Romo confessa: “estou jogando com uma costela quebrada”

Romo confessa: “estou jogando com uma costela quebrada”

1040

(foto: dallascowboys.com)

No último ano, Tony Romo vem enfretando uma série de lesões que atrapalharam e atrapalham seu rendimento. Na penúltima partida de 2013, Romo sofreu uma lesão nas costas que o tirou da partida decisiva daquele ano. Em 2014, uma joelhada o tirou de parte do jogo contra o Redskins e do jogo contra o Cardinals, onde o Cowboys foi derrotado em ambos.

Na última quinta-feira, vitória sobre o Chicago Bears, tudo indicava que Romo estava 100% recuperado da lesão nas costas. O que Romo disse na entrevista, entretanto, foi o contrário: o quarterback está jogando com uma costela quebrada.

“Vai estar bem (a costela) quando (o problema) for apenas as costas, ao contrário de todas as outras coisas”, disse Romo.

De acordo com a ESPN Dallas, uma fonte do clube revelou que Romo tem uma lesão na cartilagem de uma das costelas, e não uma costela quebrada em si. Na sexta-feira, um dos porta-vozes da NFL confirmou que a liga está verificando o motivo da lesão não ter sido listada no injury report, podendo gerar em multa para a franquia.

No ano de 2011, Romo também teve uma lesão nas costelas. Depois de voltar à partida, levá-la para prorrogação e ganhá-la, os médicos descobriram que Romo jogou com o pulmão perfurado. Em 2008, também, Romo jogou contra o Philadelphia Eagles, na última partida da temporada, com uma lesão na costela.

Ainda na entrevista, Romo disse que ele já está curado  da lesão nas costas e a costela vem melhorando. Nos últimos jogos, Romo vem usando uma proteção extra nas costelas, além de uma proteção maior nas costas. Ainda assim, Romo vem tomando infiltrações antes dos jogos para aliviar a dor.

“Eu tomei uma infiltração essa semana”, disse Romo. “Eu não tomei na semana passada no jogo contra o Eagles e acho que essa foi uma decisão ruim”.

“Eu provavelmente vou começar (o tratamento) hoje a noite no avião para enfrentar Philly”. “Então, de lá eu provavelmente vou treinar um pouco durante o dia (sexta-feira). Vou em frente e continuar a recuperação… tirar a noite de sexta e sábado de folga e provavelmente voltar por conta própria no domingo”, finalizou.

Ao contrário das últimas semanas, Romo terá 10 dias para se preparar para o confronto direto pela briga da divisão, dessa vez contra o Philadelphia Eagles. O jogo será no dia 14 de dezembro, no Lincoln Financial Field, em Philadelphia.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.