Depois que o cornerback Morris Claiborne sofreu uma lesão na virilha no final da vitória, na prorrogação, por 29-23 contra Philadelphia, os Cowboys lhe deram um tempo de recuperação de quatro a seis semanas antes que ele retorne para aquela que pode ser uma potencial temporada de Pro Bowl.

Mas esse prognostico foi mais um pensamento positivo do que algo mais clinicamente comprovado para Claiborne, que admitiu nessa quarta-feira que ele ainda não sabe quando ele deverá voltar aos gramados.

E ainda mais importante, ainda há uma chance que ele pode ter contraído uma hérnia esportiva, que pode requerer que ele faça uma cirurgia, resultando que ele possa ficar mais tempo afastado.

A única coisa que ele tem certeza é que o time lhe disse para descansar por duas semanas e depois eles irão fazer uma nova análise para ter uma melhor sensação de como está a situação.

“Ainda não está muito claro” falou Claiborne. “Nós estabelecemos de quatro a seis semanas, baseado em uma avaliação feita após o exame de ressonância magnética. Eu estou fazendo o que é possível. Quando eu puder estar de volta, eu estarei de volta. Nós não sabemos. “

Eduardo Zamarian

Eduardo Zamarian

Colaborador em Blue Star Brasil
Gosto de ver todos os esportes, mas acompanhar o Dallas Cowboys e o Corinthians é obrigação diária. E também todo dia é dia de rock,bebê.
Eduardo Zamarian