Chega de Califórnia. Depois de algumas semanas treinando na costa oeste dos Estados Unidos, o Cowboys volta para Dallas para sua continuação da rotina de treinos e para seu primeiro jogo da pré-temporada em casa, contra o Miami Dolphins.

 

Podcast

Por problemas técnicos, o podcast infelizmente não pode ser gravado essa semana. Pedimos desculpas para todos os leitores do nosso site e prometemos voltar com força total na semana que vem!

 

Retrospecto

Em sua primeira partida de pré-temporada, o Dallas Cowboys enfrentou uma multidão de 90 mil pessoas no jogo contra o Rams. Apesar de um primeiro tempo fantástico, o time não aguentou a pressão e perdeu por 28 a 24. Já o Dolphins foi até Nova York enfrentar o Giants e saiu vitorioso em um placar de 27 a 10.

 

Fique de Olho
  • Tony Romo

Poupado na primeira partida da pré-temporada, Tony Romo está confirmado contra o Dolphins. Mais do que seu tempo de jogo (que não deverá ser muito), será bom ver a movimentação do Ramiro depois de tanto tempo parado por lesão.

  • Morris Claiborne

O cornerback está indo muito bem nos treinos e deverá ter um pouco mais de tempo de jogo nessa partida. Considerando que o bom grupo de wide receivers do Dolphins esteja em campo por algum tempo, será interessante ver como Claiborne se comportará.

  • Geoff Swaim

James Hanna passou por uma cirurgia e Gavin Escobar ainda não parece estar pronto para jogar. Com Jason Witten provavelmente sendo poupado em grande parte do jogo, cabe ao Geoff Swaim o papel de tight end do time. Ao contrário do primeiro jogo, Swaim deverá evitar os drops se quiser se manter na briga por uma vaga no time.

  • Dak Prescott

Dak foi sem dúvidas o destaque do Cowboys no primeiro jogo e isso gerou um problema: expectativas. Jogando em casa, a torcida espera de Prescott um desempenho tão bom quanto o do jogo passado e é difícil que isso aconteça. Ainda assim, será importante ver o desempenho do quarterback em um ambiente favorável.

 

O que esperar

Repetindo o texto de semana passada: nada.

Ainda estamos na pré-temporada, então uma derrota ou uma vitória pouco importa. O elenco do Dallas Cowboys hoje é composto por mais de 70 jogadores, enquanto apenas 53 jogadores vão para a temporada regular e 22 desses se tornam os titulares. Como os jogadores que acabam ficando mais tempo em campo são os que provavelmente serão cortados ao fim da pré-temporada, o resultado acaba se tornando irrelevante.

Mas voltando para o que importa: o primeiro tempo. Nessa partida, é provável que alguns titulares não sejam poupados ou joguem um pouco mais do que jogaram na última partida. A comissão técnica já confirmou a presença de Tony Romo no jogo e com ele provavelmente teremos toda a linha ofensiva titular em campo também. Afinal, não seriam irresponsáveis de expor o franchise quarterback em um jogo de pré-temporada. Já no backfield, Ezekiel Elliott segue sendo poupado e Alfred Morris e Darius Jackson terão mais uma vez a oportunidade de dividir as carregadas na partida.

Já do outro lado da bola, a defesa reserva precisará mostrar mais do que mostrou em Los Angeles. J.J. Wilcox vai precisar melhorar seu nível se não quiser correr ainda mais riscos de perder sua vaga no time, enquanto os calouros precisarão fazer mais se quiserem uma vaga no time, principalmente melhorar a qualidade dos tackles.

Repetindo o que foi dito no primeiro parágrafo: não esquente com o resultado final. Use o jogo para observar certos jogadores de uma forma mais individual, e não o resultado final da partida.

 

Desfalques

Dallas Cowboys

  • Ezekiel Elliott (coxa) segue sem treinar e será mais uma vez poupado. Darren McFadden (cotovelo), Lance Dunbar (joelho) e Gavin Escobar (tornozelo) também não devem jogar.

 

Transmissão

Dallas Cowboys e Miami Dolphins se enfrentam nessa sexta-feira às 21h no horário de Brasília. Ao contrário do último jogo, esse não terá transmissão no Brasil, ficando restrito apenas ao GamePass. O tempo real do jogo, é claro, será feito em nossa conta no Twitter.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.