -5)

Os Cowboys provavelmente conseguirão se virar sem Ezekiel Elliott, mas se o left tackle Tyron Smith ficar de fora mais alguns jogos, eles podem ter grandes problemas. Dak Prescott foi sacado oito vezes contra os Falcons sem Smith — o maior número de sacks sofrido por um QB dos Cowboys desde Troy Aikman em 1991.

 


Yahoo! Sports

yahoo-logoPosição: 11º (Variação: -3)

Os Cowboys estão notoriamente preocupados com a possibilidade do linebacker Sean Lee ficar de fora por três jogos devido uma lesão. Essa seria uma grande, grande perda, especialmente por enfrentar os Eagles em casa na semana que vem.


CBS Sports

cbs-sports-logo

Posição: 12º (Variação: -5)

Eles precisam cobrir todas as áreas agora sem Ezekiel Elliott. Se quiserem ser os campeões da divisão, eles têm que fazê-lo a partir desta semana contra os Eagles.

 


NFL.com

nfl-com-logo

Posição: 13º (Variação: -5)

Uma semana depois de serem proclamados candidatos ao Super Bowl, os Cowboys estão em uma posição complicada. Esse é o preço a se pagar por perder quatro dos seus principais jogadores. Dallas descobriu isso da pior maneira, contra Atlanta no domingo. Dak Prescott tem progredido bem em seu segundo ano, por mais que tenha perdido para os Falcons. Ele também é um jogador muito bom. Ainda que, há uma verdade a ser dita a respeito de seu antecessor. Se Tony Romo liderasse um ataque que produziu sete pontos em uma derrota, Minha Nossa. As críticas seriam muitas mais pesadas em cima dele. Prescott poderia ter jogado melhor, mas tem uma desculpa, é que Chaz Green nunca esteve lá para proteger o Nº 9.

 


Bleacher Report

bleacher-report-logo

Posição: 15º (Variação: -8)

No começo do final de semana, acreditava-se que o Dallas Cowboys poderia se virar sem Ezekiel Elliott. Depois de ver os Cowboys serem dominados pelo Atlanta Falcons, entretanto, ficou claro que não pode se contar com isso.

Acho que foi subestimado o quanto é grande o impacto de Elliott nesse ataque. A perda do left tackle Tyron Smith foi quase tão impactante. Com ele fora, o pass-rusher dos Falcons, Adrian Clayborn (seis sacks) parecia um louco Lawrence Taylor.

O jogo aéreo dos Cowboys não foi bom o suficiente para o time depender somente dele.  Dak Prescott é talentoso, e Dallas tem alguns recebedores capazes, mas esse ataque foi construído em torno do jogo corrido. Ele não foi construído para fazer um tiroteio de lançamentos.

Isso é importante porque a secundária de Dallas é suspeita. A força defensiva de Dallas está em sua linha defensiva. Quando essa linha defensiva não consegue fazer pressão, a secundária pode ser destroçada. E essa secundária vai ficar muito tempo em campo se os Cowboys não conseguirem interromper as campanhas adversárias.


Assim como nos demais rankings, os Cowboys também despencaram no ranking da USA Today . Nessa semana, eles perderam sete posições e foram para o décimo-quarto lugar. Em seu comentário, foi destacado que a importância de Tyron Smith e Sean Lee, colocando um dos dois como o MVP dos Cowboys e a impossibilidade de ficar sem eles para os próximos jogos.

Eduardo Zamarian

Eduardo Zamarian

Colaborador em Blue Star Brasil
Gosto de ver todos os esportes, mas acompanhar o Dallas Cowboys e o Corinthians é obrigação diária. E também todo dia é dia de rock,bebê.
Eduardo Zamarian