O quarterback dos Cowboys Tony Romo está deixando o futebol americano e indo para as cabines de transmissão, mesmo com o plano de Dallas liberá-lo nessa terça-feira, de acordo com fontes ligadas a ESPN.

Romo recebeu propostas das redes de televisão CBS, Fox e NBC, e vai poder escolher ser comentarista onde quiser. O anúncio oficial pode ocorrer ainda nessa terça-feira, de acordo com as fontes.

Mas a decisão para deixar o futebol americano já foi tomada por ele. Sua carreira como quarterback dos Cowboys e como jogador profissional se encerra oficialmente nessa terça-feira.

Tradução: Bela carreira, @tonyromo!

Era esperado que Dallas liberasse Romo após o dia 1º de junho, amenizando o buraco dentro do teto salarial dos Cowboys nessa temporada. Ao invés de receber US$24,7 milhões em 2017, Romo receberia US$10,7 milhões esse ano e US$8,9 milhões em 2018. Os Cowboys teriam um ganho de US$14 milhões de espaço dentro do teto salarial, mas esse espaço só estaria disponível a partir do dia 2 de junho. Mas com essa decisão, Romo não será mais jogador dos Cowboys.

De acordo com fontes, a decisão de Romo tomou a decisão pensando em sua saúde. No dia 21 de abril, ele completará 37 anos e ele acredita que sua família e sua saúde são primordiais nessa altura da sua vida. Ele esteve limitado somente a jogar pequenas partes de cinco jogos na duas últimas temporadas devido a lesões nas costas e na clavícula, e ele sofreu uma fratura por compressão em suas costas em agosto do ano passado, o que ele fez com que ele cedesse a posição para Dak Prescott.

Agora, ele irá aproveitar mais o tempo com sua família, enquanto ainda mantém uma forte conexão com o esporte que ele ama. Romo passou as últimas semanas pensando nessa decisão, de acordo com fontes ligadas a ESPN.

Romo já informou ao dono dos Cowboys, Jerry Jones, sobre sua decisão de se aposentar nesse momento, fontes garantem. As redes de televisão que fizeram proposta a ele também já sabem de sua decisão.

A aposentadoria de Romo também gera impacto em outros times da NFL, já que era esperado que ele tivesse mercado com outras franquias. Mas com sua ida para a TV, Romo sai da lista de possível contratação do Houston Texans e do Denver Broncos — a não ser que ele, inesperadamente, resolva escrever um novo capitulo em sua jornada surreal na NFL e saia das cabines de transmissão para retornar aos gramados.

Os Texans tinham considerado contratar para quarterback titular o jogador, que é o lider dos Cowboys em jardas lançadas e touchdowns. Mas sem Romo, espera-se que Tom Savage seja o quarterback titular de Houston, com o ex-quarterback dos Cowboys, Brandon Weeden, sendo seu reserva. Em Denver, Trevor Siemian e Paxton Lynch irão competir pela posição de quarterback titular dos Broncos.

Eduardo Zamarian

Eduardo Zamarian

Colaborador em Blue Star Brasil
Gosto de ver todos os esportes, mas acompanhar o Dallas Cowboys e o Corinthians é obrigação diária. E também todo dia é dia de rock,bebê.
Eduardo Zamarian