Com o reserva imediato Ron Leary ainda sem treinar nos treinos voluntários da offseason e ter pedido para ser trocado, o vice-presidente Stephen Jones deixou claro que apenas uma boa proposta de troca o fará trocar o jogador.

Jones ainda mencionou que o Cowboys recebeu interesse em trocas de seus running backs, uma posição que parece estar cheia com a presença dos veteranos Darren McFadden e Alfred Morris. As propostas, no entanto, não foram tentadoras.

“Nós recebemos propostas de troca durante o Draft com nossos running backs“, disse Jones. “Nós apenas não tínhamos interesse.”

“Nós falamos para Ron (Leary) que nós certamente procuraríamos (uma troca), mas não estamos no negócio de deixar sair bons jogadores por pouco ou quase nada”, disse Jones. “Ron é uma grande parte desse time.”

“Nós sabemos que é decepcionante quando você era titular e hoje não é mais. Nós esperamos que ele veja isso como uma situação de ‘vamos treinar e competir’.”

Jones reiterou que ele disse para Leary que se a situação certa aparecer, então ele se sentiria bem em facilitar uma situação boa para os dois lados. Mas nesse momento…

“Nós esperamos que ele venha em algum momento”, disse Jones. “E nós queremos dar as boas vindas com braços abertos, esperando que ele esteja se mantendo em forma onde quer que ele esteja.”

O técnico Jason Garrett comentou sobre a ausência de Leary na quarta-feira.

“Nós não achamos que isso é bom para ele ou para o time. (…) O melhor é estar aqui treinando e voltando a trabalhar.”

Leary perdeu sua titularidade no ano passado para o calouro La’el Collins. Ele não receberá nenhum tipop de multa, a não ser que ele falte o minicamp obrigatório em junho.

Gabriel Plat

Editor-Chefe em Blue Star Brasil
Curte NFL por escolha e o Dallas Cowboys por amor. Aprecia a boa música e compartilha outro sofrimento: o Botafogo. Um dos participantes do podcast.