Sim, vem sendo um baita de um ano para Jerry Jones.

Um novo helicóptero para viajar. Um novo centro de treinamento para o Dallas Cowboys com direito a um estádio coberto para treinos. Dois bilhetes premiados no NFL Draft do ano passado.

E, é claro, o maior momento de glória para Jerry Jones: sua nomeação ao Hall da Fama do futebol americano.

(Vamos ignorar a derrota de seu time na rodada divisional nos playoffs).

Agora, ao que parece, o Oakland Raiders está de mudanças para Las Vegas. E quem está levando os créditos nos bastidores pela mudança é ele mesmo, Jerry Jones.

Como Tim Kawakami do jornal San Jose Mercury-News explicou, foi Jerry Jones que conseguiu convencer o banco Bank of America a ajudar a financiar o futuro estádio em Vegas depois do cassino Sheldon Adelson desistiu.

O trunfo de Jones foi apenas um: sua parceria com a Legends, uma empresa que se descreve trabalhando em negócios de hospitalidade e marketing esportivo. Os parceiros de Jones na Legends são os herdeiros de George Steinbrenner, o que significa que Jerry está no negócio para ajudar o New York Yankees a fazer dinheiro. Ouviram, torcedores do Texas Rangers?

Ainda assim, ele é considerado um herói para torcedores do Cowboys e algumas pessoas da imprensa.

O trabalho de Jerry Jones nos bastidores é ainda maior. Pela Legends, Jerry Jones conseguiu fazer com que o Rams voltasse para o mercado de Los Angeles e ainda ajudou o San Francisco 49ers a vender camarotes e outros espaços do novo estádio do time. A empresa ainda influenciou a mudança do Chargers para Los Angeles.

A Legends está se tornando tão poderosa e tão rica que pode acabar um dia se tornando dona de um próprio time da NFL. E não duvide que Jerry possa convencer Roger Goodell para isso.

Parece peculiar que Jones não estava por perto quando o comissário anunciou que o terceiro time estaria mudando de cidade em menos de um ano. Jerry costuma gostar de ter os holofotes em sua direção — cof cof, Jimmy Johnson.

Eles estavam aterrorizados na California, compreensível. O estado de Nevada pediu 750 milhões de dólares para ajudar a construir o estádio de US$1,9 bilhões para ser a casa do Raiders.

Os californianos repetitivamente votaram contra o financiamento público de instalações esportivas. E é esse o motivo do Chargers ter deixado San Diego e o Rams ter deixado Los Angeles no passado.

Ainda assim, o Bank of America estará ajudando o Raiders a construir o estádio com um empréstimo de 650 milhões de dólares. O banco aparentemente confia em Mark Davis, dono do Raiders, — ou seria em Jones? — de que o empréstimo possa ser pago com o time em sua nova cidade.

Sim, está sendo um ano fantástico para Jerry Jones, o homem e a lenda. Ele fala a língua da NFL, que acaba não sendo traduzida para seu time.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.