A situação de James Hanna para a abertura da temporada é duvidosa.

O vice-presidente executivo Stephen Jones disse que o tight end retornou ao Dallas buscando ser a terceira opção, mesmo com o problema de joelho que o tirou do training camp. Jones declarou que a a expectativa é de que Hanna tenha uma oportunidade.

A lesão gerou uma oportunidade para Geoff Swaim se juntar a Jason Witten como os dois principais tight ends do time. Swaim, que está em seu segundo profissional vindo da Universidade do Texas, soltou a bola duas vezes em lançamentos na abertura da pré-temporada mas, em contra partida, teve um camp forte.

Hanna se queixou de dores em seu joelho durante as atividades físicas feitas na abertura do training camp em 29 de julho. Com o tempo, o tight end foi colocado na lista de jogadores que estão fisicamente incapazes de jogar no momento. Jones disse que não estava preocupado e chamou de precaução a medida de colocar Hanna nessa lista.

O joelho, no entanto, não melhorou. Então no mesmo dia em que três jogadores — o defensive end Benson Mayowa, defensive tackle Maliek Collins e linebacker Damien Wilson — passaram nos testes físicos e foram considerados aptos a jogar, a decisão tomada foi de Hanna voltar para casa.

Hanna jogou 14 jogos na última temporada, agarrando somente nove passes para 79 jardas. Mas seu valor foi provado como bloqueador. Por isso o time o recompensou nessa offseason com um contrato de US$8.25 milhões por três anos.

Eduardo Zamarian

Eduardo Zamarian

Colaborador em Blue Star Brasil
Gosto de ver todos os esportes, mas acompanhar o Dallas Cowboys e o Corinthians é obrigação diária. E também todo dia é dia de rock,bebê.
Eduardo Zamarian