Organized Team Activities – Dia 1

Organized Team Activities – Dia 1

218
Créditos: www.dallascowboys.com

Foto: www.dallascowboys.com

 

Faltando 100 dias para o início da temporada de 2014 da NFL, o Dallas Cowboys começou sua pré-temporada fazendo seu primeiro OTA (Organized Team Activities). Com algumas novidades e uma surpresa nada agradável no fim, o OTA pode ser resumido nos seguintes tópicos:

  • Tony Romo: sua ausência na Week 17 da última temporada por conta de uma cirurgia nas costas causou preocupações sobre sua saúde para a temporada de 2014. Romo, entretanto, mostrou que a lesão já é passado, lançando passes “em velocidade máxima”, palavras ditas por ele. Pela recuperação, Romo não deve ter problemas em participar de forma completa do Training Camp em julho;
  • Kyle Orton e Brandon Weeden: especulado por uma possível aposentadoria, Orton não apareceu no treinamento. Em seu lugar, Weeden treinou passes com o ataque do Cowboys e se saiu bem;
  • Tyron Smith vs Demarcus Lawrence: jogando como titular na posição de RDE, Lawrence travou um belo duelo contra Tyron Smith, Pro Bowler na última temporada. Lawrence não se mostrou intimidado com Smith, onde conseguiu ir bem em alguns snaps;
  • Gavin Escobar: sob o comando de Scott Linehan, Escobar passou alguns momentos do treinamento onde se posicionou como recebedor no slot. De acordo com jornalistas presentes, as situações treinadas devem ser usadas em tentativas de primeira e segunda descidas;
  • Coaching Staff: a comissão técnica do Dallas Cowboys parece mesmo estar disposta a mudar a cara da equipe. Linehan mudou cerca de 35% do playbook da equipe, tentando deixá-lo mais prático para ser executado pelos jogadores. Já Rod Marinelli, novo coordenador defensivo, se mostrou mais participativo do treino em relação ao ano passado, onde era apenas o técnico de linha defensiva. Para um técnico que se mostrou tímido durante toda sua carreira, essa mudança é bem agradável para o Dallas Cowboys;
  • Sean Lee: aqui está a pior notícia do dia. Mesmo sendo uma atividade sem contato físico, Lee acabou colidindo com Zack Martin, primeira escolha do Dallas Cowboys no draft desse ano, e saiu de campo mancando. Pela reação dos joadores após o contato, a lesão de Lee pareceu grave. Na coletiva de imprensa após o treino, Garrett disse que Lee sofreu uma lesão no joelho esquerdo e fará uma ressonância magnética para saber a gravidade da lesão. De forma não oficial, a equipe teme que Lee tenha rompido o ACL, o que poderia tirá-lo de toda a temporada regular.

 

O Dallas Cowboys ainda fará mais treinos até o dia 29 de maio, onde haverá uma pausa até o dia 2 de junho.

 

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.