Na última segunda-feira, o Dallas Cowboys organizou uma coletiva de imprensa para anunciar a aposentadoria do defensive end DeMarcus Ware como um jogador do time. 5 dias depois, o time deu as boas vindas ao seu mais novo pass-russher com a escolha de Taco Charlton na vigésima oitava escolha no draft de 2017.

Os offensive tackles da NFC East terão que pensar como parar Charlton assim como tentavam fazer com Ware. Mas o homem mais experiente em enfrentar Ware é o mesmo com quem Taco terá de lidar todos os dias nos treinos: o Ofensive Tackle Tyron Smith.

Primeira escolha dos Cowboys no draft de2011, Smith tinha duelos diários com um dos defensive ends mais imparáveis da história da NFL. No começo, Tyron não conseguia dar conta da força e agilidade de Ware como calouro. Mas com o passar do tempo, Smith foi se tornando cada vez melhor, atingindo o nível de all-pro. Isso significa dizer que Charlton estará no mesmo lugar que Smith esteve 6 anos atrás.

“O left tackle do nosso time é Tyron Smith, então se ele jogar como right defensive end, ele enfrentará o melhor left tackle da NFL”, disse o técnico Jason Garrett. “Esse é um excelente ambiente para um jovem jogador crescer”.

Na sua coletiva de imprensa, Taco Charlton relatou que já passou por uma situação parecida, guardadas as devidas proporções. Quando entrou na faculdade, com apenas 18 anos, o jogador teve que enfrentar uma futura escolha de primeira rodada nos treinos.

“Quando eu era calouro, tive que enfrentar Taylor Lwan, então já fui batizado logo cedo”, declarou o Taco, a respeito do jogador selecionado no draft de 2014 pelo Tennessee Titans. “Eu sempre fui muito competitivo e nunca dei para trás em nenhum desafio”.

A vontade de encarar desafios é algo que Jason Garrett e o time de técnicos observarão de perto. Nenhum deles esperará que Taco Charlton vença duelos contra Tyron Smith tão cedo,  mas como ele reagirá as aos duelos perdidos é algo que os Cowboys terão que trabalhar.

“Uma das coisas que sempre tentamos descobrir é o que acontece quando um jogador enfrenta nos treinos contra excelentes adversários, o que acontece com você? Você consegue brigar de igual para igual? Você se arranha e apanha, mas tenta se recuperar dia após dia? Ao falar com o pessoal de Michican [ faculdade onde Charlton jogou], tivemos todas as garantias de que ele é um jogador que possui todas essas qualidades”, disse o técnico Jason Garrett.

Apesar de enfrentar Tyron Smith, Charlton declarou que não está assustado:

“Enfrentar Tyron Smith definitivamente me fará um melhor jogador. E é isso que eu quero ser, portanto eu mal posso esperar para que cheguem os treinos. Se eu conseguir passar por ele nos treinos, significará que eu posso derrubar qualquer jogador da NFL”

Rafael Freitas

Rafael Freitas

Fã do Dallas Cowboys desde 1996, sonha em ver o time de volta ao Super Bowl. Mais novo integrante do Blue Star Brasil
Rafael Freitas