A pré-temporada mal começou e o Dallas Cowboys já está dando adeus ao espaço que foi o seu centro de treinamento nas últimas duas semanas, em Oxnard, Califórnia. O time encerrou as suas atividades na costa oeste americana nesta quarta-feira ao realizar o último treino antes da segunda partida da pré-temporada, na próxima sexta (19), contra o Miami Dolphins.

Mas a temporada regular está longe de começar. Ainda restam 3 jogos amistosos para conhecermos o roster final que disputará o campeonato da NFL em 2016. O head coach Jason Garrett disse que ainda há muito trabalho a se fazer antes da liga voltar aos gramados em setembro.

“Eu acho que fizemos um excelente trabalho aqui nestas últimas duas semanas”, disse ele. “Mas ainda temos um longo caminho pela frente. Nós sabemos disso. Os treinadores sabem, os jogadores sabem, todo mundo sabe. Mas a abordagem tem sido excelente.”

Este camp foi marcado por calouros e reservas que tiveram a chance de participar do time titular, já que alguns titulares passaram – e continuam passando – por lesões. Mas o técnico dos Cowboys espera que nas próximas semanas vários titulares voltem aos campos de treino.

“Eu acho que eles (os reservas) têm crescido ao longo das últimas semanas”, disse Garrett. “Tivemos alguns veteranos voltando de lesão e começando a tirar a ferrugem para chegar ao ponto de jogar novamente. Assim, ao longo das próximas três semanas vamos dar a todos esses caras a chance de participar das partidas para poder continuar aperfeiçoando nossa equipe.”

Nesta volta para Dallas, algumas mudanças ocorrerão, principalmente para os veteranos, como por exemplo a mudança dos hotéis da Califórnia para as suas casas, além da acomodação da equipe nas instalações do The Star. Apesar dessas modificações, Jason Garrett espera manter a mesma intensidade nas atividades.

“O que tentaremos fazer é poder recriar o que fizemos aqui”, declarou. “Ainda há muita movimentação relacionada com questões de logística. Mas a coisa importante a fazer é focar no trabalho. Eu acho que nossos caras estão animados para isto.”

 

Detalhes do treino
  • Jack Crawford deixou o treino nesta quarta e não retornou. Isto levanta algumas questões sobre a disponibilidade de material humano na linha defensiva. David Irving continua se recuperando de uma lesão na virilha, enquanto que Benson Mayowa Maliek Collins estão se esforçando para voltar integralmente às atividades após suas respectivas lesões. É esperado que a maioria dos titulares joguem pouco nesta segunda partida da pré-temporada, então é provável que haja tempo de jogo para Ryan Russell, Shaneil Jenkins Rodney Coe.
  • Ezekiel Elliott aumentou a sua carga de treino. Ele passou pelas atividades individuais e participou de dois snaps com o ataque titular. É improvável que ele jogue contra os Dolphins, mas o plano é continuar aumentando a carga de trabalho dele.
  • James Hanna passou por um procedimento no joelho, levantando também dúvidas sobre a profundidade na posição de tight end no jogo da próxima sexta. Jason Witten Gavin Escobar devem participar pouco contra Miami, então é possível que muitos snaps sejam divididos entre Geoff SwainRico Gathers Austin Traylor.
  • Rod Smith faltou aos últimos dois dias de treino, com Garrett explicando que sua ausência foi por causa de uma infecção. Com running backs indisponíveis para jogar (Darren McFadden, Ezekiel Elliott Lance Dunbar), caso Rod não esteja disponível para o jogo, o FB Keith Smith poderá ter algumas carregadas, embora os principais concorrentes das jogadas sejam Alfred Morris Darius Jackson.

 

Destaques

Alfred Morris: Ezekiel Elliott teve apenas duas repetições com o time titular, cabendo a Morris a maioria das repetições, que teve um treino excelente. É difícil avaliar running backs no Training Camp, pois tackles pesados não são permitidos. Mas Morris conseguiu romper várias barreiras antes mesmo de ser tocado por algum defensor.

Damien Wilson: linebacker secundanista não perdeu tempo e logo se envolveu no treino, talvez seja porque ele esteja descansado após três semanas de descanso. Wilson teve uma interceptação no treino da terça-feira e nesta quarta ele continuou atrapalhando o ataque com vários tackles e uma boa cobertura próximo à linha de scrimmage.

Lucky Whitehead: o wide receiver não brilhou como um recebedor propriamente dito neste camp, mas a sua velocidade tem impressionado. Durante os treinos de time completo, o ataque encontrou duas formas de fazê-lo correr com a bola. Na primeira tentativa, eles usaram uma jogada fly sweep (jogada onde o recebedor se move paralelamente à linha de scrimmage e recebe a bola diretamente nas mãos do QB – geralmente em formação shotgun – continuando a correr para a lateral contrária à sua de origem na jogada). Na segunda jogada, eles optaram por uma reverse com Morris. Ele teve ganhos consideráveis, mesmo sendo uma atividade sem contato. Whitehead está mostrando que pode ser uma arma para os Cowboys.

 

Jogada do dia

O segundo time dos Cowboys teve uma chance de mostrar o que sabe nesta quarta-feira. Durante o two-minute drillJameill Showers foi perseguido desde o pocket e conseguiu encontrar Brice Butler em uma rota corner, tendo um bom ganho de jardas. Butler se esticou e conseguiu colocar os joelhos dentro de campo antes deslizar para fora. Foi uma bela recepção, colocando Dan Bailey numa numa distância de 56 jardas para acertar um field goal, com apenas 3 segundos restando no relógio. Infelizmente, com o vento contra, Bailey acabou errando o chute. Ainda assim foi uma ótima recepção de Butler.

 

Relatório de Lesões

Não treinaram:

QB Tony Romo (folga)
OT Tyron Smith (folga)
OT Doug Free (folga)
LB Sean Lee (folga)
CB Orlando Scandrick (folga)
DE DeMarcus Lawrence (folga)
FB Rod Smith (infecção)
DE David Irving (virilha)
CB Anthony Brown (coxa)
DE Charles Tapper (costas)
LB Andrew Gachkar (polegar)
QB Kellen Moore (fíbula)
WR Chris Brown (pé)
RB Darren McFadden (cotovelo; Ativo/NFI)
RB Lance Dunbar (joelho; Ativo/PUP)
LB Jaylon Smith (joelho; Ativo/NFI)
TE James Hanna (joelho; Ativo/PUP)

 

Márcio Silveira
Sigam-me

Márcio Silveira

Colaborador em Blue Star Brasil
Torcedor do Dallas Cowboys desde 2011, quando passou a acompanhar a NFL. Sonha em ver o time no Super Bowl cada vez que a temporada começa.
Márcio Silveira
Sigam-me