O Dallas Cowboys colocou alguns jogadores em listas variadas nesta sexta-feira, um dia antes do início das atividades práticas do Training Camp. Entretanto, os dois que chamaram mais atenção foram Rolando McClain e Randy Gregory. Ambos foram colocados na Reserved/Did Not Report List, desocupando dois lugares na lista dos 90 jogadores do roster.

Gregory, que atualmente está em um centro de reabilitação de drogas, não só vai ficar de fora por conta de uma suspensão por violar a política de abuso de substâncias da NFL, como também poderá receber uma punição ainda maior pelo fato de ter violado mais políticas da liga.

Por outro lado, McClain não viajou com a equipe para Oxnard na quinta-feira nem se reportou na sexta-feira, está sob uma suspensão de dez jogos por também violar a política de abuso de substâncias.

Jerry Jones disse que houve muitas “nuances” para discutir a possibilidade de cortar McClain, mas claramente esta decisão pareceu um opção. Mais cedo, na coletiva de imprensa desta sexta, nem Jerry nem Stephen Jones responderam à questão feita sobre o futuro dos jogadores suspensos.

“Nós apenas estamos lidando com a situação deles deste momento”, respondeu Stephen. “Isto é tudo o que podemos controlar. Não podemos entrar num assunto além deste.”

McClain perdeu os quatro primeiro jogos da temporada passada. Ele foi o primeiro jogador dos Cowboys a renovar na offseason, quando o período da free agency começou, em março. Uma das “nuances” que os Cowboys estão tentando determinar com a NFL é se o dinheiro garantido ao linebacker deverá ser pago e como este valor irá impactar no salary cap.

Com as vagas abertas, o time já está elaborando um treino com agentes livres na manhã deste sábado. Stephen Jones relatou que haverá um linebacker no grupo, já que McClain está saindo dos ativos e Damien Wilson ficará algumas semanas fora dos treinos por conta de uma lesão no olho.

Márcio Silveira
Sigam-me

Márcio Silveira

Colaborador em Blue Star Brasil
Torcedor do Dallas Cowboys desde 2011, quando passou a acompanhar a NFL. Sonha em ver o time no Super Bowl cada vez que a temporada começa.
Márcio Silveira
Sigam-me