Two Minute Drill – Marca histórica de Witten, Partida em Seattle e...

Two Minute Drill – Marca histórica de Witten, Partida em Seattle e mais

317

foto: (dallascowboys.com)

 

Está no ar mais um Two Minute Drill. Nesta edição, falamos sobre a sequência de vitórias do Cowboys, os jogadores secundários da linha ofensiva, a evolução do grupo de linebackers, o fim da sequência de Dan Bailey e muito mais.

  • Contra o Houston, o Cowboys venceu seu 4° jogo consecutivo, algo que não fazia desde novembro de 2011. Dallas não vence 5 seguidas desde 2007, quando teve duas sequências de vitórias maiores ou iguais a 5 jogos. O Cowboys venceu seus 5 primeiros jogos da temporada de 2007, porém perdeu o sexto jogo para o Patriots. Após a derrota para o time de New England, Dallas venceu 7 partidas consecutivas.
  • Jason Witten tem feito bons jogos essa temporada sendo sua principal função como bloqueador. Na partida contra o Texans, porém, Witten alcançou a marca das 10.000 jardas recebidas na carreira. Apenas 3 tight ends conseguiram o feito e somente 41 jogadores no geral passaram das 10 mil jardas recebendo passes. Witten ainda jogou seu 176° jogo consecutivo, empatando a segunda maior sequência da franquia, pertencente a Dale Hellestrae. O recorde do Cowboys pertence a Bob Lilly, que atuou em 196 jogos consecutivos.
  • Muito tem se falado sobre o sucesso do jogo corrido do Cowboys e a ótima linha ofensiva do time. Porém, quase todo o sucesso tem sido creditado somente aos jogadores escolhidos em primeira rodada do draft, Zack Martin, Travis Frederick e Tyron Smith. Muitas vezes, jogadores como Doug Free e Ronald Leary ficam de lado, porém os dois tiveram uma ótima atuação no último domingo. Free fez um grande trabalho bloqueando J.J Watt e Brooks Reed em corridas pelo lado direito, e Ronald Leary se alinhou muitas vezes à frente do melhor jogador de defesa da NFL, e se saiu muito bem.
  • O grupo de linebackers do Cowboys era considerado um dos piores da liga antes do início da temporada. Após cinco jogos, o trio formado por Bruce Carter, Rolando McClain e Justin Durant tem impressionado muito. Na última partida, Durant fez um de seus melhores jogos por Dallas. Ele foi o único jogador do front seven  a atuar em todos os 59 snaps defensivos do time e anotou 6 tackles. O capitão da defesa também marcou muito bem Arian Foster quando o running back do Texans percorreu rotas. Em uma terceira pra duas jardas na prorrogação, Durant era o responsável por marcar Foster, que era o principal alvo de Fitzpatrick na jogada. Durant não deu nenhum espaço na rota e o quarterback do Texans lançou um passe incompleto, e Houston teve de devolver a bola para Dallas, que ganharia o jogo na posse seguinte.
  • Em um field goal convertido no fim do primeiro tempo, Dan Bailey alcançou seu 30º acerto consecutivo. Porém, nos últimos segundos da partida, Bailey mostrou que ele (infelizmente) é humano. O kicker do Cowboys errou um field goal díficil, de 53 jardas, que daria a vitória para Dallas. Alguns minutos depois, na prorrogação, Bailey começou uma nova sequência. Field Goal de 53 jardas convertido, e vitória para o Cowboys. Esse foi o 9º acerto da carreira de Bailey em um chute para dar a vitória para Dallas, a maior marca da história da franquia.
  • DeMarco Murray alcançou a marca das 100 jardas terrestres nas 5 primeiras partidas da temporada e se tornou apenas o terceiro jogador da  história da NFL a conseguir o feito. Murray correu para 670 jardas nas 5 primeiras semanas, o maior número de jardas terrestres em um período de 5 jogos da história da franquia, e a 5ª maior marca para abrir uma temporada na história da NFL. O running back do Cowboys lidera a liga em jardas com 210 a mais que o segundo colocado. Apenas 4 times além do Cowboys tem mais jardas terrestres do que Murray. Entretanto, no jogo contra o Texans, Murray sofreu seu quarto fumble em 5 jogos. Ele lidera a liga no quesito, e é o primeiro jogador a sofrer 4 fumbles durante os primeiros quartos em uma temporada, desde Peyton Hillis em 2010.
  • Antes do jogo contra o Cowboys, a defesa de Houston era a melhor da liga em terceiras descidas. Porém, no domingo a história foi diferente. Dallas converteu 57% das terceiras descidas e é agora o time com melhor aproveitamento nos 3rd downs na temporada. O jogo terrestre ajuda muito o time a ser o melhor da liga no quesito. Na partida contra o Texans, Murray correu com a bola 21 vezes nas primeiras descidas e conseguiu 91 jardas. Esse fato, somado ao ótimo aproveitamento de Romo nas segundas descidas, 15-20 para 185 jardas, ajuda muito o ataque a ficar em situações mais fáceis de conversão. Já o aproveitamento do time na red zone preocupa. Foram 2 turnovers nas últimas 20 jardas do campo, que se convertidos em pelo menos field goals, facilitariam muito a vitória do Cowboys.
  • A linha defensiva de Dallas continua tendo problemas em derrubar os quarterbacks adversários. Essa foi a segunda vez na temporada que o Cowboys não conseguiu nenhum sack na partida, e agora são apenas 5 sacks em 5 jogos, 7ª pior marca da NFL. A defesa até tem conseguido pressionar os quarterbacks. No último jogo, Dallas chegou a atingir Fitzpatrick 6 vezes, porém nenhuma vez antes do quarterback de Houston lançar a bola. A defesa do Cowboys é a que menos conseguiu criar jogadas negativas do ataque adversário na NFL. São apenas 10 tackles para perdas de jardas e 5 sacks em 5 partidas.
  • No próximo domingo, o Cowboys visita o Seattle Seahawks. O time do estado de Washington tem o segundo melhor aproveitamento da NFL jogando em casa desde 2002, com 68 vitórias e 30 derrotas. Ainda, Seattle venceu 17 dos últimos 18 jogos em casa e tem o estádio mais barulhento da NFL. A última vez que o Cowboys visitou o Seahawks, na semana 2 de 2012, o time da casa venceu com facilidade por 27×7.

 

Por: Leonardo Sangiorge

 

Leonardo Sangiorge

Acompanha a NFL desde 2009. Desde então, torce para o Cowboys e sofre com o time a cada jogo. Escritor das colunas Two Minute Drill e Matchups, além de participante do PodCast. Valeu?